Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

TRE-MA deve julgar nesta terça-feira ação de derrotados contra prefeito Domingos Dutra

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral deve julgar nesta terça-feira (27), a Ação de Investigação Judicial Eleitoral em que o MDB, o PRB e a coligação derrotada “Vontade de Todos”, que teve como candidato o ex-presidiário Gilberto Aroso, acusa o prefeito eleito em 2016, Domingos Dutra (PCdoB), de suposto abuso de poder.  Outro processo com o mesmo teor, apresentado pelo ex-prefeito Josemar Sobreiras, já foi julgado  considerado improcedente.

Este segundo processo que o TRE-MA vai julgar na terça-feira chama atenção pelos atores envolvidos na trama para tentar cassar no tapetão o mandato de Dutra. Desta vez os deputados Cleber Verde, Josimar de Maranhão e Edilázio Júnior fizeram uma espécie de aliança macabra para tentar cassar o prefeito. Atua neste caso o advogado Fred Campos, irmão do ex-vereador ficha suja Alderico Campos, representantes do sarneysismo no município.

Segundo comentam nos bastidores da política local, estão querendo usar Domingos Dutra para chegar até o governador com a ajuda de dois supostos aliados do Palácio dos Leões, pois os argumentos usados pela acusação é o mesmo usado pela juíza de Coroatá que tentou tumultuar o processo sucessório estadual ao declarar inelegíveis Flávio Dino e Márcio Jerry: o programa Mais Asfalto desenvolvido em Paço do Lumiar pelo Governo do Estado.

O advogado da causa contra o prefeito é o “corajoso” Fred Campos, aliado incondicionais do deputado federal eleito Edilázio Junior (PV), genro de Nelma Sarney e defensor da oligarquia. A trinca se uniu ao obscuro deputado federal eleito Josemar de Maranhãozinho (PRB) e Cleber Verde (PRB), para tentar influenciar na decisão dos juízes do TRE-MA.

Os autores da ação afirmam que durante a campanha o candidato Dutra cometeu conduta vedada ao veicular abusivamente que teria conseguido asfaltamento para várias ruas de Paço do Lumiar, realizar cadastro e distribuição de títulos de propriedade e vistoriar escolas em companhia de secretários, entre outros argumentos considerado inconsistentes e já rejeitados no processo apresentado pelo ex-prefeito Josemar.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Buscar

Mais Lidas

Profissionais jovens da linha de frente estão fora do calendário de vacinação em São Luís
Yglésio solicita investigação no processo de vacinação em São Luís
MPMA recebe denúncias sobre fura fila da vacinação da Covid-19
Ex-prefeito Edivaldo continua se movimentando de olho em 2022
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz