Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Ex-governadora Roseana de volta a arena política partidária

Dedicada nos últimos dois anos a ensinar receitas culinárias em sua rede social, particularmente o Instagram, a ex-governadora Roseana, estimulada pelo deputado estadual Roberto Costa, parece está decidida voltar a arena política e enfrentar novamente as urnas em 2022.

Pelo menos foi o deixou transparecer após a reunião do diretória estadual do MDB, nesta quinta-feira (18), que decidiu prorrogar os atuais mandatos dos dirigentes até junho quando serão eleitos os novos membros que estarão a frente do partido e que o conduzirão nas eleições de 2022.

Tão logo foi concluído o encontro que abri a perspectiva de renovação da direção do partido, que tem o ex-senador João Alberto como seu presidente estadual desde o grupo Sarney tomou a sigla da oposição ainda na década de 1990, Roseana correu para a internet para anunciar o fato de que esteve presente na reunião.

“Acabei de participar da reunião da Executiva Estadual do MDB. Ficou decida prorrogação dos mandatos do Diretório até junho próximo, quando serão eleitos os novos membros. Nosso objetivo é fortalecer o partido para a próxima eleição”, disse a ex-governadora em sua página no Twitter.

O MDB, que virou PMDB com o fim da Ditadura Militar e voltou a ser MDB, já foi o maior partido do Maranhão, mas entrou em processo de derretimento com fim do ciclo de dominação do grupo Sarney no Maranhão, virou nanico. Possui apenas deputados estaduais, dois federais e nenhum representante na Câmara Municipal de São Luís.

Pelo tom da afirmação de Roseana, é provável que ela assuma as rédeas de legenda a partir de junho e crie coragem para enfrentar novamente as urnas, porém, tem muita gente apostando que seu marido Jorge Murad não dará o aval para que ela possa se submeter ao crivo das urnas, após o retumbante fracasso de 2018.

Roseana, que passou os últimos dois anos ensinado receita de bolo e macarronada com molho de tomate em rede social, se conseguir o aval da família, dificilmente será candidata a um mandato majoritário. Um parlamentar próximo à família, sob condição de anonimato, disse que, se voltar, a participar de eleição será como candidata a deputada federal ou estadual. A fonte acredita que ela não teria a menor chance num confronto com o governador Flávio Dino, pré-candidato ao Senado.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

“Estou a disposição do grupo a qual faço parte para qualquer missão”, diz Felipe Camarão sobre candidatura ao governo
Candidatura de Edivaldo eleva a sucessão estadual a outro patamar
Edivaldo confirma pré-candidatura ao governo em 2022 durante ato de filiação ao PSD
Apesar dos comentários, deputado Neto Evangelista diz não acreditar em desistência de Weverton
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz