Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz
  • Jorge Vieira
  • 1/jul/2020

Secretários do Governo Flávio Dino reforçam pré-candidatura de Rubens Jr

Além do secretário de Saúde, Carlos Lula, que já declarou apoio à pré-candidatura de Rubens Jr (PCdoB) à prefeito de São Luís, nesta quarta-feira (01), foi a vez da secretária da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (Segep), Flávia Alexandrina, anunciar que estará no projeto eleitoral do partido do Governador Flávio Dino em 2020.

Segundo a secretária, Rubens Júnior reúne valores essenciais para um gestor público. “Estou falando de lealdade, de compromisso com trabalho e de empatia. Neste momento em que convivemos com uma crise sanitária sem precedentes, da qual resulta em graves dificuldades econômicas e financeiras, Rubens entra em cena como pré-candidato a prefeito que apresenta propostas diferentes, originadas do debate constante com a comunidade, com lideranças e com especialistas de diversas áreas. Esta é a grande razão para caminharmos juntos”, explicou Flávia.

Partido da Mulher Brasileira – Na última semana, o Partido da Mulher Brasileira (PMB) oficializou que passa a integrar a pré-campanha do deputado federal licenciado à prefeitura de São Luís. “É com muita alegria que recebemos o apoio do PMB à nossa pré-candidatura. Já é o 4º partido declarado, que se junta ao PCdoB, Progressistas (PP) e Democracia Cristã (DC), formando a maior ‘coligação’ dessa pré-campanha. Isso mostra que nosso projeto é sólido e está sendo construído com boas discussões, por um único propósito: construir uma São Luís cada vez melhor”, finalizou Rubens.

  • Jorge Vieira
  • 1/jul/2020

Flávio Dino defende dinheiro ‘direto na conta’ dos pequenos empresários

Em diálogo com o ex-presidente Lula, nesta segunda-feira (29), o governador do Maranhão defendeu um auxílio emergencial para as micro e pequenas empresas, com dinheiro direto na conta, em vez de crédito.
“ A situação das micro e pequenas empresas é dramática. Havia uma ideia de que bastaria abrir o comércio que tudo ia voltar ao normal. Muita gente está descobrindo que não. Uma nota da Associação Brasileira de Shopping Center de São Paulo mostra que a queda no consumo tem sido de 70% a 80%. Em vez de crédito, deveria ser criado um auxílio emergencial agora, já, para as micro e pequenas empresas”, assegurou Dino.

O repasse imediato de recursos diretamente na conta de micro e pequenas empresas também foi defendido pelo ex- presidente Lula com o objetivo de evitar total desorganização da economia.

“O dinheiro tem que estar lá no dia seguinte, para quando a pessoa precisa. O Governo Federal oferece uma coisa e não entrega. Seria muito melhor que o governo colocasse à disposição esse dinheiro para manter empregos e dar condições aos micro e pequenos empreendedores do Brasil. Seria muito mais barato para o país”, disse Lula.

  • Jorge Vieira
  • 1/jul/2020

MP Eleitoral quer evitar fraudes nas cotas de gênero das eleições proporcionais

O Ministério Público Eleitoral, por meio da Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão, expediu a Orientação Normativa PRE 02/2020, aos promotores eleitorais para assegurar o cumprimento das cotas de gênero nas eleições proporcionais e estabelecer medidas de punição às fraudes ou desvirtuamento da política pública de cotas pelos órgãos partidários.

De acordo com o documento e a Lei 9.504/1997, nas eleições proporcionais, cada partido político deve registrar o mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo, considerando a diversidade de gênero. Assim, é fundamental que haja efetiva fiscalização e o cumprimento das cotas de gênero ainda no período de registro de candidaturas.

Dessa forma, a partir das eleições de 2020, em que os partidos deverão encaminhar à Justiça Eleitoral, junto ao Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (Drap), uma lista de candidatos e candidatas que disputarão o pleito municipal, o MP Eleitoral orienta aos promotores eleitorais, entre outras instruções, que requeiram o indeferimento do pedido de registro do partido político sempre que houver indícios de fraude à cota de gênero.

Além disso, os promotores eleitorais também devem ajuizar as demandas judiciais cabíveis com a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) e a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), para coibir fraudes no lançamento de candidaturas femininas.

Para o procurador regional Eleitoral, Juraci Guimarães, “num país cuja construção histórica fundamentou-se no patriarcado, o espaço político é privilégio quase exclusivo masculino. Isso se espelha ainda hoje, no qual apenas 10% das cadeiras do Congresso Nacional é ocupado por mulheres, o que nos coloca num dos países do mundo com a menor participação política feminina, atrás de países como Arábia Saudita, Iraque e Afeganistão. Assim, são necessárias ações afirmativas para reparar essa injustiça histórica”, disse.

Além disso, ele afirma que “desde a implementação dessa ação afirmativa que garante cotas para participação feminina nas candidaturas, tem-se observado fraudes em sua execução, o que desvirtua por completo a sua razão de ser. Assim, nas eleições de 2020, o Ministério Público Eleitoral fiscalizará de perto o seu cumprimento, impugnando partidos e candidatos que não atenderem às suas exigências”, concluiu. (Fonte: MPE)

  • Jorge Vieira
  • 1/jul/2020

Presidente do PSL tenta convencer Tadeu Palácio disputar a eleição para prefeito

Com o segundo maior tempo de televisão e gordo fundo eleitoral, o PSL tenta convencer o ex-prefeito Tadeu Palácio concorrer a um terceiro mandado à Prefeitura de São Luís. O ex-chefe do Executivo municipal que herdou dois anos do mandato do então prefeito Jackson Lago em 2002 e se reelegeu no primeiro turno da eleição de 2004, no entanto, reluta em enfrentar novamente o desafio das urnas.

Segundo o presidente do partido, vereador Chico Carvalho, Tadeu estava animado para disputar o pleito, mas com a eleição Bolsonaro a legenda que era considerada de centro passou para extrema direita e o ex-prefeito esfriou, sumiu e não atende mais telefone, mas que continuará tentando convencê-lo a disputar a Prefeitura de São Luís ou a sua permitir que esposa Gardênia represente a legenda.

“Se eu não conseguir convencer Tadeu Palácio vou continua conversando com os partidos que nos tem procurado. Já conversei com Netto Evangelista (DEM), com o ex-juiz Federal Carlos Madeira (SDD), com Duarte Júnior (PRB) e todos eles ofereceram ao PSL a indicação do vice, mas nossa prioridade é ter candidato próprio a prefeito, mas se não for possível contar com Tadeu vamos buscar alternativa fazendo composição”, observou Chico Carvalho.

O presidente do PSL adiantou que vai ainda esta semana à Brasília conversar com o presidente nacional da legenda, deputado federal Luciano Bivar, para tratar sobre o fundo eleitoral uma vez que o partido irá disputar a eleição para prefeito em 80 municípios e para a Câmara Municipal de São Luís com chapa completa, que já conta inclusive com 24 pré-candidatas.

No encontro com Bivar, Chico Carvalho diz que vai aproveitar para colocar na mesa a sucessão em São Luís, assim como as várias propostas que recebeu para indicar o vice. “Vamos vê o que pensa a direção nacional e decidir o que for melhor para o PSL, pois entendo que o partido não pode ser somente coadjuvante”, enfatiza Carvalho.

  • Jorge Vieira
  • 1/jul/2020

No aniversário do prefeito Edivaldo a cidade comemora mais de 200 frentes de trabalho

Edivaldo Holanda Junior (PDT) faz aniversário nesta quarta-feira (1º), mas quem tem muito a comemorar é a cidade de São Luís, pois como gestor é, sem dúvida alguma, o prefeito que mais trabalhou e segue trabalhando mesmo faltando apenas seis meses para o termino do seu segundo mandato.

Edivaldo enfrentou crises financeiras com altivez, mas sem sacrificar os servidores. Cumpre fielmente sua promessa feita quando assumiu o comando do município em janeiro de 2013 de pagar em dia o funcionalismo e já anunciou para a próxima sexta-feira (3) o pagamento de junho e dia 17 o adiantamento da primeira parcela do décimo terceiro.

Sua gestão, no entanto, não se limitar a manter em dia os salários daqueles que o ajudam no dia na sua missão de comandar a capital do estado. Edivaldo transformou São Luís num verdadeiro canteiro de obras, que começa no Centro Histórico e se expande até a zona rural.

A administração Edivaldo realizou asfaltamento, drenagem profunda, reconstrução de mercados, dezenas de novas praças, reforma da infraestrutura do centro e recuperação do patrimônio histórico, reforma e reconstrução de unidades de saúde e de escolas, limpeza urbana, ecopontos, coleta seletiva, reforma do estádio Nhozinho Santos, reforma do Parque do Bom Menino, reforma da Fonte do Bispo entre outros investimentos importantes.

Neste primeiro de julho, Edivaldo muda de idade e comemora com a população ludovicense que lhe deu dois mandatos as mais de 200 frentes de serviços em andamento por toda a cidade simultaneamente. Da zona rural à área urbana. Da área central aos bairros mais periféricos. É um legado impressionante de obras e serviços nunca antes visto na história da capital.

Chegar a uma marca dessas é motivo de comemoração para qualquer gestor público, mas para Edivaldo o momento é ainda mais marcante já que ele também está comemorando o seu aniversário nesta quarta-feira (01), sendo o prefeito de São Luís com maior volume de obras na cidade, além de contar com a confiança e apoio da população.

  • Jorge Vieira
  • 30/jun/2020

“Único país do mundo sem ministros da Educação e da Saúde”, diz deputado

Vice-líder do PCdoB, o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB-MA) chamou de “piada de mau gosto” a dupla formada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o quase ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli.

Nesta terça-feira (30), apenas cinco dias depois de ser anunciado para o cargo pelo presidente, Decotelli formalizou sua saída do governo, após uma série de inconsistência em seu currículo virem à tona. Com a nova baixa, Brasil passará pela terceira transição da pasta durante a gestão Bolsonaro.

“Uma piada de mau gosto essa dupla Bolsonaro & Decotelli. Brasil todo dia sendo envergonhado por esse acidente trágico chamado Bolsonaro”, definiu o deputado.

Lamentando a situação do país, o parlamentar também comentou o ineditismo criado pelo presidente por manter vazias as pastas da Saúde e da Educação, simultaneamente.

“Bolsonaro consegue coisas incríveis, infelizmente. Por exemplo, fazer do Brasil o único país do mundo sem ministros da Educação e da Saúde”, destacou.

Acusado de plagiar no mestrado, de mentir sobre suas titulações de doutorado e pós-doutorado, o candidato ao MEC também foi abertamente contestado acerca de um suposto apoio empresarial para uma de suas teses e quanto ao vínculo como professor na Fundação Getúlio Vargas. Ele havia sido escolhido por Jair Bolsonaro para estancar críticas envolvendo o ex-ministro Abraham Weintraub e para dar uma imagem técnica ao ministério.

  • Jorge Vieira
  • 30/jun/2020

Flávio Dino sugere que o Congresso acelere a deliberação sobre o novo Fundeb

O governador Flávio Dino (PCdoB) sugeriu nesta terça-feira (30), através de mensagem postada em sua rede social que o Congresso Nacional aproveite o início do segundo semestre para encaminhamento do tema que trata sobre o nono Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e advertiu que “é a educação de milhões de crianças e jovens que está em jogo”. Dino defendeu que seja dada prioridade a esta pauta.

“O Brasil precisa de um encaminhamento para o tema do novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). É a educação de milhões de crianças e jovens que está em jogo. Creio ser uma grande prioridade para a pauta do 2º semestre no Congresso Nacional”, disse o governador em sua página do Twitter.

O Fundeb é a principal fonte de recursos da educação básica, respondendo por mais de 60% do financiamento de todo o ensino básico do país, etapa que vai do infantil ao ensino médio. O fundo é composto por recursos que provêm de impostos e transferências da União, estados e municípios. Criado em 2006, o Fundeb tem validade até o fim deste ano.

A proposta que torna permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, que tem como relatora a deputada Dorinha (DEM-TO), está em fase de tramitação na Câmara Federal e pode ser votada nas próximas semanas.

1 2 3 4 5 6 2.072

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

A estranha relação do pré-candidato Wellington do Curso com o PSDB
Márcio Jerry sobre teste positivo de Bolsonaro: “Que seja curado da covid-19 e da intolerância”
Plenária Popular Virtual relança movimento de pré-candidatura de Bira a prefeito de São Luís
“Apoiar Rubens é desejar para São Luís uma gestão de qualidade, compromisso e muito trabalho”, afirma Antônio Nunes
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz