21 de junho de 2017

Redação: (98) 98205-4499

21/06/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Exclusão de João Alberto de pesquisa gera crise no grupo Sarney

Briga pelo Senado gera crise no grupo Sarney

O resultado da pesquisa apresentado pelo Instituto Escutec e amplamente divulgado na mídia eletrônica pelos aliados da oligarquia revela apenas tratar-se de mais um lance na disputa interna travada no grupo comandado pelo ex-senador José Sarney por conta da eleição para o Senado.

A sondagem feita sob encomenda do PMDB junto ao eleitorado, na verdade foi apenas tentativa de combater o resultado do Instituto Exata, que aponta a aprovação do governador Flávio Dino por 58% da população, mas acabou foi gerando uma crise sem precedente nas hostes peemdebista.

No questionário da eleição para o Senado, propositadamente excluíram o nome do senador João Alberto como se ele já fosse considerado carta fora do baralho. Alberto, no entanto, não gostou do tratamento depois de tantos anos de lealdade, reagiu e ameaça “chutar o balde”.

Presidente licenciado do diretório estadual do PMDB e senador com direito de disputar a reeleição, João Alberto está sendo colocado para escanteio pelo ex-presidente Sarney, que trabalha nos bastidores pela consolidação da candidatura de Sarney Filho (PV).

A pesquisa Escutec curiosamente apresenta a dupla Lobão Filho/Sarney Filho em primeiro e segundo lugar, respectivamente. O resultado, no entanto, está sendo muito questionado.

O grupo comandado por João Alberto tem reclamado nos bastidores e anunciado que não vai aceitar que José Sarney, Roseana e Sarney Filho façam o candidato ao Senado passando por cima do seu direito de disputar a reeleição.

A briga tá feia. Como o grupo Sarney tem a convicção de que, se fizer, faz apenas um senador, e são três os candidatos, João Alberto está sendo rifado do processo. O senador Edison Lobão está fora por conta da Operação Lava Jato, mas está colocando o filho, já Alberto, por seu cria da casa, deverá  ir para o sacrifício. Resta esperar para vê qual será a reação do “Carcará”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina