Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Vidigal libera dissidentes do PDT a votar em quem quiser

Ao mesmo
tempo em que agradeceu a confiança dos dissidentes do PDT que lhe indicaram
como pré – candidato à Prefeitura de São Luis, o Ministro Edson Vidigal
declarou – “quanto a mim, estão todos liberados de quaisquer compromissos com
candidaturas nas eleições deste ano”.
O Comitê
de Resistência Democrática Jackson Lago, integrado pelos históricos do PDT e
dissidentes da atual direção provisória, liderados pela viúva do ex –
Governador, a médica Clay Lago, lançou Manifesto após decidir, por maioria
absoluta de votos, por não se alinhar a nenhuma das candidaturas para Prefeito.
(Veja a
integra do Manifesto dos Dissidentes do PDT na Pág….)
MANIFESTO
DO PDT DISSIDENTE
Às companheiras e companheiros pedetistas de S.
Luis!     
O Governador Jackson Lago, nosso líder Maior, nos
deixou um legado de honradez, espírito público e de grande devoção às causas
dos movimentos populares.
O PDT sofre hoje no Maranhão, e especialmente na
Capital – São Luís, deplorável intervenção que só o apequena no atual processo
eleitoral.
Contra a autocracia que se estabeleceu no partido a
nível nacional, desde a morte de Leonel Brizola, e no Maranhão, desde a morte
de Jackson Lago, nos organizamos em Comitê de Resistência, entendendo que num
espaço de democracia interna, ainda que exíguo, poderíamos lutar pela coerência
da legenda com o seu Programa partidário e, assim, nos manter no respeito à
história de lutas e de realizações das administrações do PDT no Maranhão, e
especialmente na Capital – São Luis.
Chegamos a acreditar que uma Resolução da direção
nacional priorizando a candidatura própria a Prefeito nas Capitais fosse para
valer no Maranhão e, por isso, recorremos a um dos nossos melhores quadros,
lançando a pré – candidatura do Ministro Edson Vidigal à consideração da
Convenção Municipal.
Em defesa dos direitos dos filiados elegerem um
Diretório Municipal e deste, por sua vez, convocar a Convenção para a escolha
dos candidatos pela via democrática, batemos inclusive nas portas da Justiça e
fomos batidos por uma decisão de um Juiz que demorou (dez) 10 dias para se
dizer incompetente, remetendo o processo a outro Juiz que afirmando a
competência lhe restituiu o processo e até aí os prazos se esvaíram como éter.
Culpar a pessoas? Não nos interessa e nem vem ao
caso quando, na verdade, é a legislação eleitoral que se mantém incompleta e
possibilitando com os seus vazios que Juízes façam as vezes de legisladores e,
ainda, a Lei dos Partidos que, consagrando a centralização e em desprestigio da
democracia, reduz os partidos a meros cartórios nos quais os dirigentes são
donos absolutos e autocráticos.
No caso do PDT do Maranhão estabeleceu-se a
politicalha do “ou dá ou desce”. Companheiros de muitas lutas foram
subjugados a aceitar os arranjos dos interesses pessoais ou casuísticos da
direção provisória, sob pena de serem destituídos das funções partidárias ou de
não integrarem a lista de candidatos às próximas eleições.
Quando a tese da pré – candidatura própria crescia
nas bases partidárias conquistando a admiração popular, logo a direção
nacional, antes mesmo da Convenção Municipal, se apressou em acolher a vontade
da direção provisória local e, assim, abortar a diretriz que ela própria havia
estabelecido para todas as Capitais como prioritária.
Assim, o totalitarismo da direção do PDT sequer
permitiu que a candidatura própria chegasse à Convenção.
Ainda assim, não nos consideramos derrotados.
Derrotado está sendo o PDT, tendo a sua historia de lutas e realizações
administrativas conspurcada pelos que, por suas atitudes, querem o partido não
como instrumento das causas coletivas, mas dos seus interesses imediatos e
unicamente pessoais.
O Comitê de Resistência Democrática Jackson Lago
denuncia estes fatos à população do Maranhão, e especialmente à população de
São Luis, confiando na Justiça do tempo, a Justiça da História, a qual num
futuro bem próximo, nas eleições de 2014, denunciará ao Povo os novos
vendilhões do templo.
Nossa luta continua! Pela democracia interna no
PDT! Pelo resgate da historia do PDT e dos seus compromissos programáticos com
o trabalhismo, com os direitos sociais dos trabalhadores, dos movimentos
populares, com as lutas pela cidadania, pela segurança cidadã, pela saúde
publica efetiva, pela educação de qualidade!
Enquanto cidadãos e dissidentes da direção
provisória no Estado, nos declaramos, individualmente, liberados para votarmos
nos candidatos que bem entendermos.
Oportunamente, voltaremos a nos reunir para
deliberarmos quanto aos próximos passos do nosso movimento.
São Luis, MA, 03 de Julho de 2012.
COMITE DE RESISTENCIA DEMOCRATICA JACKSON LAGO
    – PARTIDO DEMOCRATICO TRABALHISTA.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Edivaldo Holanda Junior visita lideranças do Baixo Parnaíba
Flávio Dino entrega Sagrima ao PT e se afasta de Josimar de Maranhãozinho
Maranhão perderá R$ 740 milhões por ano com mudança do ICMS sobre combustíveis
Reportagem do UOL destaca Edivaldo Holanda Junior como um dos principais nomes à sucessão estadual no Maranhão em 2022
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz