Jorge Vieira

5 de outubro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

05/10/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

(No Title)

Filiações: Perdas e ganhos do PT
Ao avaliar o novo quadro de filiados do Partido dos Trabalhadores, o deputado Bira do Pindaré chegou a conclusão que “foi menos ruim do nós pensávamos”.
O parlamentar explicou que havia o temor de que figurões da política local aderissem ao PT apenas por uma questão eleitoral, o que acabou não acontecendo.
Como o prazo para filiações termina amanhã e a executiva do partido já deliberou sobre os pedidos, os petistas consideram como baixa apenas a desfiliação de Carlos Hermes, filho do ex-prefeito de Viana, Dr. Messias.    
PSD nasce robusto no Estado
Presidido pela deputada federal Nice Lobão, o PSD no Maranhão está nascendo robusto e, segundo um dos deputados que migrou para a sigla, será mais um partido a serviço do governo Roseana Sarney.
Pela composição do quadro partidário, surgido com a aproximação do fim do prazo para filiações, o PSD maranhense emerge com uma bancada formada pelos deputados estaduais Tatá Milhomem, Raimundo Cutrim, Dr. Pádua e Camilo Figueiredo.
O partido nasce, também, enraizado no governo, pois passa a contar a gora com os secretários Cláudio Trinchão (Fazenda), Chico Gomes (Desenvolvimento Social) e Cláudio Azevedo (Agricultura).
Existe ainda a perspectiva de filiar o secretário de Meio Ambiente, Vitor Mendes, que está em litígio com o PV, e os deputados Hélio Soares e Alexandre Almeida, em vias de deixar o PP e PT do B, respectivamente.
Corregedor promete atuar, agir e fiscalizar
O novo Corregedor-Geral de Justiça, CLeones Cunha, atendendo solicitação da imprensa, acabou se manifestando sobre o polêmico processo em que a Associação dos Magistrados do Brasil questiona os poderes do CNJ investigar e punir juízes corruptos.  
Segundo o desembargador, a Corregedoria vai atuar, corrigir e fiscalizar. “Independente da decisão do STF, eu vou cumprir minha obrigação”, adiantou.
PDT sob nova direção em Imperatriz
O deputado Carlos Amorim assumiu o comando do PDT de Imperatriz e, ao que tudo indica, será mais uma alternativa ao eleitorado da segunda maior cidade do Estado, na sucessão de 2012.
Amorim vem sendo incentivado por um grupo de políticos da região a candidatar-se a prefeito de Imperatriz, mas adianta que sua principal preocupação, no momento, é prepará a legenda para a eleição.
Parlamentar com forte densidade eleitoral na região tocantina, o novo presidente do PDT era considerado aliado incondicional do prefeito Sebastião Madeira, mas as posições de subserviência do chefe do chefe do Executivo municipal em relação ao governo, o levaram a tomar rumo diferente. 
Se depender da vontade dos pedetistas de Imperatriz, Carlos Amorim será o candidato do PDT com o apoio dos partidos que fazem oposição à administração tucana do prefeito Madeira. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina