3 de julho de 2017

Redação: (98) 98205-4499

03/07/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Sem perspectiva para 2018, sarneistas torcem por Temer

Políticos ligados a família Sarney  já admitem nos bastidores que uma possível cassação do presidente Michel Temer (PMDB) jogará por terra qualquer chances de um nome ligado ao grupo obter sucesso na eleição para governador do Estado em 2018. Segundo um parlamentar, que pediu para não ser identificado, os sarneisistas creditam que com Temer no comando da Nação as perspectivas de retorno ao Governo do Maranhão são bastante precárias, sem ele, nenhuma.

O grupo Sarney, que tem a ex-governadora Roseana (PMDB) sua principal representante na política estadual, é rejeitada, segundo as duas últimas pesquisas realizadas pelos Institutos Exata e Ecutec, por  quase 50% da população, enquanto as demais lideranças, tipo João Alberto e Edison Lobão são simplesmente ignorados e já estão em franco processo de aposentadoria.

João Alberto já anunciou o desejo de não disputar a reeleição, assim como informou que seu projeto para 2018 é lutar pela reeleição do filho deputado João Marcelo. O senador, inclusive, já manifestou apoio à candidatura do ministro Sarney Filho (PV) ao Senado, e é visto com alternativa do grupo ao governo, caso Roseana desista da disputa.

Já o senador Edison Lobão, enrolado até o pescoço na Operação Lava Jato, acusado de receber propina do esquema que sangrou a Petrobras e outras estatais ligadas ao Ministério das Minas e Energia deve lançar o filho Edinho Lobão (PMDB) candidato ao Senado e iniciar sua aposentadoria após longos anos de desserviço ao Maranhão e ao país. Lobão foi citado por quase todos os delatores como beneficiário de propina.

Se com Michel todo complicado na presidência, por conta das denúncias de corrupção e obstrução de Justiça, as chances do grupo Sarney voltar ao comando do Estado são praticamente zero, sem ele Roseana, que já morre de medo de levar outra surra dos eleitores nas urnas, ai mesmo que irá se esconder.

Diante do quadro totalmente desfavorável, os sarneistas, que estão em abstinência do poder desde que foram varridos do Palácio dos Leões  pela população em 2014, torcem para que a espada da Justiça não decepe a cabeça do presidente golpista, corrupto como eles, ainda que esteja com a moral enfiada na lama.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina