Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Governador Flávio Dino recebe Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Flávio Dino recebeu os membros da CIDH no Palácio dos Leões (Foto: Karlos Geromy)

Em passagem pelo Brasil, a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) da Organização dos Estados Americanos (OEA) visita, pelos próximos dias, dentre outros estados, o Maranhão. Para abrir a agenda, o grupo foi recebido, na manhã desta terça-feira (6), pelo governador Flávio Dino, que agradeceu a visita destacando a importância simbólica do momento.

Para Flávio Dino, a chegada da Comissão é coberta de alto significado, sinaliza a importância que as instâncias supranacionais dão ao Brasil e o respeito que o país deve ter a estas instituições, sobretudo como farol para a garantia de direitos humanos.

“O Brasil faz parte do Sistema Interamericano de Diretos Humanos e é muito importante reafirmar a legitimidade e autoridade desse sistema como caminho de concretização de direitos para toda nossa população no Brasil inteiro. Essas visitas cumprem esse papel, da Comissão poder acompanhar a evolução, o progresso, das medidas que nós temos tomado para garantir que os direitos enunciados na Constituição e nas leis sejam de fato cumpridos”, destacou o governador.

A CIDH chega ao Brasil, depois de 23 anos, a convite do Governo Federal, passando por oito estados de diferentes regiões. Permanecendo até o próximo dia 12, o grupo vai observar questões sociais em áreas urbanas e rurais e ao final formula recomendações que, segundo o mexicano Joel Hernández, comissário da CIDH, ajudarão os estados por onde a Comissão passou a desenvolverem melhores políticas públicas.

“A comissão fez uma divisão de trabalho em distintas regiões do país. O Brasil é muito grande, de dimensões continentais e então decidimos dividir e para conhecer a realidade, também do nordeste, sob várias perspectivas, pela perspectiva social, urbana, rural, a situação dos afrodescendentes e também conhecer a situação da violência urbana”, explicou Joel.

No Maranhão, além da reunião com o governador Flávio Dino e secretários de Estado, a equipe realizou visita ao Complexo Penitenciário São Luís, no bairro de Pedrinhas, e também vai ao bairro Coroadinho e ao município de Alcântara.

“Foi um diálogo bastante produtivo acerca de temáticas que preocupam a Comissão. Nós também acompanharemos a visita e consideramos que as sugestões e recomendações que serão oriundas da comissão nos ajudarão na tarefa do dia a dia, no cotidiano do Governo a melhorar cada vez mais as políticas públicas que garantem a observância e fruição concreta por parte dos cidadãos desses direitos que protegem a todos os brasileiros”, pontuou o governador.

O comissário da CIDH, Joel Hernández, destacou os esforços realizados pelo governo maranhense e frisou que todos os países do continente americano enfrentam problema no sistema carcerário. “Todas as prisões no continente americano estão carentes de recursos, porém nesta prisão podemos ver a vontade das autoridades de prover as necessidades básicas das pessoas que estão privadas de liberdade. A recomendação que temos é geral, não só para São Luís e não só para o Brasil, mas para todo o continente americano que tem problema com a superpopulação carcerária. Os países precisam desenvolver políticas públicas nessa área”, comentou o comissário.

Estiveram presentes na reunião, dentre os membros da CIDH: a assessora do Gabinete do Secretário Executivo, Joana Zylbersztajn; a especialista em Direitos Humanos da Relatoria sobre os Direitos das Pessoas Privadas de Liberdade, Sofia Galvan. Do Governo Federal, participaram Dênis Rodrigues, assessor Internacional do Ministério dos Direitos Humanos; e Giane Gilbbert, chefe do Serviço de Relações Institucionais do Gabinete do Diretor-Geral do DEPEN. Além dos secretários de Estado: Murilo Andrade (Administração Penitenciária), Jefferson Portela (Segurança Pública), Marcos Pacheco (Articulação de Políticas Públicas), Carlos Lula (Saúde), Gerson Pinheiro (Igualdade Racial), Francisco Junior (Desenvolvimento Social) e Francisco Gonçalves (Direitos Humanos e Participação Popular).

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Buscar

Mais Lidas

Profissionais jovens da linha de frente estão fora do calendário de vacinação em São Luís
Yglésio solicita investigação no processo de vacinação em São Luís
Ex-prefeito Edivaldo continua se movimentando de olho em 2022
Em campanha pela presidência da Câmara, Baleia Rossi tem cinco votos declarados no Maranhão
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz