Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Tabuleiro da sucessão começa se movimentar entre os pré-candidatos governistas

Com uma pré-campanha discreta e sem chamar muita atenção, o ex-juiz federal Carlos Madeira surpreendeu no final de semana ao receber o apoio do bem avaliado secretário de Segurança do Estado, Jefferson Portela, que é filiado ao PCdoB. O anúncio não chegou a causar espanto pelo fato do pré-candidato pertencer ao partido Solidariedade, uma das legendas do arco da aliança que dá sustentação política ao Governo Flávio Dino (PCdoB).

Embora o PCdoB já tenha lançado oficialmente a pré-candidatura do deputado federal e ex-secretário de Cidades, Rubens Júnior, o gesto de Portela pode ser considerado natural, até porque a deputada estadual Helena Dualibe, que é filiada ao Solidariedade é entusiasta da candidatura Rubens Júnior, ou seja, nada muda na relação com seus partidos de origem, até porque Madeira se considera um político de esquerda e apoia a gestão Flávio Dino.

Mas é fato que Madeira ganha um substancial reforço e sai praticamente do anonimato em que ficou durante este período de pandemia para mostrar capacidade de articulação e forças para se colocar, de fato, na disputa pela Prefeitura de São Luís. Portela comanda uma das pastas mais importantes do Governo e até já teve nome cotado para ser candidato por conta da boa avaliação que possui junto a população.

Entre os vários pré-candidatos alinhados com o Palácio dos Leões, já faltando menos de um mês para a realização das convenções Rubens Júnior, Neto Evangelista (DEM)  e Madeira foram o único deste campo político que movimentaram os bastidores. Rubens Jr. no início do ano quando recebeu o apoio do PP do deputado André Fufuca, depois a Democracia Cristã aderiu  agora o PMB (Partido da Mulher Brasileira) também declarou apoio.  Já Neto consolidou a aliança com o PDT e agora Madeira recebendo a adesão de Portela.

O deputado federal e pré-candidato Bira do Pindaré também se movimenta nos bastidores em busca de apoio, mas até o momento ainda não viu prosperar seus contatos com o PT e PSOL em busca de aliança. O encontro do PT que poderá liberar sobre aliança, que seria realizado sábado (20), foi adiado para 4 e 5 de julho. Já o deputado Duarte Júnior, embora pertença ao partido do vice-governador Carlos Brandão ainda não anunciou nenhum reforço de peso.

O jogo, no entanto, está apenas começando, mas deve endurecer na reta final das convenções partidárias, que deverão acontecer no período de 20 de julho a 5 de agosto.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Edivaldo reúne com PSD para traçar estratégia da pré-campanha
Eleições 2022: PT lança hoje em São Bento "Caravana Lula Livre, Brasil Livre"
Rubens Jr destaca mudanças na Câmara Federal com novo Regimento Interno
Programa Dívida Zero chega ao Pátio Norte Shopping nesta segunda-feira (20)
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz