Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Projeto de Bira coloca Negro Cosme no Livro de Heróis e Heroínas da Pátria

A Comissão de Cultura da Câmara Federal aprovou o Projeto de Lei 5.654/2020, de autoria do deputado Bira do Pindaré (PSB/MA), que inclui Cosme Bento das Chagas, o Negro Cosme, no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. “Esse projeto possui uma força simbólica e expressiva. Negro Cosme liderou a revolta mais importante da história do Maranhão”, disse em referência a liderança do homenageado.

De acordo com Bira, que é também presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa das Comunidades Quilombolas, Negro Cosme é para os maranhenses uma figura tão representativa quanto Zumbi dos Palmares. “Uma pessoa que foi escravizada e tomou a iniciativa de liderar a libertação do povo negro naquela época. A trajetória dele é similar a de Zumbi, até pela forma em que ele [Negro Cosme] foi morto”, complementa o parlamentar.

A relatora do Projeto, deputada Lídice da Mata (PSB/BA), frisou que a aprovação do texto é o reconhecimento da participação dos negros na história do Brasil e em sua libertação. “Estamos falando de um homem de grande capacidade de liderança, coragem e visão de futuro. Ele foi um símbolo da luta contra a escravidão”, completou.

No mesmo sentido, a deputada Benedita da Silva (PT/RJ), sublinhou que a inclusão valoriza a figura de Negro Cosme e traz esperança para que outros nomes importantes sejam lembrados da mesma forma. Lembrou que o homenageado liderou mais de 3 mil escravos em uma luta de resistência importante da história nacional. “Ele [Negro Cosme] é um líder reconhecido por todos os pesquisadores, historiadores, intelectuais da negritude e conhecedores do mundo negro”, ressaltou.

“Muitas vezes, heróis quilombolas que lutaram contra o escravagismo são esquecidos. Quando tomamos a decisão de inscrever esses nomes no livro dos heróis, isso tem um reflexo muito grande no entendimento e na compreensão do que foi o nosso passado”, concluiu Bira

Negro Cosme e a Luta por liberdade – Cosme Bento das Chagas nasceu livre, foi alfabetizado ainda na infância e realizou trabalhos braçais na adolescência. Em 22 de setembro de 1830, foi preso e acusado de assassinar Francisco Raimundo Ribeiro, em Itapecuru-Mirim. Em seguida, foi enviado à capital São Luís.

Negro Cosme fugiu da prisão em 1° de maio de 1833, depois de liderar um levante de presos. Ficou foragido até 1838, quando foi capturado em Codó. Durante o período, se escondeu em vários quilombos da região de Itapecuru-Mirim, até ser detido novamente.

Quando a revolução da Balaiada começou, em dezembro de 1838, ele estava preso na capital. Para integrar a revolta, escapou mais uma vez da prisão, em outubro de 1839. Em novembro do mesmo ano já corria a notícia de que ele liderava os escravos de várias fazendas às margens do Rio Itapecuru.

No final de 1839, Negro Cosme já era conhecido como Imperador da Liberdade por simbolizar a luta e resistência contra o regime escravocrata. Entre fevereiro e setembro de 1840, todos os rebelados negros já haviam sido derrotados, exceto os homens sob o comando de Cosme. Na Balaiada, a insurreição chegou ao fim somente quando as tropas legais capturaram o líder negro. A captura ocorreu depois de uma batalha violenta realizada em Calabouço, no município de Mearim, em 7 de fevereiro de 1841.

Preso, seu processo foi aberto em março de 1841 e somente em 5 de abril de 1842 o julgamento foi realizado. Negro Cosme foi condenado à forca por liderar no Maranhão uma das mais temidas insurreições do povo negro já ocorridas no Brasil. À frente dos quilombolas, lutava pelo fim do regime escravocrata, junto com outros líderes, como o índio Matroá, o vaqueiro Raimundo Gomes e de Manoel Ferreira dos Anjos: o Balaio.

O líder negro foi enforcado em Itapicuru-Mirim em 20 de setembro de 1842, transformando-se em símbolo da luta contra escravidão.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Com Flávio Dino, PSB passa a viver um novo momento no estado e no país, diz Bira
PSB deve passar para o comando de Flávio Dino no Maranhão
MPMA denuncia deputado federal Júnior Lourenço por fraude em licitação, peculato e formação de quadrilha
Secretários de saúde são convidados a prestarem esclarecimentos sobre distribuição de vacinas na Assembleia Legislativa
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz