Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

“Fernando Fialho deve explicações ao povo maranhense”, diz Othelino Neto

Othelino cobra explicações de Fialho, o secretário das obras fantasmas
O
deputado estadual Othelino Neto (PPS) repercutiu, na tribuna, na tarde desta
segunda-feira (24), o caso dos convênios suspeitos firmados pela Secretaria
Estadual de Desenvolvimento Social (Sedes), que tem como titular Fernando
Fialho, com o “Clube de Mães Nossa Senhora das Graças”, na Ilhinha, que, na
verdade, trata-se de uma escola comunitária. Segundo o parlamentar, o
secretário deve explicações ao povo maranhense e a governadora Roseana Sarney
também precisa se manifestar sobre o assunto e tomar as devidas providências.
 
“Até
agora, nem o secretário, nem a governadora vieram a público esclarecer o que de
fato houve no convênio firmado entre a Sedes e a Associação Vera Macieira, que
consumiu cerca de R$ 5 milhões dos cofres públicos. E agora surgem mais
convênios suspeitos que precisam ser explicados”, cobrou Othelino Neto.

Na
semana passada, uma comissão formada por deputados da oposição descobriu que a
escola Nossa Senhora das Graças constou como conveniada para execução de obras
de poços artesianos e melhoramento de acessos, no valor de R$ 3.012.825,50
(mais de três milhões de reais), que teriam sido realizadas em comunidades de
São Luís.

Os
parlamentares decidiram denunciar mais esse caso à Assembleia Legislativa, ao
Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). Os deputados
estranharam o fato de uma escola comunitária da Ilhinha ter firmado convênios
para construção de poços e melhoramento de acesso em comunidades de São Luís,
já que esses não são objetos de uma instituição educacional.

Entidade não recebeu recursos – A diretora da escola,
Lúcia dos Santos, admitiu aos deputados, na ocasião, em meio a palavras
desencontradas, que representantes do governo do Estado disseram a ela que
algumas comunidades de São Luís estavam precisando de poços artesianos e de melhoramento
de acesso e, por isso, foi assinado o convênio para ajudar. Segundo ela, esses
R$ 3 milhões não passaram pela entidade.

Os
convênios com a escola comunitária ou creche foram firmados no dia 04 de julho
de 2012 e têm como objetos “Projeto de Sistema Simplificado de Abastecimento
D´Água e rede de Distribuição”, no valor de R$ 2.392.257,43, e “Melhoramento de
caminho de acesso”, no valor de R$ 620.568,07. Os dois totalizam R$
3.012.825,50 (mais de três milhões de reais).

O secretário Fernando
Fialho foi convocado, na semana passada, para prestar esclarecimentos à
população a respeito das graves denúncias feitas pelos deputados de oposição.
Alegando ter outras prioridades para resolver, ele enviou ofício à Assembleia
Legislativa pedindo que uma nova data fosse marcada.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Quase metade do eleitorado não aprova apoio de Bolsonaro em São Luís
Apoiadores de Rubens Junior dão largada da campanha com grande carreata no domingo (27)
"Nossa militância está pronta para ir às ruas e fazer uma campanha alegre e vibrante, que é a marca das campanhas do PT", diz Honorato
PROS vai representar Instituto Emet por pesquisa tendenciosa
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz