22 de junho de 2017

Redação: (98) 98205-4499

22/06/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Pesquisas revelam fragilidade da candidatura de Roberto Rocha

Eleito pelas mão de Flávio Dino, senador Roberto Rocha tem desempenho pífio junto ao eleitorado

Eleito com a providencial ajuda do governador Flávio Dino (PCdoB), o senador Roberto Rocha (PSB) precisa melhorar muito sua performance junto ao eleitorado se quiser ser candidato ao Governo do Estado nas eleições de 2018. Rocha que desistiu da candidatura em 2002 quando tinha apenas 4% de intenção de voto, não consegue superar sequer o inexpressivo Eduardo Braide (PMN), um parlamentar neófito acusado de um suposto envolvimento com “Máfia de Anajatuba”, organização criminosa que segundo a Polícia Federal desviava recursos da merenda escolar do município.

O pífio desempenho do senador “Asa de Avião”, famoso por ter traído a oposição e se reaproximado da oligarquia Sarney, o seu grupo origem, revela apenas o que todos comentavam após a sua eleição em 2014: Não fosse o empenho pessoal de Flávio Dino, o senador eleito seria Gastão Vieira (PROS). Roberto ganhou um mandato de graça, mas ainda assim logo revelou sua falta de caráter e passou a trabalhar contra o governador que o elegeu.

Roberto Rocha está com sua candidatura lançado ao governo desde que o TRE-MA lhe entregou o diploma de senador, mas não consegue se firmar como pré-candidato por falta de confiança da população, que o conhece e sabe perfeitamente das suas reais intenções de colocar em prática suas ambições pessoais em detrimento da população.

Até na pesquisa do Escutec, empresa ligada à família Sarney, Roberto Rocha possui desempenho abaixo da crítica, ao mesmo tempo em que mostra a sua falta da capilaridade eleitoral. As duas pesquisas que foram apresentadas, embora contestadas, deixam bem claro que Rocha não passa de um jabuti e jabuti trepado, segundo o velho dito popular, “foi enchente ou mão de gente”. No Caso de Rocha foram as mãos de Edivaldo Holanda Júnior e Flávio Dino. O primeiro lançou seu nome ao Senado e o segundo pediu aos eleitores que votasse nele, ainda que fechando o nariz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina