Cutrim chama equipe técnica do governo de incompetente – Jorge Vieira

10 de novembro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

10/11/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

Cutrim chama equipe técnica do governo de incompetente

O deputado Raimundo Cutrim criticou severamente a equipe técnica do governo Roseana Sarney, encarregada da elaboração dos projetos encaminhados ao Poder Legislativo para deliberação.
Conforme o parlamentar, ex-secretário de Segurança do Estado, o Projeto de Lei n.º 279/2011, a ser votado, acrescenta inciso X do artigo 36, da Lei n.º 6.513, de 30 de novembro de 2005, que dispõe sobre o Estatuto dos Policiais Militares do Estado do Maranhão, está cheio de erros. “Primeiro, fica acrescentado o inciso X do Art. 1º e Art. 36, minha gente, só tem até o Art. 6º”, observou.
Cutrim chamou a atenção para o que diz o Inciso 10, que cria a Diretoria de Segurança Nacional do Tribunal de Justiça do Maranhão. “Isso é um crime que vamos fazer contra o Sistema de Segurança Pública do Maranhão” alertou.
“Hoje, nós já temos 21 policiais militares à disposição do TJ. Com a criação desta Diretoria, aí nós não vamos saber quantos vão, podem ir até 30, 100, 200, 500 policiais militares. Então, é uma brecha criminosa que estão querendo criar para o Tribunal de Justiça, que com o chamamento dos aposentados, criam um quadro de ativo dentro do Tribunal de Justiça, ou seja, outra Polícia Militar”, condenou.
Cobrança – O Poder Judiciário também recebeu críticas por conta do comportamento em relação a prefeita corrupta de Paço do Lumiar, Bia Venâncio. O  caos instalado na administração do município levou o líder do governo, deputado Manoel Ribeiro (PTB), cobrar do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Jamil Gedeon, providências em relação a prefeita, que se mantém no cargo por conta de uma liminar.
Segundo o líder do governo, a justiça, que tem a obrigação de resolver a situação do município, está postergando o julgamento do mérito do processo que pede a cassação de Bia Venâncio por improbidade administrativa e fraude eleitoral
“A justiça está cozinhando o processo no banho maria e não resolve o problema. A corrupção está a vista de todos e a justiça está fazendo vista grossa. Dr. Jamil, V.Exa. está com a palavra”, provocou Manoel Ribeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina