Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Flávio Dino discute Educação e Segurança com lideranças religiosas da região tocantina

O projeto Diálogos pelo Maranhão foi apresentado a lideranças
religiosas da região tocantina no último final de semana. Em reunião com
representantes da igreja católica e da Assembleia de Deus, representantes do
movimento Diálogos pelo Maranhão falaram da proposta de um governo baseado na
Igualdade, na Democracia e no Desenvolvimento.
As três premissas defendidas pelo projeto foram discutidas
com os líderes religiosos do local, que relataram problemas com Segurança
Pública e Educação Pública. Segundo o bispo Dom Gilberto Pestana, a juventude
de Imperatriz sofre com o problema da dependência química e da falta de
segurança na região.
Os relatos da falta de efetivo policial na região e de
programas de prevenção ao uso de entorpecentes tem sido motivo de constante preocupação
para os representantes da região. “Hoje contamos com cerca de 500 policiais
para toda a região tocantina, número muito baixo. Há cidades que não possuem
sequer um policial militar ou civil para auxiliar na Segurança Pública do
local,” disse o pastor Raul Cavalcante, capelão de Imperatriz.
A situação da infraestrutura das escolas estaduais também foi
pauta durante a reunião. Segundo Dom Gilberto, não há segurança nas escolas e
faltam professores em sala de aula do Ensino Médio – que fazem parte da alçada
do governo estadual. “O governo pode mudar situações como essa, mas até o
momento não houve qualquer ação nesse sentido,” relatou pastor Cavalcante.
Para Flávio Dino, que esteve presente durante a reunião, são
necessários investimentos nos dois setores. A defasagem do número de policiais
de Imperatriz representa uma consequência do baixo número de policiais para a
população.
Segundo dados do Ministério da Justiça, o estado é o que
possui menor relação entre policiais e número de habitantes no país. Hoje, cada
policial maranhense deve dar conta de 882 habitantes. A média nacional é de um
policial para cada 472 habitantes.
A saída seria investimento em aumento do efetivo policial
através da realização de concursos públicos para todo o estado e investimento
em infraestrutura da Segurança Pública em todas as regiões do estado.
“A política de distribuição do contingente policial precisa
ser regionalizada. Com policias que conheçam a região em que atuam, que estejam
perto da população, promoveremos uma política de segurança pública mais
humanizada,” defendeu.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Flávio Dino diz que optou por Carlos Brandão após consulta aos atores políticos do grupo
Brandão não descarta trocar PSDB pelo PSB para ter PT na chapa 
"Pela história do nosso partido decidimos apoiar Carlos Brandão", diz presidente do Cidadania
Pesquisa Escutec: Edivaldo se mantém em segundo na disputa para o governo
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz