Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Vereador desafia governo Roseana a mostrar um único convênio feito com Prefeitura de São Luís

Vereador Batista diz que governo não faz parceria
e ainda retira R$ 2 milhões mensais de São Luís
O vereador Batista Matos (PPS) contestou nesta segunda-feira (18), em discurso na Câmara Municipal, a posição da Chefe da Casa Civil do Governo, Anna Graziella Costa, sobre as obras do governo em São Luís, que, segundo ela, mostram o compromisso da governadora Roseana Sarney (PMDB) com o município de São Luís. Batista Matos criticou a falta de coerência do governo com a capital, por firmar diversos convênios com vários municípios e não fazer o mesmo com São Luís.
Batista Matos listou diversos convênios do governo com municípios do interior e da grande São Luís e fez um desafio à chefe da Casa Civil. “Ela disse que o governo tem várias parcerias com prefeituras administradas pela oposição. Gostaria que ela citasse uma parceria com São Luís, que é a capital do Estado, cidade com maior número de habitantes e sede do governo inclusive”, cobrou.
Durante o discurso, o vereador foi irônico com o comentário de Anna Graziella de que o governo do Estado não vê bandeira. “De fato, não vê a bandeira de São Luís, capital do Estado, que não tem um único convênio ou projeto que esteja sendo executado em parceria com a prefeitura ou tenha sido discutido pela câmara municipal”, disparou.
Para Batista Matos, duas provas de que a postura do governo é equivocada são as avenidas Ferreira Gullar e a Via Expressa. “A gente pode errar uma vez e aprender. Não é caso desta gestão estadual. Nos primeiros mandatos de Roseana, ela inaugurou a Avenida Ferreira Gullar sem discutir nada com o município. A obra segue até hoje quase que sem nenhum efeito para a mobilidade urbana da cidade. Hoje é a via Expressa, quase 100% concluída, e que também é uma avenida quase vazia, em que o projeto foi aprovado na Assembleia como se fosse uma MA, quando deveria passar pela Câmara”, comentou. 
“Não se discute se o governo está fazendo algo ou não, mas sim a falta de consonância, de respeito à autonomia municipal. Ninguém sabe o que é mais importante para o município do que seus representantes legais, que são a população, os vereadores que lhes representam e o prefeito por ela eleito. O governo não sabe o que é isso, dá uma ideia na telha e começa a fazer, sem discussão alguma”, acrescentou.
DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS
Por fim, Batista Matos também comentou a declaração que a governadora Roseana Sarney deu certa vez de que o prefeito Edivaldo só quer dinheiro. “É complicado uma governadora se posicionar desta forma. São dois pesos e duas medidas claramente. Tem recursos pra todos, menos para São Luís, que na verdade ainda tem é que devolver R$ 2 milhões todo mês ao governo. É obvio que tudo passa pelo fato de o prefeito ser da oposição ao governo”, disse.
O vereador apontou como prova o não atendimento do pedido de audiência com a governadora feito pelo poder municipal de São Luís, desde maio, após o decreto de estado de emergência por causa dos estragos das chuvas. “Se São Luís fosse um paciente na UTI, esperando pelo governo já teria sido declarado o óbito, porque o socorro do governo Roseana não teria chegado. Mas esta situação tem os dias contados e o povo de São Luís, que decidiu por este grupo em 2010, está anotando tudo e dará a devida resposta em breve”, concluiu.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Flávio Dino diz que optou por Carlos Brandão após consulta aos atores políticos do grupo
Brandão não descarta trocar PSDB pelo PSB para ter PT na chapa 
"Pela história do nosso partido decidimos apoiar Carlos Brandão", diz presidente do Cidadania
Pesquisa Escutec: Edivaldo se mantém em segundo na disputa para o governo
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz