Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Governadora é responsável pela péssima posição da UEMA no ranking da Folha de São Paulo, diz Bira

A
Universidade Estadual do Maranhão continua repercutindo na classe política. O deputado Bira do Pindaré (PT), por exemplo, responsabiliza a governadora Roseana Sarney (PMDB) pela péssima colocação da UEMA no ranking de
estatísticas da Folha de São Paulo.
No item
Ensino, a UEMA ocupa a 119ª no Brasil e é a penúltima do nordeste. Em um
indicador de 0 a 100 a nota final da UEMA foi 32.36, só ganha da Universidade
estadual de Alagoas. No item Pesquisa, a nota da UEMA é 13.92. No item Mercado
é 12.5.
O
deputado Bira isenta de culpa pelos vergonhosos indicadores os professores,
servidores e estudantes da UEMA. Para ele a responsabilidade total é da
Governadora. Bira defendeu maiores investimentos do Governo do Estado na UEMA e
lembrou que pôde constatar a precariedade da situação da Universidade quando
esteve em reunião com estudantes de Bacabal.
“Eu
estive em Bacabal a convite dos estudantes e eles mostraram para mim, fui a
cada dependência da Universidade, e pude constatar com meus próprios olhos que
realmente a situação é gritante, obras inacabadas. A carência de professores é
gritante. O curso de Direito praticamente não tem professor titular. A ampla
maioria dos professores é provisória, com contratos precários, ganhando R$
1.100,00 para ser professor da UEMA”, criticou Bira.
Para o
parlamentar o povo maranhense clama por oportunidades. A população local viaja
para outros estados em busca de empregos e acaba arriscando a vida em situações
precarizadas e até análogas a escravidão. “O Maranhão não exporta nada. Não
exporta tomate, não exporta cebola, não exporta laranja, a gente exporta é
trabalhador para todo lado, que acaba virando escravo, minério de Ferro e
Soja”, protestou Bira.
O
Deputado ainda lembrou que dos maranhenses que recentemente foram soterrados no
desabamento de uma obra em São Paulo, alguns conseguiram escapar foram
libertados pelo Ministério Público do Trabalho, porque estavam em regime de
trabalho degradante, nessa mesma obra.
De acordo
com o Deputado, a falta de oportunidades no Maranhão cria esta realidade e não
são necessárias estatísticas para concluir que o estado caminha por um trajeto
preocupante. “Não estamos comemorando, estamos preocupados querendo encontrar
uma solução para o Estado. Vamos continuar trilhando pelo mesmo caminho,
tentando construir um projeto alternativo que seja viável, capaz de oferecer
perspectiva de vida digna para a população. Porque isso não existe no Maranhão.
Esse sol, peneira nenhuma vai conseguir esconder, é a nossa triste realidade”,
apontou Bira.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Desempenho pífio de Roseana Sarney afunda o MDB no Maranhão
Weverton Rocha tem derrota humilhante; campanha ostentação não vingou
Othelino atribui resultado nas urnas ao trabalho realizado em todo o Maranhão
Edivaldo em segundo lugar na disputa para o Governo do Maranhão, aponta pesquisa Percent
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz