Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz
Notícias
  • Jorge Vieira
  • 10/abr/2021

Bem avaliado, Edivaldo Holanda Junior pode ser a terceira via em 2022

O ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT), homem de muita fé, tem mostrado respeito à população e evitado falar de política neste momento de crise sanitária onde todas as atenções estão voltadas para o combate à pandemia, mas sem dúvida seu nome vai está presente no tabuleiro da sucessão estadual na hora oportuna para discutir o assunto.

Edivaldo, sem dizer uma única palavra sobre política desde que deixou a Prefeitura, após cumprir dois mandatos, aparece bem avaliado em todas as pesquisas que já publicaram até agora para o governo do estado, é disparado o preferido da população de São Luís e pode até ser o nome a pacificar os ânimos no grupo do governador Flávio Dino.

O vice-governador Carlos Brandão (PSDB) e o senador Weverton Rocha (PDT) travam uma guerra renhida nos bastidores do grupo palaciano, estão sempre em posição de confronto, deixam claro que não abrem mão de ser candidato elevando o clima a uma temperatura muito difícil de ser contornada, apesar do governador já ter anunciado que vai trabalhar pelo consenso.

Se adiantando ao processo, o senador Weverton Rocha vem reunindo apoio de partidos que formam a base de sustentação do governo e diz a seus aliados que não abre mão de ser candidato. Tem a seu favor apoios declarados do PDT, DEM, PSB, Republicanos, Cidadania, PSL e está em conversações com a presidente estadual do PTB, deputada Mical Damasceno.

Fontes do blog observam que o senador estaria sendo precipitado ao não esperar o governador conduzir o processo e buscar o consenso no grupo, até porque o vice-governador Carlos Brandão, que também é pré-candidato e vai está sentado na cadeira de governador a partir de abril de 2022 tem tido outro tipo de comportamento e até considerado inoportuno antecipar a pauta eleitoral em plena crise sanitária.

Com o confronto quase eminente no grupo governista, Edivaldo pode ser o ponto de equilíbrio e evitar um possível racha com resultados imprevisíveis. Mas caso os dois lado não aceitem baixar as armas e forem para a disputa, ainda assim o ex-prefeito possui todas as credenciais para ser candidato a governador, pois já foi testado e aprovado como gestor, é transparente, fez muito por São Luís e poderá fazer muito mais pelo Maranhão.

E partido é o que não falta para Edivaldo concorrer.

  • Jorge Vieira
  • 9/abr/2021

Maranhão recebe nova remessa de vacinas CoronaVac e AstraZeneca

O Governo do Estado recebeu, nesta sexta-feira (9), nova remessa de vacinas contra o coronavírus. São 110.850 doses de imunizantes, sendo 50.600 de CoronaVac e 60.250 de AstraZeneca, enviadas pelo Ministério da Saúde, destinadas à aplicação da segunda dose em 30,7% dos trabalhadores da saúde e 22% da população de 70 a 74 anos, e da primeira dose para idosos com idade de 65 a 69 anos, forças de segurança, salvamento e armadas.

“É importante que continuemos a receber vacinas todas as semanas; este tem sido o nosso pedido junto ao Ministério da Saúde. Estas doses representam esperança de que tão logo retomaremos a vida e as demais atividades com maior segurança a partir da imunização da nossa população”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Com a nova remessa, o Maranhão totaliza 1.344.590 doses recebidas, sendo 373.750 da AstraZeneca e 970.840 doses da CoronaVac. A distribuição das novas doses começa na próxima semana.

Para acelerar o processo de imunização, a chefe do Departamento de Controle e das Doenças Imunopreveníveis da SES, Halice Figueiredo, destacou as estratégias do Governo do Estado. “A gestão tem buscado intensificar a aplicação das doses junto aos públicos preconizados pelo Ministério da Saúde. A mais recente estratégia elaborada, e que já está em execução, foi a contratação de profissionais digitadores, técnicos de enfermagem e enfermeiros para auxiliar os municípios com menos de 50 mil habitantes a alcançarem o percentual de vacinação”, afirmou.

Apoio – Com o intuito de reforçar as campanhas de vacinação nos municípios, o Governo do Estado fez a entrega, também nesta sexta-feira (9), de dois caminhões-baú, além de 15 novos refrigeradores. Os equipamentos foram enviados a 15 municípios e serão utilizados no transporte de vacinas, medicamentos e outros insumos, bem como a refrigeração e conservação dos imunobiológicos.

  • Jorge Vieira
  • 9/abr/2021

Dino diz que centro “está indo para Lula” e que ex-presidente é quem tem mais chances de vencer Bolsonaro

Fórum – O governador Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão, comentou nesta quinta-feira (8), durante entrevista ao Jornal da Fórum, sobre os cenários eleitorais para 2022 após o ex-presidente Lula voltar a ser elegível. Para o governador, o ex-líder sindical já está aglutinando o centro político.

“Eu me preocupo sempre com o centro na sociedade, esse eu acho que já está vindo, progressivamente. O centro partidário eu não sei, mas eu acho que, em larga medida vem. No dia que saiu a decisão sobre a incompetência, vieram 4 prefeitos de PP, DEM, PL, todos lulistas. E não é oportunismo, é admiração mesmo”, disse em entrevista às jornalistas Cynara Menezes e Lara Capriglione, no Jornal da Fórum..

“As pesquisas estão mostrando que o centro da sociedade está vindo e o estamento político em larga medida”, completou.

Dino ainda afirmou que não crê que Lula seja o único capaz de derrotar Bolsonaro em 2022, mas é “quem tem as melhores condições” para isso. O governador, no entanto, destacou a importância de “percorrer um caminho” para virar realidade e não achar que já está ganho.

Sobre uma possível composição de chapa com o ex-presidente, Dino desconversou: “Se essa chapa está no seu coração, ela existe”. O governador destacou que 2022 ainda está distante, em razão das enormes dificuldades geradas pela pandemia de Covid-19.

Ainda assim, ele brincou: “Falei para o Lula não vir ao Maranhão. Ele está em tão grande forma que corre o risco de eu perder meus eleitores pra ele”.

 

  • Jorge Vieira
  • 9/abr/2021

Flávio Dino prorroga medidas restritivas em vigor por mais uma semana

Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (9), o  governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), voltou a fazer ampla avaliação sobre a situação da pandemia no Maranhão e pediu a colaboração de todos no enfrentamento da doença que ainda apresenta índices elevados no Maranhão, pesar de todos os esforços que o governo tem feito. Sobre a medidas de combate a pandemia, Dino decidiu prorrogar as atuais por mais uma semana.

O governador apresentou dados da vacinação no estado, destacando que foram recebidos 1,2 milhão de doses até quinta-feira (8) e qu foram distribuídas cerca de 1,1 milhão de doses, sendo que 656 mil doses foram aplicadas nos municípios.

Conforme dados apresentados Flávio Dino, dos 217 municípios existentes no estado apenas 35 atingiram mais de 70% de doses aplicadas, quantitativo considerado muito pouco.

Dino falou ainda sobre a vacinação na grande São Luís destacando a implantação da drive-thur em  São José de Ribamar e Paço do Lumiar, no Pátio Norte e Imperatriz.

Veja abaixo as medidas anunciadas pelo governador Flávio Dino que estão valendo até o dia 18.

TODO O ESTADO:
– Eventos suspensos
– Administração pública estadual: funcionamento com 50% da capacidade e revezamento entre funcionários
– Grupo de risco afastado no setor público e privado

ILHA DE SÃO LUÍS:
– Comércio e Indústria entre 9h e 21h
– Supermercados, academias e salões: 50% da capacidade
– Igreja: 25%, seguindo determinação do ministro Nunes Marques, do STF

VACINAÇÃO:
– Vacinação contra Influenza (gripe) a partir de 12 de abril
– Apoio à vacinação com 650 profissionais contratados para atuar nos municípios
– Drive-thru de vacinação para moradores de São José de Ribamar e Paço do Lumiar
– Vacinação para profissionais da segurança pública em São Luís, Imperatriz e 18 batalhões
– Ação no STF para que Anvisa autorize importação da vacina Sputnik V

INSCRIÇÕES PARA AUXÍLIOS
– Auxílio Combustível: até 09/04
– Auxílio Turismo: até 12/04
– Auxílio Eventos: até 14/04
– Vale Gás: não é necessária inscrição

SEGURANÇA ALIMENTAR
– Jantar a R$ 1 em todos os restaurantes populares a partir de segunda-feira (12)
– Comida na Mesa: R$ 180 milhões de investimento, com novos restaurantes populares, entrega de cestas básicas, incentivo à agricultura familiar e distribuição de equipamentos.

CIDADE EMPREENDEDORA

– 51 municípios atendidos em parceria com o Sebrae, para incentivar desenvolvimento local

  • Jorge Vieira
  • 9/abr/2021

PSL e mais um partido a confirmar adesão ao projeto Weverton 2022

Conforme havia adiantado o blog do Jorge Vieira nesta quinta-feira, o PSL é mais um partido a aderir à pré-candidatura de Weverton Rocha ao governo do estado em 2022. Toda a costura para ter a legenda, comandada agora pelo deputado federal Pedro Lucas Fernandes, na aliança foi feita junto a direção nacional com a interlocução do senador pedetista.

Ao assumir o comando político do PSL no Maranhão, em solenidade que contou com a presença do presidente da Câmara Federal, Arthur Lira (PP), Pedro Lucas não deixou a menor dúvida que vai defender dentro do grupo do governador Flávio Dino a unidade em torno do senador pedetista. Além do PSL, estão no projeto PDT, DEM, PSB, Republicanos, Cidadania e possivelmente PTB e PP.

Nesta manhã de sexta-feira, em entrevista à TV Mirante, Pedro Lucas foi enfático quanto a sua preferência pela candidatura do senador do PDT; defendeu inclusive que o governador Flávio Dino (PCdoB) construa a unidade do grupo em torno Weverton. Dino, no entanto, já anunciou que sua prioridade agora é o enfrentamento da pandemia.

A presença de Lira na reunião que que entregou o comando do PSL a Pedro Lucas Fernandes deixou aberta uma outra possibilidade: a adesão do Partido Progressista, legenda da base de sustentação do governo estadual e presidido no estado pelo deputado federal André Fufuca, à pré-candidatura do pedetista.

Pela movimentação que se tem observado nos bastidores da sucessão, enquanto o senador Weverton avança junto aos partidos que foram a base de sustentação do governo, seu principal adversário dentro do grupo, vice-governador Carlos Brandão (PSDB) continua esperando o comando do governador.

Brandão, que vai está sentado na principal cadeira do Palácio dos Leões a partir de abril de 2022, estabeleceu como meta principal estar ao lado do governador no combate a pandemia, considera inoportuno tratar agora de eleição, mas  deve se movimentar no momento que achar oportuno em sintonia com Dino, caso decida concorrer à reeleição,

Dino, sem dúvida, é a liderança maior e sendo candidato a senador em qualquer chapa vale mais que um punhado de partidos. Caberá a ele conduzir o processo e trabalhar pela unidade; pode ser que o acertado em Brasília sem seu aval tenha pouco valor na hora de decidir sobre sua sucessão. Mas é fato que haverá pressão.

  • Jorge Vieira
  • 8/abr/2021

Rafael Leitoa defende operação de crédito do governo para desenvolvimento de ações estruturantes

O líder do Governo do Estado na Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Rafael Leitoa (PDT), defendeu, na sessão remota realizada na terça-feira (6), o Projeto de Lei 147/21, que autoriza o Poder Executivo a contratar, junto ao Banco de Brasília (BRB), operação de crédito de até R$ 180 milhões para a execução do ‘Programa Maranhão Forte’, constituído por ações de restauração, pavimentação e construção de rodovias e de ponte.

A matéria aprovada pela maioria, teve os votos contrários dos deputados César Pires (PV) e Wellington do Curso (PSDB).

Na sessão, Leitoa elencou importantes obras que serão atendidas pelo empréstimo, descritas no documento enviado ao Parlamento, e afirmou que é uma operação de crédito para melhorar a vida dos maranhenses.

“Na própria mensagem, o governador Flávio Dino descreve que, além da construção de pontes sobre o Rio Preguiças, executadas em 31 meses, serão promovidas ainda melhorias e pavimentação da MA-211, entre Central do Maranhão e Bequimão; da MA-247, que liga São Luís Gonzaga a Trizidela do Vale; e da MA-006, entre Grajaú e Formosa da Serra Negra”, explicou o parlamentar.

Infraestrutura – O Maranhão Forte é um programa que visa fortalecer a infraestrutura estadual de transportes para promover melhorias logísticas, incentivo ao Turismo e geração de empregos, trazendo benefícios de curto e de longo prazo na economia regional, neste período afetado pelas consequências da pandemia DA Covid-19.

O parlamentar pontuou, ainda, os custos individuais das ações que serão executadas com o empréstimo. “Os 93 Km de pavimentação entre Central e Bequimão estão estimados em R$ 90 milhões; Os 26,6 km da estrada que liga dezenas de municípios a região Central do Maranhão apontam gastos de R$ 39 milhões; a ponte sobre o Rio Preguiças, em torno de 250 metros, está orçada em R$ 20 milhões; e  estão previstos gastos de R$ 31 milhões nos serviços de conservação dos 92 km da MA-006”, esclareceu Leitoa.

Segundo o deputado, as melhorias vão trazer desenvolvimento de imediato para o Maranhão. “Promovendo também o turismo, a qualidade do transporte e da logística, nesse momento difícil de pandemia que nós atravessamos. São obras de extrema importância principalmente para o povo da Baixada. As informações estão bem claras no projeto”, concluiu Leitoa.

  • Jorge Vieira
  • 8/abr/2021

Direção nacional do PSL entrega comando do partido no Maranhão a Pedro Lucas

Clodoaldo Corrêa – Em uma reunião com a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e do senador Weverton (PDT), o dirigente nacional do PSL, Antonio Rueda, sacramentou a entrega do comando do partido no Maranhão ao deputado federal Pedro Lucas.

“É com alegria que comunico que o comando político do PSL no Maranhão está entregue ao deputado Pedro Lucas, com as bênçãos do presidente Arthur Lira”, afirmou Rueda.

“O partido está em boas mãos e eu tenho certeza que vai crescer no estado”, afirmou o senador Weverton.

O encontro aconteceu na residência oficial da Câmara dos Deputados e também tratou dos planos para 2022. “É uma satisfação estar nesse momento em uma articulação com o PSL, pensando no Maranhão e defendendo uma pré-candidatura do senador Weverton ao governo em 2022”, afirmou o deputado Pedro Lucas.

O presidente da Câmara, Arthur Lira, que foi um dos articuladores da aproximação de Pedro Lucas com o PSL, celebrou a conversa e afirmou que a troca de comando é importante para os destinos do partido no estado. Arthur Lira também endossou a pré-candidatura de Weverton ao governo do estado e falou que ele tem apoio para trabalhar pelo estado. “Estamos acompanhando de perto o caminho da escolha que o Maranhão vai fazer em 2022 e essa união de forças que converge em torno de uma candidatura de Weverton”, afirmou.

“O Maranhão tem um senador com apoio como pré-candidato a governador para fazer as transformações que o estado precisa e dar continuidade ao que está dando certo”, finalizou Arthur.

O vice-presidente do PSL destacou a capacidade política de Pedro Lucas e endossou o projeto do grupo para as eleições do próximo ano no estado. “Se tudo der certo em 2022 o Maranhão terá um novo comando e esse estado que é tão abençoado vai ser comandado pelo nosso amigo Weverton”, completou Antonio Rueda.

O pai do deputado, prefeito Pedro Fernandes, e outras lideranças se filiarão imediatamente ao partido. O deputado Pedro Lucas permanece, por enquanto, no PTB, mas assume oficialmente o comando político dos rumos do PSL no estado.

 

1 2 3 2.214

Buscar

Mais Lidas

Dino diz que centro “está indo para Lula” e que ex-presidente é quem tem mais chances de vencer Bolsonaro
PSL e mais um partido a confirmar adesão ao projeto Weverton 2022
Bem avaliado, Edivaldo Holanda Junior pode ser a terceira via em 2022
Novos partidos preparam adesão a pré-candidatura de Weverton
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz