Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Governo e professores negociam texto do Estatuto e suspensão de greve

Deputado Othelino Neto reunido com representantes dos professores

O governo e o Sindicato dos Trabalhadores
em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipal do Maranhão
(Sinproesemma), com o acompanhamento
da Comissão de Administração Pública e Relações do Trabalho, presidida pelo
deputado Othelino Neto (PPS),  vão fazer, até quarta-feira (24),
adequações finais no texto do Estatuto do Educador pactuado em 2012. A intenção
é chegar a um entendimento sobre o texto final e encaminhar o projeto de lei à
Casa, bem como suspender a greve que já está acontecendo.

As negociações foram iniciadas na audiência pública de segunda-feira
(22), pela manhã, e estendidas em uma reunião realizada no final da tarde na
sede da Secretaria Estadual de Gestão e Planejamento (Segep), que tem como
titular Fábio Gondim. Na oportunidade, governo e categoria, sob o olhar atento
de Othelino Neto, discutiram a suspensão da greve; a regularização das
progressões pendentes; o projeto de lei específico para inclusão no Plano de
Cargos, Carreiras e Salários (PCCR) dos professores e de todos os servidores da
educação, desde que tenham feito um dos cursos do Programa para Formação de
Funcionários – Profuncionário.
“Na reunião, ficou decidido
que, nesses três dias de paralisação nacional, uma equipe conjunta do
Sinproesemma com a Secretaria de Gestão e os outros órgãos afins, inclusive a
Procuradoria do Estado, iria se debruçar e fazer uma avaliação final, utilizando
como base a proposta de Estatuto já pactuada. E  aí, sim, chegando a um entendimento, o Governo
do Estado encaminharia para esta Assembleia um projeto de lei, fruto da
discussão e do diálogo”, comentou Othelino Neto em discurso feito nesta
terça-feira (23) na tribuna da Assembleia Legislativa.
Othelino destacou a presença
do secretário Fábio Gondim na audiência pública de segunda e nas renegociações
com os professores e lamentou a ausência do secretário estadual de
Planejamento, João Bringel, que não compareceu, não mandou representante e
demonstrou fazer pouco caso da questão. O parlamentar disse ainda que o
secretário de Educação, Pedro Fernandes, não veio, mas, pelo menos, teve o
cuidado de mandar representantes.  
Projeto
de lei –
“Se não fossem essa manifestação, que está acontecendo, e
a greve que acaba de começar, com o movimento nacional por três dias, mas com
uma deliberação para continuar por tempo indeterminado no Maranhão, teria se
encaminhado uma proposta e um projeto de lei para esta Assembleia que
desvirtuariam daquilo que foi acordado e que foi fruto do diálogo de meses e
meses, de horas e horas de negociação”, salientou Othelino.
O deputado disse ainda, na
tribuna, que o governo, se chegar a um entendimento com os professores e
professoras, vai estar, na verdade, cumprindo o seu papel, a sua obrigação, mas
nem isso pagará o debate com a causa da educação. Segundo o parlamentar, a
revolução que foi prometida na educação não aconteceu, o que há é um processo
inverso de desmonte e de desarticulação da rede pública estadual de ensino no
Maranhão.
“Quero me solidarizar com a
categoria dos professores pela sua luta e dizer que nós vamos estar aqui
acompanhando, permanentemente, esse debate, não só aqui como lá na Secretaria
da Gestão, para que nós possamos colaborar para a solução deste impasse. Ao
contrário do que dizem alguns, para tentar justificar a ineficiência, a
oposição não trabalha para o caos, atua para construir o consenso, para ajudar
a resolver o conflito, porque quem deseja a greve são aqueles que são contra o
Estado e nós já mostramos que somos a favor do Maranhão”, finalizou Othelino
Neto.

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    eu acho muito justa essa greve porque essa classe de professores sao muita batalhadora e merecem sim que seus direitos sejam respeitados e eu apoio sim essa greve porque é por uma causa justa.

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Flávio Dino diz que optou por Carlos Brandão após consulta aos atores políticos do grupo
Brandão não descarta trocar PSDB pelo PSB para ter PT na chapa 
"Pela história do nosso partido decidimos apoiar Carlos Brandão", diz presidente do Cidadania
Pesquisa Escutec: Edivaldo se mantém em segundo na disputa para o governo
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz