Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Lideranças políticas e da comunidade discutem uso da base de Alcântara

Um encontro entre lideranças políticas e comunitárias na Assembleia Legislativa do Maranhão discutiu e encaminhou demandas sobre o futuro da Base de Alcântara na última segunda-feira (25). O assunto vem sendo especulado desde que o presidente Jair Bolsonaro (PSL), assinou Acordo de Salvaguardas Tecnológicas com os Estados Unidos para permitir aos americanos explorar comercialmente o Centro de Lançamentos de Alcântara (CLA).

Presente na reunião, o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) reafirmou sua solicitação, protocolada junto à Câmara, para a criação de uma Comissão Externa para acompanhar a implementação do Acordo, e disse ainda que assim que o inteiro teor for divulgado, será necessário evoluir na discussão. “O intuito dessa reunião na Assembleia é identificar os atores envolvidos, colocar em pauta o debate e ficar atento a ele. O local ideal para realizar um próximo encontro é Alcântara, saber o que o povo de lá pensa. Somos a favor da exploração comercial da Base, desde que não fira a soberania nacional, e que seja funcional, sirva para o Brasil e sirva para Alcântara, e não só para os interesses estrangeiros”, afirmou o deputado durante sua fala.

Ainda nos anos 2000, o então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) chegou a assinar documento semelhante que tratava sobre o mesmo tema, mas ele nunca saiu do papel por ter sido barrado pelo Congresso. Na época, Bolsonaro era deputado federal e votou contra a proposta.

Anderson Araújo (PCdoB), o prefeito da cidade de Alcântara, criticou que o fato de a modernidade ter chegado apenas no interior da base, e afirmou que toda região precisa receber a benesse que a estrutura pode oferecer. “O Centro de Lançamento tem que realmente ser efetivo para o povo e melhorar a qualidade de vida em Alcântara. Como disse o deputado Márcio Jerry, em Brasília, ‘se Alcântara é o melhor lugar para o lançamento de foguetes, que também seja o melhor lugar para se viver’”, frisou o prefeito.

Quilombola, morador de Alcântara removido para a construção da Base ainda nos anos 1980, Benedito criticou a maneira como as negociações para o local sempre são conduzidas, sem clareza ou a opinião dos moradores locais. “Realmente, é importante que, quando o inteiro teor seja divulgado, que um amplo debate público seja realizado em Alcântara” afirmou o quilombola.

Insistentemente divulgado por parte da mídia, viralizou uma informação de que, segundo a Agência Espacial Brasileira (AEB), os foguetes lançados naquela região podem significar uma redução de até 30% no uso de combustível, em comparação a outros locais.

Danilo Serejo, do Movimento dos Atingidos pela Base Especial de Alcântara, destacou a importância da reunião e a presença de políticos locais interessados em defender a pauta nacionalmente. “O que nós queremos colocar em questão é a utilidade da base. Nós não vamos renunciar as comunidades quilombolas de Alcântara para atender aos interesses internacionais. O total cenário de insegurança jurídica é o que nos termo tememos. É necessário criar uma agenda de debates e trabalhos com Alcântara”, afirmou o líder comunitário.

O assunto deve seguir em debate tanto na Câmara quanto no Senado. O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, deve participar de audiência pública já aprovada pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) para debater o assunto. Para o Acordo ser aprovador, ele precisa passar pelo Congresso Nacional.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Pré-candidatos já consolidados miram alianças para as eleições
Sarneysistas apostam em vitória de Braide para volta ao poder em 2022
Márcio Jerry reafirma candidatura do PCdoB em São Luís, sem descartar diálogo com aliados
Edivaldo anuncia pagamento de abono salarial aos professores da rede municipal
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz