Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Justiça abre ação contra padrinho de casamento de Roseana por lavagem de dinheiro

Sarney escapou do processo em que  Edmar é acusado de lavagem de dinheiro

A Justiça Federal recebeu denúncia
criminal do Ministério Público Federal em São Paulo contra o ex-controlador
do Banco
Santos
e padrinho de casamento da governadora Roseana Sarney (PMDB) com Jorge
Murad, Edemar Cid Ferreira, mulher dele, Márcia de Maria Costa Cid Ferreira, e
seu filho, Eduardo Costa Cid Ferreira. Os três são acusados de lavagem de
dinheiro por terem ocultado, entre novembro de 2004 e dezembro de 2008, a
origem, localização e propriedade de bens e valores provenientes da prática de
crimes contra o Sistema Financeiro Nacional.

No mesmo processo, o MPF pediu o indiciamento do
senador José Sarney (PMDB), pai de Roseana, por ter se valido de informações privilegiadas
para sacar, na véspera da intervenção do Banco Central na instituição
financeira de Edmar Cid Ferreira, a importância de R$ 2 milhões que estavam
aplicados. O Supremo Tribunal Federal, no entanto, optou pelo arquivamento da
denúncia contra o cacique peemdebista.
 Entre os
bens ocultados estavam obras de arte, como pinturas e esculturas, que, para a
Procuradoria, foram adquiridas por Edemar com capital desviado do Banco. Depois
disso, as obras foram incorporadas ao patrimônio da Cid Ferreira Collection
Empreendimento S.A., que tinha como sócio majoritário a Wailea Corporation,
empresa offshore nas ilhas Virgens Britânicas.
Em 2005, foram apreendidos na então residência do
ex-banqueiro computadores com documentos e emails que indicam a remessa para o
exterior de diversas obras de arte. Para o Ministério Público, foram
encontradas evidências segundo as quais essas obras eram remetidas para fora do
país e negociadas com compradores estrangeiros. Os valores recebidos eram
transferidos, por determinação do próprio Edemar, para contas correntes de
terceiros mantidas no exterior em bancos estrangeiros.

Segundo a denúncia da Procuradoria da República em
São Paulo, as movimentações são típicas compensações de créditos relacionadas a
operações realizadas por Edemar no mercado nacional clandestino de câmbio. “Os
doleiros que compraram a moeda estrangeira do ex-banqueiro lhe indicavam em
quais contas o valor correspondente deveria ser creditado”, escreve o
procurador da República Sílvio Luís Martins na denúncia, apresentada em abril,
recebida em maio, mas divulgada apenas nesta terça-feira (17). “Em
contrapartida, lhe entregavam moeda nacional em espécie para que pudesse
custear o luxuoso estilo de vida mantido por ele e seus familiares, mesmo após
ter levado o Banco Santos S.A. à falência.” (Com informações do Congresso em Foco)

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Desempenho pífio de Roseana Sarney afunda o MDB no Maranhão
Weverton Rocha tem derrota humilhante; campanha ostentação não vingou
Othelino atribui resultado nas urnas ao trabalho realizado em todo o Maranhão
Edivaldo em segundo lugar na disputa para o Governo do Maranhão, aponta pesquisa Percent
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz