Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Investigação da PF representa duro golpe nas pretensões de Maranhãozinho para 2022

A casa do deputado federal Josimar de Maranhãozinho, pré-candidato do PL ao governo do estado, desmoronou. Flagrado pela Polícia Federal carregando e contando maços de dinheiro em seu escritório em São Luís, segundo a investigação proveniente de desvios de emendas, o parlamentar teve exposto seu suposto esquema de desvio de recursos públicos.

Não é de hoje que parte da classe política olha Josimar e sua dinheirama com certa desconfiança pela forma agressiva de cooptação de aliados. Comentam nos bastidores da política local que aqueles que recebem seu apoio financeiro em épocas de eleição são obrigados a entregar a ele o controle financeiro do município.

O parlamentar, sempre que vê a PF em seu encalço por suspeita de desvios de emendas destinadas a municípios de aliados, justifica que é dinheiro fruto de agronegócios, que foi declarado à Receita Federal, mas é fato que seu nome sempre está ligado a desvios de emendas destinadas a prefeituras que seriam controladas e obrigadas a contratarem empresas ligadas ao deputado.

As imagens captadas pela Polícia Federal em seu escritório falam por si. A ação autorizada pelo Supremo Tribunal Federal apresenta imagens fortíssimas de um esquema de corrupção que vem sangrando cofres públicos e enriquecendo políticos inescrupulosos, conforme publicou a revista Crusoé em sua edição desta sexta-feira (3).

O parlamentar atribui a ação da Polícia Federal a suposta perseguição política, mas não diz de quem. É bom lembrar, no entanto, que a direção da Polícia Federal é da estrema confiança do presidente Jair Bolsonaro, seu aliado. Maranhãozinho, inclusive, participou do ato de filiação dele ao PL na terça-feira (30).

Além de desmontar o esquema de Maranhãozinho, a PF expôs como funcionava: prefeituras do Maranhão beneficiadas com repasses de emendas contratariam empresa ligadas ao deputado para efetuar o desvio dos recursos. O parlamentar nega, mas as provas levantadas são contundentes e o colocam no olho do furacão.

O escândalo, ainda bem, vem a público no momento em que os partidos começam definir suas posições em relação a sucessão estadual de 2022 e mostra aos eleitores o perigo que representa certas candidaturas ligadas a supostos esquemas de corrupção.

A PF instalou câmeras e equipamentos de escuta no escritório do deputado para fazer o monitoramento. Nas escutas, os investigadores captaram diálogos sobre entregas de dinheiro. Em uma das conversas, reveladas pela “Crusoé”, o deputado entrega uma caixa a um aliado e afirma: “Tem duzentos e cinquenta aí”. 

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Edivaldo conta os dias que faltam para a eleição
A favor da morte? Roberto Rocha mantém silêncio sobre Projeto de Lei que amplia cobertura de planos de saúde
Weverton Rocha quer que maranhenses paguem para andar nas rodovias MAs
Edivaldo anuncia criação do Auxílio Maranhão para o combate à extrema pobreza e reafirma prioridade aos que mais precisam
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz