Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Grupo de Flávio Dino começará a discutir só no final de junho como será 2022

O grupo do governador Flávio Dino começaria nesta segunda-feira (31) o processo de discussão sobre as eleições de 2022, mas por conta do  aumento dos casos de Covid-19  decidiu adiar para o final de junho, a discussão sobre governador, vice-governador, senador, dezoito cadeiras na Câmara Federal e quarenta e duas na Assembleia Legislativa do Estado.

Dirigentes das 15 siglas que integram a base de sustentação do governo terão quatro meses para madurecer o debate sobre os critérios para a definição do candidato e qual nome possui as melhores qualificações para dar continuidade aos projetos desenvolvidos pela atual administração. Todos, é claro, terão a oportunidade de darem suas opiniões, mas a apalavra final será do governador.

Alguns dirigentes de partidos ouvidos pelo blog acreditam ser possível a busca do consenso, como é o caso do presidente do PT, Augusto Lobato. Para ele, que defende a participação do PT na chapa majoritária como vice ou primeiro suplente de senador, é necessário manter a unidade do grupo, pois uma divisão somente favoreceria os adversários e abriria espaço para o surgimento de uma terceira via.

Candidato ao Senado sem contestação e até sem sombra de adversário, caberá ao governador, líder maior do grupo, a responsabilidade de conduzir os debates e tentar convencer quem for preterido a aceitar o resultado, já que existem dois fortes pré-candidatos que articulam apoios partidários e parecem que não estão dispostos a abrirem de suas pretensões de concorrer ao governo.

Com Flávio Dino definido como candidato a senador, todos os debates, com exceção deste primeiro que deverá avaliar conjuntura, deverão ocorrer em torno da sucessão estadual. Alguns nomes lançaram pré-candidaturas, como são os casos do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) e Simplício Araújo (Solidariedade), ambos presidentes de partidos que integram a base do governo, mas a disputa interna está limitada a apenas dois pré-candidatos: o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) e o senador Weverton Rocha (PDT)

Brandão será governador do estado a partir de abril de 2022, não poderá outros cargos se não a reeleição, possui uma grande relação política e pessoal com Flávio Dino e se articula nos bastidores para ser o representante do grupo. Tem mantido conversações permanente com dirigentes e lideranças partidárias e passa segurança ao seus aliados de que será o candidato do grupo.

Seu principal concorrente interno, o senador Weverton Rocha (PDT), que andava ausentes das cerimônias palacianas, nos últimos tempos tem se reaproximado do Palácio dos Leões e tem até participado de algumas agendas do governador, portanto, será o processo bastante delicado e com resultado imprevisível. Dependendo do que for acordado ao longo deste cinco meses de discussão que antecederá a batida do martelo, o sonhado consenso poderá ser alcançado ou não.

*Matéria atualizada para correção de informação. Estava agendada antes do adiamento da reunião de hoje para o final de junho.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Flávio Dino e Bira rebatem Guedes e dizem que solução para a Petrobras não é privatizar
PT solicita ao PSB adiamento de decisão sobre candidatura ao governo
PSOL considera positivo encontro com PT que discutiu frente com Felipe Camarão
Governador já não esconde preferência e deve confirmar apoio a Brandão
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz