2 de junho de 2017

Redação: (98) 98205-4499

02/06/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Lançamento de pré-candidatura se transforma em reunião de apoiadores de Sarney Filho

O que deveria ser o lançamento da pré-candidatura do ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), ao Senado, conforme foi anunciado ao longo da semana, acabou se transformando apenas num encontro de apoiadores, ao mesmo tempo em que revelou a falta de sintonia do que restou do grupo Sarney. O senador Edison Lobão (PMDB) não compareceu e nem mandou representante.

A governadora Roseana Sarney  abdicou da condição de pré-candidata ao Senado, mas disse que ainda não decidiu se será candidata ao governo. Nos menos de 20 minutos que passou no local do evento, a ex-governadora, ao fazer uso da palavra, externou seu apoio ao irmão,  mas não revelou o que pretende fazer nas eleições de 2018.

O fato é  que o que era para ser o lançamento do ministro, acabou sendo rebatizado de encontro dos apoiadores de Sarney Filho, ao mesmo tempo em passou que nem ele está seguro que terá o apoio do grupo. Em entrevista aos jornalistas, por exemplo, disse:“me coloco totalmente à disposição a disputa ao Senado”.

Presente ao encontro, o senador João Alberto não descartou disputar a reeleição, dando a entender que a queda de braço na oligarquia continua. Alberto disse apenas ser uma possibilidade deixar de disputar a reeleição para ser o candidato ao Governo. Deixou claro, porém, tratar-se apenas de uma possibilidade.

O não comparecimento do senador Edison Lobão, que já anunciou que vai disputar a reeleição, também foi outro indicativo de que Sarney Filho, se não abrir o olho, mais uma vez poderá ser preterido em sua pretensão de disputar uma eleição majoritária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina