Flávio Dino é apresentado novamente como candidato a prefeito de São Luís pela “Folha” – Jorge Vieira

28 de outubro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

28/10/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

Flávio Dino é apresentado novamente como candidato a prefeito de São Luís pela “Folha”

O sonho do presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB), torna-se ministro do Esporte acabou após a nomeação do deputado Aldo Rebelo para a pasta, agora, até a possibilidade dele continuar na administração Dilma está ameaçada. 
A chamada grande imprensa nacional já começa a especular que ele somente fica no cargo que ocupa atualmente até a data limite para desincompatibilização de auxiliares do governo que vão disputar as eleições municipais de 2012.
A coluna Painel, do jornal Folha de sua São Paulo, publica hoje a possibilidade do PCdoB “rodar da presidência da Embratur quando Flávio Dino virar candidato à Prefeitura de São Luís”, ou seja, se confirmada a informação, o quadro dos pré-candidatos na capital sofrerá mudanças significativas no campo da oposição.
Bira do Pindaré (PT) e Eliziane Gama (PPS) estariam dispostos a abir da pré-candidatura em favor de Dino. 
A nota da coluna Painel “Perdas e ganhos” faz a seguinte afirmação: “A queda de Orlando Silva teve ao menos um efeito positivo para o PC do B. Havia chance real de os comunistas do Brasil serem limados do primeiro escalão na reforma ministerial prevista o início de 2012. Com a ida de Aldo Rebelo para o Esporte, a pequena sigla “ficou”.

O mesmo não pode ser dito de seus outros cargos de peso na máquina federal. Aposta-se que em novembro, ao fim do mandato de Haroldo Lima no comando da ANP (Agência Nacional do Petróleo), o cargo vá para outro partido. Também há chance de o PC do B rodar da presidência da Embratur quando Flávio Dino virar candidato à Prefeitura de São Luís”.

Curiosidade –  Nádia Campeão, cotada para assumir  a secretaria-executiva do Ministério do Esporte já foi candidata a deputada pelo PCdoB do Maranhão na década de 90 obtendo apenas um único voto.

 
Se confirmada a nomeação, será a sinalização clara dos limites da eventual “limpa” a ser promovida por Aldo Rebelo. Dirigente do PC do B-SP, ela é Orlando Silva puro e sem gelo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina