Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Na reta final das convenções partidárias, candidatos ainda procuram vice

Passado o feriadão de sete de setembro emendado com o aniversário de São Luís, onde todos os candidatos externaram suas paixões pela cidade, as atenções se voltam agora para a composição das chapas de quatro dos principais postulantes à sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior: Eduardo Braide (Podemos), Rubens Júnior (PCdoB), Neto Evangelista (DEM) e Bira do Pindaré (PSB).

Dos onze representantes partidários envolvidos na disputa os quatro parlamentares são os únicos que ainda não definiram companheiro de chapa faltando apenas sete dias para encerrar o prazo para a realização das convenções que homologarão as candidaturas. Dos que ainda não indicaram os vice, o candidatos do PSB parece ser o único sem problema interno, pois como não conseguiu coligar é obrigado a se virar com um nome do próprio partido.

Rubens Júnior tem o PT de São Luís fechado com a indicação do vereador Honorato Fernandes como vice de sua chapa, aguarda apenas as direções nacionais dos PCdoB e PT acertarem algumas composições em outros estados onde o partido de Lula deseja contar com o apoio dos comunistas para liberar a aliança em São Luís. Na capital maranhense existe o desejo dos dois partidos caminharem juntos e tudo indica que a oficialização da coligação é só uma questão de tempo.

Como a convenção que oficializará a candidatura de Rubens Júnior acontece no próximo domingo (13), no Ginásio Costa Rodrigues, com transmissão pela internet por conta da pandemia, caso até lá o PT já terá realizado seu encontro municipal e confirmado a indicação de Honorato como vice de Rubens. O encontro do PT que definirá sob re aliança com o PCdoB  está marcado para acontecer na próxima sexta-feira (11).

Como tudo caminha para as duas legendas confirmarem a aliança, Rubens Júnior será o candidato da maior aliança, pois reunirá em seu palanque seis legendas, o que vai lhe garantir o segundo maior tempo de televisão para o desenvolvimento de sua campanha. Já existe consenso entre os dirigentes das demais siglas (PCdoB, PP, Cidadania, PC, PMB) de que a vice é do PT.

O deputado Eduardo Braide, que vai disputar o pleito coligado com Podemos, PSD, PDC, PSDB, PMN, tentou compor a chapa com um representante dos tucanos e ofereceu a vaga para o deputado Wellington do Curso, até então pré-candidato do PSDB, porém a articulação não vingou, gerou uma enorme confusão após a direção do PSDB retirar a pré-candidatura de WC e a questão voltou à estaca zero. Agora o senador Roberto Rocha pressiona a favor do filho Roberto Rocha Júnior.

Candidato da coligação DEM, PDT, PTB, MDB, PSL, Neto Evangelista continua tentando apaziguar os ânimos entre alguns dos dirigentes de legendas que integram a aliança. O PSL, que já havia garantido a vaga de vice na chapa de Duarte Júnior (Republicanos) e foi orientado pela direção nacional a compor com o DEM reivindica o posto, mas o PDT também se acha no direito de indicar por ter sido o seu presidente, o senador Weverton Rocha, o principal articulador da coligação.

Nesta coligação, o MDB, que a princípio havia colocado como condição para compor a indicação do vice, se contentou em apresentar algumas de suas propostas para o programa de governo do candidato. O PTB por sua vez, em nenhum momento demonstrou publicamente interesse e indicar o vice de Neto. A disputa interna ocorre entre PDT e PSL, mas a tendência é os pedetistas saírem vitoriosos na queda de braço com Chico Carvalho.

 

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Edivaldo reúne com PSD para traçar estratégia da pré-campanha
Eleições 2022: PT lança hoje em São Bento "Caravana Lula Livre, Brasil Livre"
Rubens Jr destaca mudanças na Câmara Federal com novo Regimento Interno
Programa Dívida Zero chega ao Pátio Norte Shopping nesta segunda-feira (20)
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz