Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

“Estupidez acima de tudo, a morte ameaçando todos”: Márcio Jerry critica fala antivacina de Bolsonaro

O vice-líder do PCdoB na Câmara, deputado federal Márcio Jerry (MA), usou suas redes sociais nesta sexta-feira (23) para criticar a postura antivacina de Jair Bolsonaro (sem partido). O parlamentar afirmou que a face cruel de Bolsonaro foi “escancarada” mais uma vez no episódio do veto à compras das vacinas.

“A estupidez acima de tudo, a morte ameaçando todos. Não há alegação científica alguma para a proibição de Bolsonaro, o cruel. Apenas preconceitos motivados por uma mente política e ideologicamente afetada. Atitude de Bolsonaro carimba nele de forma definitiva a marca de um genocida”, declarou.

Em 2019, a Organização Mundial da Saúde (OMS) já havia alertado que o movimento antivacina era um dos 10 desafios para a saúde. Diante do impacto da pandemia causada pelo novo coronavírus e a corrida mundial pela descoberta de uma vacina, a preocupação com as declarações do presidente brasileiro chamam ainda mais atenção.

Bolsonaro vem, reiteradamente, defendendo que “ninguém é obrigado a se vacinar” e alertando para possíveis “perigos” da vacina contra a Covid. Esta semana, o presidente atingiu o ápice das suas ações contra a vida da população, quando desautorizou seu Ministério da Saúde, que havia anunciado a compra de 46 milhões de doses da Coronavac — vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan, um dos maiores centros de pesquisa biomédica do mundo, localizado em São Paulo, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech.

Desde então, Bolsonaro vem afirmando que a população brasileira “não será cobaia de vacina chinesa”.

Nesta sexta-feira, a porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Harris, afirmou que a entidade escolhe as vacinas que apoia com base em critérios científicos, e não pela nacionalidade da empresa que as desenvolvem. A declaração foi dada após Margaret ser questionada sobre a decisão de Jair Bolsonaro de não comprar vacinas chinesas.

“Nós escolhemos a ciência. [A questão] não é a respeito da nacionalidade, e essa é a beleza de ser multilateral, esse é o ponto da ONU. Nós escolhemos a ciência e deveremos escolher a melhor vacina. E como se sabe, não vamos apoiar nenhuma vacina até que seja provado que ela teve o mais alto padrão de segurança e o nível certo de eficácia.”

Até o momento, a Covid-19 já vitimou mais de 155 mil brasileiros.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Buscar

Mais Lidas

Polícia Federal prende agiota "Pacovan"
Ao apoiar adversário em São Luís, PDT e DEM deram um salto no escuro
Um Maranhão Republicano, por Carlos Brandão
Edivaldo recebe Eduardo Braide, dando início ao processo de transição na gestão municipal
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz