Presidente da Assembleia pede agilidade na duplicação da BR-135 – Jorge Vieira

24 de outubro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

24/10/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

Presidente da Assembleia pede agilidade na duplicação da BR-135

Waldemar Têrr / Agência Assembleia

 
O presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo (PMDB), destacou, na sessão desta segunda-feira (24), a reunião que o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, manteve em São Luís, nesta segunda pela manhã, com deputados estaduais e federais maranhenses, os senadores Edison Lobão Filho (PMDB) e João Alberto (PMDB) e com a governadora Roseana Sarney (PMDB), para tratar da suspensão da licitação das obras de duplicação da BR-135. Arnaldo, que participou do encontro, disse que o ministro prometeu iniciar as obras na BR tão logo após o término do inverno e anunciou assinatura de convênio para duplicar também trecho que vai do Porto do Itaqui até a BR-135.
 
O presidente da Assembleia afirmou que o encontro foi muito importante para que o ministro e auxiliares explicassem os motivos que levaram à suspensão da licitação. Arnaldo Melo disse que prestou informação da tribuna em resposta aos colegas deputados e pelo trabalho que a Mesa Diretora fez há alguns dias, indo diretamente ao Ministério dos Transportes tratar da questão da duplicação da BR-135.
 
Arnaldo Melo lembrou que já tinha feito referência à visita e que nele os deputados não tiveram a resposta necessária e imediata da parte do ministro e que voltou a cobrar do Ministério dos Transportes uma resposta convincente sobre esse problema, mas que ministro juntamente com o diretor do Dnit nacional trouxeram as justificativas necessárias. O presidente da Assembleia contou que vários deputados pronunciaram-se no novo encontro com o ministro, que classificou como “uma manhã de trabalho muito positiva”.
 
NOVA OBRA
 
Arnaldo Melo explicou que após a reunião conjunta com o ministro participou de outra reunião com a governadora do Estado, quando ela solicitou do ministro e do Dnit, a duplicação do trecho, do novo trevo do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram) que sai para a BR-135 rumo a Pedrinhas até a Barragem do Bacanga. O trecho, segundo o presidente da Assembleia, está intrafegável. “É a região talvez mais trafegada da Ilha em termos industriais, porque ali está implantado e crescendo muito o nosso setor industrial, além do Porto do Itaqui”, assegurou.
 
O presidente da Assembleia contou que o ministro autorizou o chefe do Dnit nacional que fizesse uma parceria, assinando convênio com o Governo do Estado para que o trecho seja duplicado e a segunda parte da BR seja recuperada totalmente até a Barragem da Bacanga.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina