Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Marcelo diz que o Maranhão vive guerra civil

O deputado Marcelo Tavares (PSB), num duro
pronunciamento, na manhã desta quinta-feira (11), acusou a governadora Roseana
Sarney de ter transformado o estado num campo de guerra.

Conforme avaliou o parlamentar, “o Maranhão vive
uma guerra civil e a governadora não paga as dívidas, deixando os débitos
“espetados” para o futuro governador”.

O pronunciamento de Tavares foi a resposta às
colocações do deputado governista Magno Bacelar (PV), de que a oposição seria
responsável pelas mazelas do Estado e por críticas à administração de São Luís.

O deputado socialista lembrou a Magno Bacelar que a
oligarquia Sarney não tem moral para cobrar nada da oposição e muito menos da
administração de Edivaldo Holanda Junior (PTC).  

Para clarear a memória do vice-líder de Roseana,
Marcelo apresentou os índices recordes de homicídios no Maranhão e denunciou que
o próprio sistema penitenciário está contribuindo para crescimento das mortes,
como ocorreu, na segunda-feira (8), quando cinco internos foram assassinados.

“Eram bandidos, mas da maneira como o governo do
Maranhão trata o sistema penitenciário ele será unicamente um alavancador da
violência no Estado; não é assim que se resolve o problema da violência”,
frisou.

Marcelo Tavares afirmou também que para a família
Sarney o poder tem que durar para sempre no Maranhão e no Brasil, enquanto
deveria ser efêmero. O parlamentar socialista garantiu que não é da oposição a
responsabilidade pelo Estado possuir números negativos em vários setores e
citou as estatísticas recentes mostrando que houve quase duzentos e cinquenta
homicídios na Grande São Luís este ano, números maiores do que São Paulo.

Em relação à mobilidade urbana, de acordo com
Tavares, todos os Estados do Brasil são os governos estaduais que resolvem
esses tipos de problemas e que a governadora conseguiu R$ 6 bilhões, mas não
teria uma obra com exceção da Via Expressa que não resolveu problema do tráfego
em São Luís.

Afirmou ainda que a governadora pegou o dinheiro
emprestado, mas todos os hospitais e estradas quem vai pagar é o próximo
governador. Todas elas que foram feitas serão pagas pelo próximo governador do
Estado seja ele quem for, é o governo do fiado, até estradas feitas em 2009,
2010, 2011, 2012, 2013, vai pagar dívidas. Outro tema é que o saneamento não
existe, as praias estão todas poluídas, todas. “Como é que se vai fazer turismo
no Maranhão? O que adianta ter o Ministro do Turismo? Quem vem para cá se nem
no mar pode tomar banho? Uma cidade litorânea, em uma cidade litorânea não se
pode usar o litoral. É um governo que cheira mal, cheira tão mal que se apagam
os incêndios com fezes, como mostrou muito bem o Fantástico no domingo”,
enfatizou.
Finalizou dizendo o Governo Roseana “passou do
prazo de validade e deixa as dívidas espetadas para o próximo governador do
Maranhão pagar”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

PT solicita ao PSB adiamento de decisão sobre candidatura ao governo
Com carisma e humildade Edivaldo Holanda Junior consolida candidatura
Felipe Camarão chama Bolsonaro de "insano e asqueroso" por espalhar notícia falsa contra vacina
Flávio Dino e Bira rebatem Guedes e dizem que solução para a Petrobras não é privatizar
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz