Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz
  • Jorge Vieira
  • 19/fev/2020

Maranhão tem a gasolina mais barata entre os estados vizinhos

Levantamento semanal da Agência Nacional do Petróleo (ANP) mostra que o Maranhão tem a gasolina mais barato entre estados vizinhos. E uma das mais baratas do Brasil. A ANP é uma agência do Governo Federal.

A mais recente pesquisa nos postos de gasolina mostra que o preço médio do litro no Maranhão é de R$ 4,357.

É um valor menor que em vizinhos como Piauí (R$ 4,638), Pará (R$ 4,650), Ceará (R$ 4,689) e Tocantins (R$ 4,751).

Além disso, o preço no Maranhão é mais baixo que o nacional, de R$ 4,550.

Entre todos os 26 Estados e o Distrito Federal, o Maranhão é o quem tem a sexta gasolina mais barata.

  • Jorge Vieira
  • 19/fev/2020

PCdoB filia Astro de Ogum e Rubens Junior ganha forte cabo eleitoral

O vereador Astro de Ogum é o mais novo comunista da cidade. A informação de sua filiação ao PCdoB foi anunciadas nas redes sociais pelo vice-prefeito Júlio Pinheiro, que inclusive publicou a foto.

“Recepcionamos o Vereador Astro de Ogum no PCdoB e tratamos dos preparativos para sua filiação ao partido. Vem reforçar nossa chapa proporcional”, escreveu.

Ogum promete ser um forte cabo eleitoral de Rubens Júnior, que teve seu nome confirmado recentemente como pré-candidato do PCdoB a prefeito de São Luís.

O vereador, que é vice-residente da Câmara Municipal de São Luís, se juntará à bancada que já conta com Marcelo Poeta e Fátima Araújo.

  • Jorge Vieira
  • 19/fev/2020

Dallagnol leva enquadrada do deputado Márcio Jerry

O deputado federal Márcio Jerry usou as redes sociais para enquadrar o procurador da República, Deltan Dallagnol, protagonista do escândalo que desconstruiu a narrativa da Lava Jato e apontou uma série de irregularidades nos processos julgados pelo ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro.

“Deverias te dares por impedido para falar sobre quaisquer assuntos relativos à Justiça. Pelo conjunto da obra, há muito descambaste da operação da lei para a agressão às leis”, disse o deputado.

Em campanha para invalidar o projeto de Jair Bolsonaro que cria um novo papel no Judiciário Brasileiro, Dallagnol tem defendido que a figura é apenas mais uma forma de ‘tentar travar condenações e investigações’ no Judiciário brasileiro. Entre outras falas, o procurador defende que ‘isso não funciona no país’, além ferir diversos princípios da justiça brasileira.

À revelia de Moro – A proposta foi inserida no pacote contra a vontade de Moro e sancionada por Jair Bolsonaro após o Senado aprovar o projeto, em dezembro do ano passado.  Responsável por decisões durante os processos de investigação, em etapa anterior ao julgamento, caberá ao juiz de garantias autorizar buscas e quebras de sigilo, além de atuar quando a ação penal for aberta, até a sua sentença.

Embora tenha sido sancionada por Bolsonaro, o projeto encontra-se suspenso, à espera do parecer do relator do caso no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux. O ministro é responsável pela avaliação de quatro ações que questionam a validade da nova figura.

 

  • Jorge Vieira
  • 18/fev/2020

Em live, pré-candidato Rubens Júnior se manifesta sobre Mobilidade Urbana

A Live dessa terça-feira (18), do pré-candidato a prefeito de São Luís pelo PCdoB, Rubens Jr, que também é deputado federal licenciado e secretário das Cidades do Maranhão, tratou de Mobilidade Urbana, um importante tema e que está em voga na capital por conta do recente aumento do preços das passagens do transporte coletivo.

Para ele, todos os cidadãos querem e merecem um sistema de transporte público com qualidade e acessível à todos. E para garantir que mais pessoas tenham acesso barato e com conforto, exige seriedade e intervenção ampla no sistema de mobilidade. “Enquanto estivermos pensando somente na composição tarifária da passagem paga hoje, não resolveremos o problema, ao contrário, vamos punir ainda mais os ludovicenses”, destacou.

Para se ter uma ideia do impacto do transporte na renda das famílias, Rubens Jr detalhou que, um trabalhador que ganha um salário mínimo por mês, gasta cerca de 14% do seu rendimento com transporte público, o que equivale à R$ 148,00. “Isto sem contar as despesas com pagamento de passagem para os filhos estudarem, além de outras necessidades que exigem uso do transporte público, a exemplo das práticas de lazer, consultas médicas, ou mesmo a procura por um emprego”.

O deputado licenciado lembrou que a população de São Luís tem o ônibus como principal componente do sistema, porém não ele é o único. O sistema de mobilidade precisa ser debatido como uma grande rede.

Preço das passagens

Atualmente a Prefeitura de São Luís não subsidia o transporte público. Diferentemente de outras cidades, foi feita a opção de investir em outras áreas. Outras capitais optaram por financiar parte do valor, como é o caso de Brasília, que subsidia 50% da passagem, segundo o site UOL.

Segundo dados do IPEA, existe por lei algumas isenções ou meias passagem (como idosos e estudantes), que são incorporadas aos valores das tarifas pagas pelos usuários. E por conta do perfil das pessoas dependentes do transporte público, torna o serviço regressivo do ponto de vista social, fazendo com que as pessoas mais pobres arquem com o financiamento da política.

“O aumento do custo do transporte e a redução da sua qualidade criam um círculo vicioso, pois fazem com que menos pessoas acessem o sistema de transporte público – seja pela falta de condições financeiras ou pela pouca atratividade do serviço -, levando ao aumento do seu valor por usuário, o que acarreta na necessidade de aumento das tarifas”, projetou Rubens.

Rubens Jr ressaltou que outra questão importante para pensar o sistema, é a composição da passagem. Segundo o contrato de concessão do serviço em São Luís o valor da passagem equivalente ao diesel é corresponde a 24% da tarifa total. “Nesse sentido, se fosse zerado o ICMS do combustível, isso resultaria numa economia irrisória de menos que R$ 2 centavos. “Importante lembrar que o governador Flávio Dino reduziu, em 2015, o valor do ICMS sobre o óleo diesel, de 18% para 2%”.

É graças ao recolhimento de tributos que o governo financia contratação de novos professores, duplicação do quadro de policiais e toda a gestão da máquina pública. A proposta de zerar o ICMS sobre combustíveis, por exemplo, teria o impacto de 165 milhões nos repasses que o estado faz para São Luís, equivalente a mais que o valor total de investimentos na educação infantil para crianças de até 5 anos. “Portanto, Eduardo Braide sugere que São Luís abra mão de orçamento suficiente para financiar educação das nossas crianças?”, questionou Rubens.

O que pode ser feito?

A primeira medida que poderia ser tomada seria subsidiar parte da tarifa focando nas camadas mais pobres. Teresina subsidiou em 2018 com cerca de R$ 8 milhões, intensificar o acesso das pessoas ao bilhete único, aumentando os pontos de recarga e integrando toda a frota, diminuindo a necessidade de se deslocar até os terminais de integração.

Para o pré-candidato, também é preciso falar de infraestrutura. Para as paradas de ônibus, Rubens sugeriu melhorias da qualidade por meio de uma PPP ou adequando o próprio contrato de concessão do serviço. A ideia é usar publicidade e promover a troca dos pontos de ônibus, garantindo qualidade, proteção contra chuvas, iluminação, informativos sobre as linhas de ônibus

Para ele, também é necessário repensar o desenho das linhas, racionalizando a frota, utilizando ônibus maiores para linhas que concentram mais passageiros. Outra ideia é a criação de programas municipais de mobilidade, no modelo do Programa Travessia, focado em públicos de pessoas com deficiência.

Outro ponto destacado foi a necessidade de investir na melhoria das vias, com prioridade onde há maior fluxo de ônibus, com criação de novos corredores, reduzindo o tempo de viagem, gasto com combustível e manutenção da frota, como previsto no Plano Municipal de Mobilidade aprovado em 2017.

Também é proposta de Rubens a revisão dos termos do cálculo do reajuste dos contratos, deixando de levar em conta somente o custo, e adicionando a qualidade do serviço prestado à equação da tarifa.

Para ele, também é necessária a implementação de ações voltadas para o aumento da eficiência do sistema, como redução do gasto de combustível, redução dos acidentes, manutenção preventiva, aumentando, assim a produtividade e reduzindo o valor do serviço e, por consequência, das taxas. Por fim, reformar os terminais de integração e ofertá-los como espaços de prestação de serviços, facilitando a vida dos usuários do sistema.

Sistemas de transporte de São Luís

Atualmente, a capital tem mais de 800 ônibus, distribuídos em 171 linhas (144 integradas e 27 não integradas); 5 terminais de integração, além de 4.700 cobradores e motoristas atendendo mais 570 mil pessoas/dia. Conta, ainda, com 2.205 permissões para táxis (INMEQ-MA) e aproximadamente 12 mil motoristas de aplicativo, além de centenas de mototaxistas.

Em 2015, uma auditoria do TCE-MA levantou a opinião dos usuários de transporte da cidade. Os principais itens avaliados como ruim e péssimo foram: segurança dos veículos com 86%; estado de conservação com 66,7% e limpeza com 63,5%. A pesquisa também constatou que 57% da frota não tem acessibilidade, 65,87% das paradas não tem identificação, 87,90% não possuem rampas de acesso e que 79% dos abrigos estão com estado de conservação ruim.

O pré-candidato também lembrou de outros investimentos do Governo do Maranhão, como em segurança. De acordo com os dados oficiais do Sistema de Segurança Pública, de 2016 a 2019, houve redução de 33% do número de assaltos em ônibus. “Com a criação da Agência de Mobilidade Urbana (MOB) o governador Flávio Dino implantou uma rede de ônibus com linhas expressas expressos na região metropolitana”.

Ainda segundo Rubens, com a criação do Programa Travessia, o governo garantiu opções de mobilidade gratuita para quem mais precisa, a exemplo de idosos, pessoas com deficiência, crianças em tratamento de doenças, entre outras. “O governo também financia o transporte de jovens que se deslocam para fazer exames do ENEM”, lembrou.

  • Jorge Vieira
  • 18/fev/2020

Othelino Neto destina duas ambulâncias para São Luís

Em visita ao prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr. (PDT), na tarde desta terça-feira (18), o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), anunciou a destinação de emenda parlamentar para a aquisição de duas ambulâncias ao sistema de saúde do município. No encontro, eles também trataram dos avanços da gestão e dos novos projetos para a cidade.

“É uma satisfação disponibilizar emenda para a compra dessas ambulâncias que, em breve, serão entregues ao município. Foi muito bom nos inteirarmos sobre os projetos em andamento na capital e os que ainda serão executados. Para mim, que fui criado e resido aqui, é gratificante ver que nossa cidade está sendo bem cuidada e tratada com o respeito que merece”, ressaltou o chefe do Legislativo maranhense.

O benefício foi comemorado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior. “Agradeço o gesto do presidente Othelino, que é um parlamentar atuante no Maranhão e sempre dá sua contribuição a nossa cidade. Desta vez, com essas ambulâncias que, com certeza, contribuirão muito para a saúde da população ludovicense”, disse.

 

  • Jorge Vieira
  • 18/fev/2020

Dino prega respeito aos jornalistas e cutuca Bolsonaro  

O presidente Jair Bolsonaro protagonizou cenas lamentáveis hoje de manhã ao insultar, com insinuação sexual, a jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha. “Ela [repórter] queria um furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim [risos dele e dos demais]”, disse.

A declaração do presidente logo ganhou as redes e uma enxurrada de críticas de todos os lados. O governador Flávio Dino também se manifestou sobre o assunto, e ensinou para Bolsonaro como se portar diante de jornalistas.

“Tenho falado sobre certos cenários eleitorais em face do respeito aos jornalistas. Eles ou elas perguntam livremente e eu respondo, sem agressões, como deve ser. Peço que, se possível, leiam a íntegra das entrevistas. Obrigado por críticas e sugestões, que sempre me ensinam”, tuitou.

Uma verdadeira aula.

  • Jorge Vieira
  • 18/fev/2020

Após oferecer o PL para vários pré-candidatos, Josimar apela para a esposa Detinha

O deputado federal e presidente do PL no Maranhão, Josimar de Maranhãozinho até que tentou atrair algum político com nome consolidado em São Luís para transformá-lo em candidato a prefeito, mas não encontrou um único nome que aceitasse associar sua imagem com a dele.

Josimar, que conseguiu fazer o milagre de transformar cadeira de macarrão em fortuna e se apresentar na política como um bom mercador, após dominar a BR-316 quer agora coloca os pés em São Luís, mas após várias recusas resolveu apelar para a esposa e deputada Detinha, ex-prefeita de Centro do Guilherme, o município mais pobre do Maranhão.

Sem conseguir convencer um único político de peso, Josimar reuniu na noite de segunda-feira com aliados e, na falta de alguém que aceite sua companhia, aventou a possibilidade de mandar a própria esposa para o sacrifício, ainda que a parlamentar seja uma mera desconhecida da capital.

Josimar tentou se aproximar de Eduardo Braide e oferecer um nome de sua confiança como vice, mas as conversações não prosperaram, abriu negociações com Duarte Junior, posteriormente flertou com Yglésio Moisés, mas todos recusaram associar seus nomes ao dono do PL.

 

O martelo de Josimar ainda não foi batido. O grupo, no entanto deve voltar a reunir após o carnaval para avaliar o nome de Detinha, e tudo indica que ela poderá ser a representante do PL na sucessão do prefeito Edivaldo.

É aguardar para conferir?

1 2 3 4 1.993

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Bira mostra que relação continua boa e curte carnaval ao lado de Dino
Benedito Coroba assume PGM de Paço do Lumiar 
Em live, pré-candidato Rubens Júnior se manifesta sobre Mobilidade Urbana
Eleições 2020: MDB continua perdido e sem nome para concorrer em São Luís
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz