Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Sucessão entra na ordem do dia e candidatos articulam alianças

Com uma administração séria e transparente, Edivaldo caminha para a reeleição

Com uma administração séria e transparente, Edivaldo caminha para a reeleição

Os principais candidatos às eleições de outubro próximo, cumprindo o que prometeram antes do Carnaval, começaram as articulações visando a composição de alianças com vistas as eleições de outubro própximo. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior, candidato a reeleição e que tem como principais pontos de apoio o PDT e o PCdoB, legenda que estão no comando dos palácios dos Leões e La Ravardiere, buscar ampliar a coligação com outros pequenos partidos que formam a base de sustentação do Governo Flávio Dino.

Edivaldo, após três anos cuidando apenas da parte administrativa, passou a tratar de eleição semana passada quando recebeu na sede ao PDT lideranças e pré-candidatos do partido a um mandato na Câmara Municipal e deverá intensificar os contatos PTB, PTC, PSL, entre outros, visando ampliar a coligação, mas parte na frente, pois tem garantido a presença da experiente e entusiasta militância pedetista em sua campanha de rua.

Edivaldo, por tudo que fez e continua fazendo pela cidade caminha a passos largos para renovar o mandato e dar continuidade ao trabalho de recuperação da cidade. Sua gestão tem sido tão eficiente e transparente que sua principal adversária, a deputada Eliziane Gama, sem ter o que criticar, precisou mentir e inventar uma suposta greve de ônibus na esperança de atingir sua imagem.

Eliziane Gama vem reunido em torno de si o que existe de pior na política do Maranhão, inclusive o presidente do Partido Progressistas, deputado Waldir Maranhão, acusado na operação Laja Jato de receber propina do esquema que quebrou a Petrobras, braço direito do enrolado Eduardo Cunha, e escolheu para ser o seu articulador José Reinaldo Tavares, o mesmo que vive fazendo apelo para voltar aos braços de Sarney, mas não recebe o perdão do ex-chefe.

E para completar, a deputada se aproximou o senador Roberto Rocha, um político sem escrúpulos, sem ideologia, arrogante e cheio de vaidade, traidor da oposição e que já está em campanha para o Governo do Estado, mesmo tendo sido eleito na carona de Flávio Dino, jurando amor eterno ao governador, que está mostrando a ele o verdadeiro significado da mudança pregado durante a campanha que varreu do comando do Maranhão o grupo Sarney.

Político tradicional, patrimonialista como o pai foi, Roberto Rocha só pensa em chegar ao governo a qualquer custo, mesmo não tendo estatura para o cargo, e sabe que com Edivaldo no comando da prefeitura e Flávio Dino no Governo do Estado não terá a mínima chance; já não seria competitivo de fosse um poste o adversário, ainda mais sendo Dino candidato a reeleição. O senador costuma afirmar que “time que não joga não faz torcida”, o que significa dizer, no caso dele, que vai se lançar agora para tentar se viabilizar em 2022. Se a estratégia é correta, só tempo dirá.

Rocha tenta atrapalhar a candidatura de Bira do Pindaré para tentar emplacar o filho Roberto Júnior com vice de Eliziane, mas existe uma determinação da executiva nacional de lançar candidato próprio em São Luís. Como será a direção nacional que decidirá sobre a candidatura, Bira passa a ter alguma chance. Será o candidato natural do PSB, caso o senador desista da pré-candidatura.

João Castelo, que insiste em dizer que é candidato, não consegue convencer nem os tucanos que lhe ofereceram a legenda. Sem base para sustentar sua candidatura no diretório municipal do PSDB, busca apoio da direção nacional e tem o compromisso de que será ele o candidato, mas até hoje não fez qualquer movimento fora do ninho dos tucanos e sua candidatura continua sendo uma incógnita.

Com Castelo sem convicção, o PSDB já olha para Neto Evangelista e o tem como opção no jogo sucessório. O parlamentar, que vinha reclamando nos bastidores da falta de condições para disputar uma eleição majoritária, reavalia e pode ser a alternativa dos tucanos, caso seja confirmada a desistência de Castelo.

Rose Sales, por enquanto só tem garantido mesmo a legenda do PV para entrar na disputa. Após ser traída por Waldir Maranhão, que a convidou a ingressar no PP para ser candidata e, em seguida declarou apoio a Eliziane Gama, a vereadora (ex-PCdoB) tenta se reerguer com a banda do grupo Sarney não militante do PMDB, mas almeja o apoio dos peemdebistas que ainda não decidiram se lançam candidatura própria ou coligam.

Entre os nanicos, PSTU, PCB e PSOL, tentam desde o ano passado tentam chegar a um acordo que possibilite as três legendas apresentarem candidato único. As discussões avançaram, mas ainda não existe uma posição oficial, o que deverá ocorrer em breve, pois o clima é de união. Já João Bentivi, sozinho com o PRTB, certamente não terá a menor chance, devendo aproveitar a exposição durante a campanha na TV para promoção pessoal.

Por enquanto o quadro de pré-candidatos é esse, mas é provável que deva aparecer mais algum desconhecido. Caso Castelo não seja candidato, tudo indica que a eleição será praticamente um plebiscito entre o prefeito Edivaldo e Eliziane, com todas as chances do prefeito ter uma reeleição tranquila.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Bastidores fervilham com a proximação da definção de Dino sobre o candidato do grupo
"Tenho convicção que  Edivaldo estará no segundo turno e será vitorioso", diz César Pires
Morre o jornalista Cunha Santos, aos 69 anos
Santa Inês sediará 5ª edição  do ‘Assembleia em Ação’ nesta sexta-feira
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz