Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz
  • Jorge Vieira
  • 23/set/2022

“O Brasil quer Lula na Presidência”, diz Brandão ao defender o movimento “vira voto”

O resultado da pesquisa do Data Folha, divulgado na noite desta quinta-feira em que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva aparece com 50% dos votos válidos e aumentou a possibilidade do líder do PT vencer a eleição para presidente logo no primeiro turno encheu de entusiasmo o governador e candidato à reeleição, Carlos Brandão (PSB) na defesa do voto útil.

“A pesquisa Data Folha confirma o que a gente já sabia: o Brasil quer Lula na Presidência. Vamos fortalecer o movimento “vira voto” e eleger nosso presidente logo no primeiro turno, sem medo de ser feliz”, disse Brandão em mensagens em sua rede social, após os principais veículos de comunicação do país anunciarem o resultado da sondagem junto ao eleitorado.

Lula conta no Maranhão com o apoio de uma sólida coligação liderada por Brandão e Flávio Dino e segundo a pesquisa do IPEC/TV Mirante apresentada dia 20 de setembro conta com 67% de intenção de votos dos maranhenses contra apenas 19% de Bolsonaro, percentual que expressa bem a sintonia do eleitorado do estado com o ex-presidente.

O ex-presidente faz, nesta reta final da campanha, um forte apelo ao voto útil contra o presidente Jair Bolsonaro, na tentativa de desidratar os demais candidatos e resolver a disputa logo no dia 2 de outubro. A campanha de Lula aposta em várias frentes para atrair eleitores indecisos nos últimos dias que antecedem o primeiro turno: ampliação da frente ampla pro Lula, mobilizações de rua no sudeste, atos com artistas e entrevistas.

No Maranhão, onde o petista lidera com um enorme fosso para o segundo colocado. Brandão, Dino e Camarão têm colaborado sensivelmente para a grande aceitação de Lula. O governador e o ex-governador candidato a senador estão na linha de frente da campana presidencial e lideram também a intenção de voto no estado para o governo e Senado.

  • Jorge Vieira
  • 22/set/2022

Pesquisa Datafolha: Lula chega a 50% dos votos válidos e aumenta a chance de vencer no primeiro turno

A pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (22),  mostra que o candidato a presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 47% das intenções de voto no primeiro turno da eleição presidencial. Em segundo lugar ficou Jair Bolsonaro (PL), com 33%. Ciro Gomes (PDT) teve 7% e Simone Tebet (MDB), 5%. O levantamento foi encomendado pela Globo e pela Folha de S.Paulo.

Na pesquisa anterior do Datafolha, de 15 de setembro, Lula tinha 45%. Bolsonaro se manteve com 33%. Ciro e Tebet continuaram com 7% e 5%, respectivamente. Soraya Thronicke (União Brasil) caiu de 2% para 1%.

Nos votos válidos, o ex-presidente conseguiu 50% (eram 48% na anterior).

  • Jorge Vieira
  • 22/set/2022

Lula defende Previdência humanizada e anuncia recriação de ministério

Em encontro com representantes de movimentos e associações de idosos e aposentados nesta quinta-feira (22/09), em São Paulo (SP), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que a Previdência pode ser melhor, se for mais humanizada, e sinalizou recriação de ministério específico que cuidava da área e que foi extinto pelo governo Bolsonaro logo no primeiro dia de governo. “A Previdência pode ser muito melhor se ela for humanizada e se ela aproveitar o que nós temos de mundo digital para poder modernizar a nossa atuação da Previdência”.

Na área da saúde, o ex-presidente defendeu que o Estado ofereça gratuitamente especialidades a idosos que precisam de cuidados ou sofrem, por exemplo, de dores nas pernas ou nas costas. “E isso tem que ser gratuito para o companheiro que está aposentado. Da mesma forma que você criou médico de saúde, que as pessoas visitam as casas, o fisioterapeuta ir gratuitamente, ou pela prefeitura ou pelo SUS, na casa das pessoas, fazer treinamento e exercitar as pessoas. Porque se a gente ficar parado a gente fica atrofiado. A gente fica inútil. Da mesma forma, nós vamos ter, que é uma profissão que está surgindo com força, que é a de cuidadores. Nós vamos ter que formar muita gente, e nós temos que transformar isso em um serviço público”, afirmou.

Fim das filas no INSS – Ao receber de representantes das entidades propostas para melhoria da qualidade de vida de idosos e aposentados, Lula defendeu o fortalecimento do SUS para oferecer esses atendimentos e lembrou do legado de seus governos. Contou, por exemplo, sobre a atuação para reduzir as filas do INSS e dar agilidade na concessão de benefícios como aposentadoria e licença maternidade e disse que os governos petistas provaram que a Previdência pode ser melhor. Com isso, anunciou a recriação de ministério para cuidar da área.

O ex-presidente recebeu reconhecimento de diferentes interlocutores sobre os avanços que promoveu em seus governos, como a criação do Estatuto do Idoso, e disse ser responsabilidade fazer com o país respeite seus filhos.

“É da nossa responsabilidade fazer com que esse país respeite os seus filhos. Não é apenas no hino nacional, não, é no comportamento do governante. E vai mudar, pode ficar certo que muita coisa vai mudar nesse país e eu só estou voltando a ser candidato por isso. Se eu não acreditasse que é possível mudar, eu não estaria. Eu ficaria em casa, mas eu acho que nesse momento o Brasil está precisando muito de um solavanco, e o solavanco somos nós que vamos dar, somos nós que vamos conseguir fazer”.

Proposta para idosos – Presidente do Centro Internacional da Longevidade e ex-diretor do Departamento de Envelhecimento e Saúde da OMS (Organização Mundial de Saúde), Alexandre Kalache disse que a eleição de Lula é a única saída para que os idosos brasileiros voltem a ter perspectiva de envelhecer com direitos e dignidade. “Precisamos trazer o envelhecimento para o centro das políticas púbicas”, afirmou.

Mauro Montoryn, pesquisador da felicidade como norteadora de políticas públicas, defendeu longevidade cidadã. Disse que Brasil comete erros ao desperdiçar a experiência das pessoas idosas. “Não podemos ser desperdiçados. Estamos aqui para lutar pela chapa Lula-Alckmin e por uma política consequente para os idosos”, afirmou, acrescentando que o Brasil está envelhecendo mal e que é preciso ter justiça social e oportunidades para os idosos. “Queremos capacitação, saúde, Previdência justa e que políticas públicas não fiquem só no governo.

Maria da Guarda Rocha, presidente da Associação de Aposentados e Pensionistas da Saúde e Similares (Abrapopess) entregou documento com propostas para garantir o envelhecimento saudável. “O idoso precisa ter educação, saúde e segurança. Você veio lá do Nordeste para fazer a felicidade do povo aqui. Continue com essa sabedoria”, disse, afirmando que Lula mudou a vida de muita gente e vai melhorar a vida dos idosos se voltar à Presidência.

  • Jorge Vieira
  • 22/set/2022

De olho na governabilidade, Brandão pede votos para deputados da sua coligação

O governador Carlos Brandão (PSB), candidato a reeleição, de olho na governabilidade e no equilíbrio entre os poderes, está aproveitando as inserções da propaganda eleitoral no Rádio e TV e mensagens em mídias sociais para intensificar o pedido de votos aos seus candidatos à Câmara Federal e Assembleia Legislativa, uma prática que também está sendo usada pelos candidatos Weverton Rocha (PDT) e Lahesio Bonfim (PSC) deste o início da propaganda eleitoral.

Líder nas pesquisas de intenção votos, o governador Carlos Brandão, através de inserções e mensagens na rede social defende voto nos seus representantes legislativos com o argumento de que é importante eleger parlamentares que possam colaborar de forma efetiva com a gestão.

“Tenho sempre falado da importância do equilíbrio entre os poderes. Ninguém governa sozinho. Por isso destaco a importância de eleger bons parlamentares que possam somar com nosso projeto de um Maranhão ainda melhor para todos”, defende Brandão.

“Nossa candidatura ao Governo conta com diversos postulantes a deputado estadual e federal. Confio no voto consciente para termos no Legislativo representantes compromissados com o nosso povo, aprovando leis que colaborem com a melhoria da qualidade de vida de todos”, acrescenta o governador.

Na mesma pegada segue os candidatos Weverton  e Lahesio, que também usam as inserções destinada aos deputados para pedir votos aos seus candidatos aos parlamentos federal e estadual e repetem sempre o mesmo bodão: peço seu voto para nossos candidatos a deputado.

Dos quatros candidatos mais bem colocados nas pesquisas e que, de fato, disputam a eleição deste ano para governador, o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior tem focado unicamente em sua campanha, sem usar o espaço concedido pela Justiça Eleitoral às candidaturas proporcionais para ganhar alguns segundos a mais na telinha.

  • Jorge Vieira
  • 22/set/2022

Homem forte da campanha de Weverton é intimado pela Justiça Federal por fraude com recursos do orçamento secreto

Coordenador da campanha do senador Weverton Rocha (PDT) ao Governo do Maranhão, o presidente da Federação dos Municípios do Maranhão e prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier (PDT), está sendo intimado pela Justiça Federal a prestar depoimento sobre fraude na transferência de recursos do famigerado orçamento secreto para a saúde do município.

A Justiça Federal acatou a ação cível pública do Ministério Público e determinou o bloqueio imediato de R$ 2,7 milhões do Fundo Municipal da Prefeitura de Igarapé Grande por suspeitas de irregularidades nas transferências de recursos da União para a secretaria de saúde do município e fraude na inserção de dados superestimados para aumentar o valor dos repasses. A informação foi publicada primeiramente pelo Jornal Pequeno em sua edição desta quinta-feira (22).

Ao acatar ação do Ministério Público Federal, o juiz Deomar de Assenção Arouche, observou que “os gestores da saúde no município requerido aumentaram atendimento da Média e Alta Complexidade inserindo no Sistema de Informações Ambulatoriais (SIA) e no Sistema de Informação Hospitalar (SIH) para majorar o limite de Saúde”.

Como é do conhecimento geral, o presidente da Famem é muito ligado ao senador Weverton Rocha, coordena sua campanha ao governo do estado e teve os olhos da mídia nacional voltada para seu município diante da descoberta de milhares de atendimentos fantasmas para justificar o repasses do orçamento secreto e que tem no candidato do PDT o principal patrocinador das emendas.

  • Jorge Vieira
  • 22/set/2022

Edivaldo intensifica campanha e mantém otimismo sobre segundo turno

Faltando dez dias para as eleições 2022, o ex-prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Junior (PSD) tem uma missão considerada difícil, mas não impossível: ultrapassar o senador Weverton Rocha (PDT) e o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim (PSC), na corrida ao Palácio dos Leões e chegar ao segundo turno para enfrentar o governador Carlos Brandão (PSB), líder nas pesquisas já divulgadas até agora sobre a tendência do eleitorado.

Com um discurso firme e confiante no sucesso do projeto de governar o Maranhão pelos próximos quatro anos, Edivaldo tem passado muita segurança aos seus seguidores, intensificou a campanha na capital, seu maior reduto eleitoral, e chega na reta final em condições de brigar pela segunda vaga. Edivaldo, que fez muito por São Luís e foi reconhecido pelo elevado índice de aprovação da gestão, é puro otimismo quanto a ida ao segundo turno.

E motivo não falta. A caravana de Edivaldo e suas carreatas tem sido bem recebida nos bairros da capital e interior do estado, o candidato tem usado bem o horário eleitoral, defende propostas que visam o desenvolvimento do Maranhão e o bem-estar das pessoas. Edivaldo é ficha limpa, tem experiência, carisma e competência em gestão pública.

Com as pesquisas indicando a liderança de Brandão e sua confirmada presença no segundo turno, Edivaldo tem pela frente o senador do PDT Weverton Rocha e Lahesio Bonfim (PSC). O primeiro, que já chegou a liderar as pesquisas no início da pré-campanha, vem despencando, caiu para menos de 20% e agora luta para não ser ultrapassado, porém corre sério risco de ficar pelo meio do caminho. O segundo estagnou e parece que chegou ao teto que não lhe garante continuar no pleito, caso haja segundo turno.

Edivaldo está bem vivo nessa disputa pelo segundo e decisivo turno da eleição, tem aumentado o volume de campanha nesta reta final e pode surpreender. É bom lembrar que ele nunca perdeu uma eleição, travou uma luta de Davi contra Golias quando enfrentou o gigante prefeito de São Luís João Castelo, candidato à reeleição em 2012, e o derrotou.

Por isso é melhor aguardar para conferir o resultado das urnas, pois as pesquisas apresentadas até agora foram motivo de muita desconfiança por conta das disparidades dos números de cada sondagem, o que tem motivado críticas e suspeitas de fraude nestes levantamentos.

  • Jorge Vieira
  • 21/set/2022

Wellington Dias diz que Lula fará governo de centro, com menos espaço para o PT

247 – Integrante da coordenação da campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-governador do Piauí e candidato ao Senado Wellington Dias (PT) afirma que a presença da esquerda em um terceiro mandato de Lula deverá ser inferior à de 2003 e que o ex-presidente fará um governo de ‘centro’.

“Será um governo de coalizão e terá essa característica de centro, com forte compromisso social”, declarou em entrevista ao Globo.

O perfil é resultado de um amplo leque de alianças articuladas pela campanha para derrotar Jair Bolsonaro, reunindo 9 siglas, a maior de todas as vezes que disputou a presidência. “Lula conta com o maior leque partidário de todas as eleições que disputou. Certamente a responsabilidade vai ser mais diluída entre os vários partidos que estão conosco”, diz Dias.

Na última segunda-feira (19), a campanha de Lula reuniu 8 ex-candidatos à presidência: Guilherme Boulos (Psol), Luciana Genro (Psol), Cristovam Buarque (Cidadania), Marina Silva (Rede), Fernando Haddad (PT), Henrique Meirelles (União Brasil) e João Vicente Goulart (PCdoB), além do ex-tucano Geraldo Alckmin (PSB), seu candidato a vice.

1 2 3 4 2.411

Buscar

Mais Lidas

 Sinproesema declara apoio para o candidato a deputado federal Eliel Gama 
Duarte Jr: “Eu apoio 65111 Professora Cássia”
Funcionários do Incra vibraram com demissão de Mauro da Hidraele
Prefeito Edivaldo supervisiona obras no Cras da Cidade Operária
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz