Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Jornal de Sarney deturpa informações para perseguir governo Flávio Dino

Blog dos Leões

Documento do TCE-MA desmascara mais uma farsa do jornal da oligarquia

A matéria “Detran-MA omite ao TCE informações de contratos” divulgada neste domingo (10) no jornal O Estado do Maranhão omite informações essenciais, com o intuito de atacar a gestão estadual. A reportagem falta com a verdade ao afirmar que o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) descumpriu a Instrução Normativa (IN) nº 36/2014 do Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre a obrigatoriedade do registro de contratos.

O texto da IN 36/2014 é claro ao destacar, no artigo 19, que a medida passará a vigorar apenas em fevereiro de 2015, sendo que o parágrafo primeiro detalha que nos primeiros 60 dias de vigência é facultado o envio dos elementos de fiscalização pelo sistema eletrônico, tornando-se obrigatório o envio por esse sistema apenas a partir de 3 de abril de 2015.

A utilização facultativa do sistema ficou vigente do dia 2 de fevereiro de 2014 até o dia 2 de abril deste ano. Período em que foram realizados os respectivos contratos informados na reportagem. O contrato com a BR Construções foi firmado em 10 de fevereiro de 2015, a Ítalo Azevedo foi contratada em 5 de março e a Ibrapp em 12 de março.

Não houve desrespeito do Detran-MA ao cumprimento de prazos do TCE, inclusive em relação a outras normas do Tribunal, como a Instrução Normativa 34/2014, que regulamenta o acompanhamento das contratações públicas por meio eletrônico no TCE e que, com alterações feitas pela IN 36/2015, teve o prazo de exigência prorrogado de 31 de março para 21 de abril de 2015, como pode ser constatado no artigo 10, inciso I da IN.

A ausência de qualquer menção sobre o prazo em que começa a vigorar a Instrução Normativa não pode ser confundida com desconhecimento ou incompetência, uma vez que o documento do TCE tem trechos citados ao longo da reportagem. A deturpação das informações, criando factóides, indica uma afronta aos princípios éticos, má fé com os leitores e um desrespeito à administração estadual, que tem as ações pautadas na moralidade do serviço público, promovendo mudança em relação ao modelo de gestões anteriores.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Em Ribamar, atos de campanha de Julinho são inflados por forasteiros 
Sindicato dos Jornalistas repudia censura em reportagens sobre Covidão de Icatu
Em coletiva, Flávio Dino anuncia novas liberações, confirma cancelamento do Réveillon e antecipação do 13º
Justiça confirma: Duarte está proibido de utilizar imagem de Flávio Dino
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz