Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Vereador diz que é ameaçado de morte por grupo de extermínio

Filho
do ex-deputado Edilson Peixoto, assassinado no mês passado, pede garantias de
vida ao secretário Aluísio Mendes

Jornal Pequeno 

O vereador Farys
Miguel – filho do ex-deputado Edilson Peixoto, assassinado a tiros, no dia 25
de julho passado, no município de Dom Pedro – pediu nesta terça-feira (20)
garantias de vida ao secretário de Segurança Pública do Estado, Aluísio Mendes.
Ainda abalado com a morte do pai, o vereador denunciou que está sendo ameaçado
de morte por integrantes de um grupo de extermínio que atua na região dos
Cocais.

Aos 33 anos de idade,
no exercício do quarto mandato de vereador, Farys Miguel garante que está sob a
mira de um grupo de extermínio que, segundo ele, age há mais de 20 anos no
interior do Maranhão.
Ele confessa que está
alarmado e lembra que seu pai, Edilson Peixoto, que foi vereador no município
de Fortuna e Joselândia e deputado estadual na década de 90, foi assassinado às
7h30 da manhã do dia 25 de julho de 2013, com nove tiros de pistola 9 mm. O
crime aconteceu nas proximidades do Farol da Educação do município de Dom
Pedro.
Cinco dias após o
crime, a polícia efetuou a prisão do comerciante Valdete Gomes de Freitas – que
está preso em São Luís -, apontado como o principal mandante do crime praticado
contra o ex-deputado. A polícia descobriu também que Valdete Freitas, que
trabalhava como vendedor de tomate em Dom Pedro, tramou o crime junto com o seu
irmão Toinho Diogo, que está foragido e com prisão preventiva decretada pela
Justiça.
A investigação da
polícia, comandada pelo delegado regional Paulo Franco, desvendou a trama e a
prática do crime. Os executores do assassinato do ex-deputado, segundo a polícia,
foram os pistoleiros Vandim e Galego – este último, segundo levantamentos
policiais, é autor de mais de 30 homicídios, e é tido como homem de confiança
de Valdete e Toinho Diogo.
Da mesma forma que
Toinho Diogo, os pistoleiros Galego e Vandim estão foragidos.  De acordo
com informações da polícia, Valdete Freitas e seu irmão Toinho Diogo são
agenciadores de pistoleiros e são apontados como chefes de um grupo de
extermínio. Este mesmo grupo já foi comandado por dois irmãos de Valdete e
Toinho Diogo. Eram os agenciadores de pistoleiros Leudo Freitas, morto a tiros
no município de Presidente Dutra, e Diogo Freitas, assassinado no município de
Dom Pedro.
Segundo investigações
da Polícia Civil, o grupo de Valdete e seu irmão Toinho Diogo assassinou, no dia
14 de julho passado, o motorista Vicente Neto, cuja esposa, Regivânia,
conhecida como “Maninha”, presenciou o crime e denunciou o assassinato à
polícia.
“Maninha” disse à
polícia que presenciou a trama e o crime que, segundo ela, foi praticado por
Valdete, Toinho Diogo e os pistoleiros Galego e Vandim.
“Foram estes mesmos
homens os autores do crime praticado contra o meu pai”, afirma o vereador Farys
Miguel. Ele conta que, no momento do crime, a esposa do ex-deputado, Clezione
Lopes, estava no carro da vítima (um Celta de cor vinho) e presenciou toda a
cena do crime.
Depois de terem
assassinado Vicente Neto e o ex-deputado Edilson Peixoto, os membros do grupo
do extermínio agora estão ameaçando de morte o vereador Farys Miguel, que está
no exercício do quarto mandato e, abrigado no PCdoB, foi o vereador mais votado
no município, nas eleições de 2012. Logo no primeiro mandato, Farys Miguel foi
presidente da Câmara Municipal de Dom Pedro.
“Quero aproveitar
para destacar o excelente trabalho realizado pelo delegado regional de
Presidente Dutra, Dr. Paulo Franco, e sua equipe. Destaco ainda o importante
papel do Ministério Público e da Justiça, em Dom Pedro. E quero também
ressaltar o excelente trabalho do secretário de Segurança Aluísio Mendes, que
conseguiu em tempo recorde desvendar o assassinato de meu pai e de diversos
outros crimes praticados por este brando, lá na nossa região”, afirmou Farys
Miguel.
Ele frisou ainda que
confia no Poder Judiciário do Maranhão: “Acredito no Tribunal de Justiça do
nosso Estado, formado por homens sérios e honrados, que haverão de julgar este
caso de forma adequada, punindo de forma exemplar os verdadeiros culpados pela
morte de meu pai, Valdete Freitas e seu irmão Toinho Diogo e os pistoleiros
Vandim e Galego”, ressaltou o vereador.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Braide é candidato de Bolsonaro em São Luís, diz UOL
Igor Diniz começa campanha com caminhada em Bequimão
Vítima de Roberto Rocha pode se transformar na pedra do sapato de Braide
Rubens elogia forças de segurança do Maranhão e promete criar Guarda Civil Metropolitana em São Luís
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz