Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Roberto Rocha põe ponto final na pré-candidatura de Wellington pelo PSDB

Continua repercutindo nos bastidores da sucessão municipal a deselegância do presidente estadual do PSDB, senador Roberto Rocha de por fim à esperança do deputado estadual Wellington do Curso em disputar a Prefeitura de São Luís pelo partido, mesmo ele figurando bem nas pesquisas já realizada até agora, e ainda deixar explicito que não pretende liberar sua saída para que possa tentar se viabilizar por outra legenda.

Apesar do bom desempenho nas sondagens sobre a opinião dos eleitores em relação aos pré-candidatos, Wellington vem sendo jogado para escanteio e isso ficou claro na entrevista que o senador concedeu ao jornal o Estado do Maranhão quando defendeu a candidatura de Eduardo Braide e ainda justificou. Para Rocha WC atrapalha o aliado do Podemos de vencer no primeiro turno.

“É importante saber que pertencemos a um grupo político de oposição ao governo do estado. Neste aspecto, é perceptível a estratégia de Flávio Dino em lançar vários candidatos e forçar um segundo turno na tentativa de impedir uma vitória de Eduardo Braide no primeiro turno. E segundo turno em São Luís contra duas máquinas, estado e prefeitura, é complicado. Dessa forma, o olhar político pode transcender as necessidades partidárias”, afirmou.

Pelas declarações do dirigente dos tucanos, WC pode ser considerado fora do páreo. Isto porque, se interpretado ao pé da letra, Rocha deixou claro que uma candidatura de Wellington, ainda que seja por outro partido, poderá prejudicar a candidatura de Eduardo Braide e eliminar as chances da eleição ser decidida logo no primeiro turno, ou seja, Rocha, além de não lhe conceder a legenda ainda avisou nas estrelinhas que não pretende autorizar sua saída.

Por trás da articulação para o PSDB compor a aliança com Braide estaria a vice para o filho do senador, o ex-vereador Roberto Rocha Junior. Em 2016, Roberto Rocha tentou emplacar o Júnior como vice de Edivaldo Holanda, mas não conseguiu e rompeu com o grupo que lhe deu um mandato no Senado. Agora estaria impondo, em troca do apoio ao representante do Podemos, a vaga para o filho e tudo indica que Braide assumiu o compromisso.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Conversas não avançam e unidade do grupo governista está cada vez mais distante
Com apoio de 17 vereadores Paulo Victor é favorito na eleição para presidência da Câmara
Carlos Brandão diz que governo está atento ao crescimento dos casos de Covid-19 no Estado
Artigo do governador – São Luís: a capital de todos os maranhenses
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz