Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

WC diz que Eduardo Braide não seria “covarde” de tramar sua puxada de tapete

Num pronunciamento inflamado na manhã desta quarta-feira (26), no plenário da Assembleia Legislativa, o deputado Wellington do Curso, além de ratifica sua pré-candidatura a prefeito, recomendar que Eduardo Braide cuide do seu partido e afirmar que não participou de qualquer acordo em 2018 para apoiá-lo em 2020, conforme revelado pelo senador Roberto Rocha e pelo próprio Braide, ainda deixou transparecer que o representante do Podemos poderia está tramando algum tipo de “tentativa de covardia, de trairagem” para retirar sua candidatura.

“O pré-candidato Eduardo Braide, eu tenho certeza de que como ele é democrata, como ele é republicano, ele jamais iria apoiar qualquer tipo de tentativa de covardia, de traíragem para retirar a minha candidatura. Eu tenho certeza disso, até porque eu tenho argumento muito mais forte, em 2016, eu fui apoiá-lo no segundo turno para prefeito de São Luís, e não foi ele que me procurou, eu que o procurei de livre espontânea vontade e fui apoiá-lo no segundo turno para prefeito de São Luís. Então, eu tenho certeza de que ele não seria covarde em tentar tirar a minha pré-candidatura, a candidatura no tapetão, na força, e, com certeza, nós temos condições de disputar o voto nas urnas, eu tenho certeza de que o pré-candidato Eduardo Braide, não iria compactuar com isso, não iria ser covarde ao ponto de apunhalar o pré-candidato que ajudou em 2016”.

Wellington afirmou que quando foi para o PSDB, todos sabiam do seu desejo em disputar a eleição em 2020 e que a prova disso é que das três opções que se apresentaram optou pelo PSDB com o compromisso da candidatura a prefeito de São Luís e que no dia 02 de outubro de 2019 lançou a pré-candidatura, que foi confirmada no dia 06 de março de 2020 pelo senador Roberto Rocha na sua casa, publicada, inclusive nas suas redes socais dizendo que ele seria o representante do PSDB na sucessão da capital.

“Almocei e jantei com o companheiro e amigo Wellington do Curso, nosso pré-candidato a prefeito de São Luís, e por mais que os comunistas tentem nos afastar, nós continuamos firmes e vamos disputar a prefeitura de São Luís”, lembrou WC lendo a mensagem publicada pelo senador, que hoje diz ter compromisso com Braide desde 2018 e não nega sua preferência por aliança com o candidato do Podemos.

Mesmo sem ter o controle do diretório municipal, presidido pelo filho do senador, Roberto Rocha Júnior, Wellington garante que não existe a possibilidade de retirar a candidatura. “Eu deixo bem claro meu pronunciamento: Sou pré-candidato a prefeito de São Luís. A nossa pré-candidatura nasceu nas ruas, nasceu nos corações do povo, nasceu no coração de Deus e nós temos trabalhado com seriedade, com responsabilidade e respeitamos todos os pré-candidatos. E eu peço só humildemente que o pré-candidato Eduardo Braide, respeite também a nossa pré-candidatura, vamos continuar num diálogo democrático, respeitoso, republicano, sem precisar ninguém tirar o tapete”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Deputados se movimentam para encontrar legendas onde sejam menos complicada a reeleição
Primeira reunião no grupo Dino para tratar de sucessão gera expectativa
PT vai reivindicar participação na chapa majoritária do grupo de Flávio Dino, diz Augusto Lobato   
Dino iniciará processo de escolha do candidato do grupo no fim do mês
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz