Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz
  • Jorge Vieira
  • 9/jul/2020

PT só aguarda realização do encontro para oficializar aliança com o PCdoB

Dirigentes do PT aguardam apenas a realização do encontro municipal, que deverá acontecer no final de julho, para oficializar aliança com o PCdoB e declarar apoio ao pré-candidato Rubens Júnior. Em entrevista ao programa Ponto Continuando, da Mais FM, na noite desta quarta-feira (8), o presidente do diretório municipal do partido, vereador Honorato Fernandes, além de confirmar a aproximação entre as duas legendas adiantou que o PT deve indicar o vice da chapa.

As conversações iniciaram pela cúpula nacional dos PT e do PCdoB e avançaram no Maranhão, onde os petistas integram a base de sustentação do Governo Flávio Dino, que sempre manteve lealdade ao ex-presidente Lula, principalmente nos momentos mais delicados, sendo inclusive o maior cabo eleitoral no Estado do então candidato a presidente Fernando Haddad.

Praticamente não existe mais resistência à tese da aliança, pois as diversas correntes são favoráveis a coligação com o PCdoB e até o deputado Zé Inácio, que lançou a pré-candidatura, está consciente de que a possibilidade de candidatura própria não terá êxito.

A oficialização da aliança, até por questão de regimento interno, somente deve acontecer no encontro, porém, representantes da diversas alas já estão programados para anunciarem apoio ao candidato Rubens Júnior. O presidente da MOB, Lawrece Melo, por exemplo, muito ligado ao vereador Honorato, deverá anunciar ainda nesta quinta-feira apoio ao candidato do PCdoB.

A única voz destoante no partido é o deputado federal Zé Carlos, que defende a aliança com o candidato Duarte Júnior, mas esta possibilidade está descartada em função do pré-candidato ser representante do Republicanos, partidos dos filhos do presidente Jair Bolsonaro e inimigos do PT.

  • Jorge Vieira
  • 8/jul/2020

Tese de aliança deve prevalecer no encontro municipal do PT, diz vereador Honorato Fernandes

O presidente do diretório municipal do PT, vereador Honorato Fernandes, disse nesta tarde de quarta-feira (8) ao blog do Jorge Vieira que o encontro do partido que definirá sobre táctica eleitoral para as eleições em São Luís deverá acontecer no final de julho, devendo prevalecer a tese de aliança, provavelmente, com o PCdoB do candidato Rubens Júnior.

Segundo levantamento do blog, a grande maioria dos 45 delegados que vai definir a táctica eleitoral defende a tese da aliança e são favoráveis a uma coligação do PT com o PCdoB. Apenas nove delegados liderados pelo deputado Zé Inácio são favoráveis ao lançamento de candidatura, mas o próprio parlamentar, em entrevista a este blog, já admitiu que os aliancistas tem maioria.

Oficialmente foram formulados à direção nacional petista pedidos de aliança do PCdoB, PSB, Republicano e Solidariedade, mas segundo Honorato deve prevalecer a coligação com o candidato comunista, até pelo histórico dos dois partidos que sempre caminharam juntos desde a redemocratização do país.

Além do presidente do diretório municipal, o presidente do diretório estadual do PT, Augusto Lobato, também defende a tese da aliança com o partido do governador Flávio Dino, embora reconheça o direito do deputado Zé Inácio em defender candidatura própria.

  • Jorge Vieira
  • 8/jul/2020

Vele compra de R$ 70 não foi suficiente para fazer candidata do PL decolar

A estratégia do deputado Josimar de Maranhãozinho de distribuir dinheiro em véspera de eleição nas comunidades mais carentes que margeiam a BR-316 para eleger chefes de Executivos municipais não tem mostrado resultado satisfatório em São Luís.

A última pesquisa divulgada pelo Instituto Prever para prefeito de São Luís deixou claro que dinheiro batendo na porta não se rejeita, principalmente em tempos difíceis provocado  pela pandemia da Covid-19, mas dai se reverter em intenção de voto existe um fosso muito grande.

A sondagem feita após a participação da deputada estadual Detinha, pré-candidata a prefeita de São Luís pelo PL, esposa de Maranhãozinho, nas ações realizadas por uma instituição que distribuiu mais 5 mil vale compras no valor de 70 reais, deixou isso bem claro.

Diante da realidade e da falta de perspectiva da ex-prefeita de Centro do Guilherme, um dos municípios mais pobres do estado, pré-candidatos a vereador pelo Patriota, legenda que manifestou o desejo de aliançar com o PL, relataram o blog Marrapá o desamino de Detinha.

Mesmo tendo usado as redes sociais para divulgar as ações de  distribuição de dinheiro ao lado do esposo, na pesquisa espontânea os números foram decepcionantes. A pré-candidata aparece com um irrisório 0,4% da intenção de voto, mostrando que eleição em São Luís dinheiro ajuda, mas o candidato precisa ter conteúdo e algum link com a cidade.

  • Jorge Vieira
  • 8/jul/2020

Eleições 2020: Partidos poderão utilizar formato virtual para a escolha de candidatos e a formação de coligações majoritárias

Com a promulgação da Emenda Constitucional (EC) nº 107/2020, que adiou as Eleições Municipais 2020, todos os prazos eleitorais previstos para o mês de julho foram prorrogados por 42 dias, proporcionalmente ao adiamento da votação. Assim, as convenções partidárias para a escolha de candidatos, que aconteceriam de 20 de julho a 5 de agosto, serão realizadas no período de 31 de agosto a 16 de setembro.

Para atender às recomendações médicas e sanitárias impostas pelo cenário de pandemia provocada pelo novo coronavírus, os partidos políticos poderão realizar suas convenções em formato virtual para a escolha de candidatos e formação de coligações majoritárias, bem como para a definição dos critérios de distribuição dos recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC). As legendas devem garantir ampla publicidade, a todos os seus filiados, das datas e medidas que serão adotadas.

As agremiações terão autonomia para utilizar as ferramentas tecnológicas que entenderem mais adequadas para as convenções virtuais, desde que obedeçam aos prazos aplicáveis nas Eleições 2020 e às regras gerais da Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições) e da Resolução TSE nº 23.609/2019, com as adaptações previstas quanto à abertura do livro-ata, registro de dados, lista de presença e respectivas assinaturas.

Resolução – Resolução TSE nº 23.623/2019 estabelece as formas de compatibilizar a realização das convenções por meio virtual com as exigências legais e regulamentares que permitem validar a veracidade das informações inseridas nas atas.

Entre outros pontos, o documento estabelece que o módulo externo do Sistema de Candidaturas (CANDex) funcionará como livro-ata da convenção virtual, registrando-se diretamente na ferramenta as informações relativas à ata e à lista dos presentes.

O partido que já dispõe de livro aberto e rubricado pela Justiça Eleitoral pode, a seu critério, utilizá-lo para registrar a ata da convenção e a lista de presença. As informações serão posteriormente inseridas no sistema CANDex.

A lista de presença poderá ser registrada por diversos meios: assinatura eletrônica, registro de áudio e vídeo, coleta presencial, ou qualquer outro mecanismo que possibilite a efetiva identificação dos participantes e sua anuência com o conteúdo da ata. No caso da coleta presencial, devem ser observadas as leis e as regras sanitárias previstas na respectiva localidade.

Posteriormente, as atas serão publicadas no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais (DivulgaCandContas), conforme determinado pela Resolução nº 23.609/2019.

Anulação – Ainda conforme a legislação, caso a convenção partidária de nível inferior se oponha às diretrizes estabelecidas pelo Diretório Nacional, nos termos do respectivo estatuto, o órgão poderá anular a deliberação e os atos dela decorrentes, assegurados o contraditório e a ampla defesa, e comunicar a decisão à Justiça Eleitoral até 30 dias após a data-limite para o registro de candidatos.

Caso a anulação exija a escolha de novos candidatos, o pedido de registro poderá ser apresentado à Justiça Eleitoral nos dez dias subsequentes à anulação. (Fonte: TSE)

  • Jorge Vieira
  • 8/jul/2020

Márcio Jerry destaca urgência na aprovação do novo Fundeb

Vice-líder do PCdoB, o deputado federal Márcio Jerry defendeu nesta terça-feira (7) a urgente apreciação da proposta que institui um novo Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) no Brasil pela Câmara dos Deputados. Principal fonte de recursos da educação básica do país desde 2007, o mecanismo perderá validade em dezembro deste ano caso não seja aprovado pelo governo.
“É absolutamente urgente aprovarmos o Fundeb. Estamos contra o tempo, educação não pode ser inviabilizada. Por isso #VotaFundeb”, disse o parlamentar, ampliando o coro feito por congressistas para que a Casa paute e vote o assunto o mais rápido possível.
No domingo (5), em entrevista à GloboNews, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) chegou a dizer que encaminharia o debate ao Plenário da Casa, mesmo diante da vacância do posto de ministro da Educação.
Atualmente, os repasses do governo federal representam 10% da contribuição total dos estados e municípios de todo o país. Antes da pandemia, a proposta em discussão na Câmara pretendia elevar o percentual para 15% a partir de 2021 e aumentá-lo de forma escalonada, até 2026, a 20%. Com os novos gastos do governo, porém, o texto final da proposta sofreu reparos e a nova sugestão é a de que o complemento seja de 12,5% já a partir do próximo ano.
De acordo com um estudo elaborado pelo Dieese, a não renovação do Fundo colocará em risco 94,2% das matrículas da educação básica, afetando 20 milhões de alunos. Dos 5.570 municípios brasileiros, 3.701 perderiam diretamente os investimentos para a área.

  • Jorge Vieira
  • 8/jul/2020

Mais de 40 pré-candidatos a vereador do PP reafirmam apoio a Rubens Júnior

O Partido Progressista (PP) recebeu, em sua sede, o deputado federal licenciado e pré-candidato a prefeito de São Luís, Rubens Pereira Jr (PCdoB). O encontro, que aconteceu nesta terça-feira (07), contou com a presença do deputado federal André Fufuca e mais de 40 pré-candidatos a vereador. Todos reafirmaram o apoio ao projeto do partido comunista na capital São Luís.

Rubens Jr reforçou que sua candidatura à prefeitura de São Luís está mais forte que nunca e que conta com o maior número de partidos entre todas as coligações. “A nossa campanha será vitoriosa, assumindo o compromisso de governar com aqueles que hoje nos apoiam”, reforçou.

Para André Fufuca, o PP já escolheu o seu candidato, que é Rubens Jr, por acreditar no caráter e competência dele, demonstrados na sua larga experiência como político de mandatos e qualificações para exercer o cargo de prefeito de São Luís.

“Falo aqui sobre lealdade, compromisso, trabalho e empatia. Neste momento em que convivemos com uma crise sanitária sem precedentes, da qual resulta em graves dificuldades econômicas e financeiras, Rubens entra em cena como pré-candidato a prefeito que apresenta propostas diferentes, originadas do debate constante com a comunidade, com lideranças e com especialistas de diversas áreas. Esta é a grande razão para caminharmos juntos”, explicou Fufuca.

No ato o Rubens Jr aproveitou para convidar o presidente municipal do PP, Weverton Pereira, para compor a equipe de coordenação de sua campanha. O objetivo é estreitar o diálogo entre ele os pré-candidatos do partido.

  • Jorge Vieira
  • 7/jul/2020

“Apoiar Rubens é desejar para São Luís uma gestão de qualidade, compromisso e muito trabalho”, afirma Antônio Nunes

Mais um membro do Governo do Maranhão declara apoio à pré-candidatura de Rubens Júnior à prefeito de São Luís. Nesta terça-feira (7), o presidente da Maranhão Parcerias (MAPA), Antônio Nunes, confirmou que fará parte do time do projeto do PCdoB nas eleições deste ano na capital ludovicense.

Durante o encontro, Nunes afirmou que apoiar Rubens é querer que na prefeitura de São Luís se tenha uma gestão com a qualidade, o compromisso e o trabalho que vem sendo desenvolvido no Governo Estado por Flávio Dino.

“Além de já conhecer sua experiência como deputado estadual e federal há muitos anos, fui testemunha da sua competência como executivo na sua curta, mas profícua passagem pela Secretaria Estadual das Cidades, onde desenvolveu um trabalho com muita seriedade e com muitos resultados positivos inclusive para a nossa cidade”, afirmou o presidente da MAPA.

Rubens agradeceu o apoio e destacou que Antônio Nunes terá uma grande contribuição na pré-campanha. “Nunes tem uma trajetória de muita experiência como advogado e como gestor público. Integrante do time de Flávio Dino desde sempre, vai trazer toda sua expertise para o nosso projeto, inclusive na elaboração do Plano de Governo”, finalizou o pré-candidato.

1 2 3 2.073

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Mais de 40 pré-candidatos a vereador do PP reafirmam apoio a Rubens Júnior
Vele compra de R$ 70 não foi suficiente para fazer candidata do PL decolar
PT só aguarda realização do encontro para oficializar aliança com o PCdoB
Tese de aliança deve prevalecer no encontro municipal do PT, diz vereador Honorato Fernandes
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz