Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Patrimonialismo da família Sarney se estende ao bumba-boi e carnaval, diz Flávio Dino

O
pré-candidato ao Governo do Maranhão, Flávio Dino (foto), disse, em seu twitter, que o
patrimonialismo da família Sarney (ele usou o batido termo ‘Oligarquia’) se
estende aos bens imateriais, como bumba-meu-boi e carnaval. O comentário foi
feito a propósito das críticas e até ataques de setores da imprensa mais identificados
com o grupo Sarney diante da participação de Flávio Dino, na Trupiada dos
Batalhões de Bumba-meu-Boi, terça-feira, na Passarela do Samba, em São Luís.
Assessores do
presidente da Embratur lembram que suas ações em defesa da cultura popular foram
um dos destaques da gestão à frente da autarquia.
Entre as mais
importantes de 2013, está a implantação do Programa de Turismo Cultural em todo
o Brasil. A inclusão do carnaval de diversas cidades brasileiras, das festas de
São João do Nordeste e das cidades com título de patrimônio histórico e
imaterial concedido pela Unesco foram destaque na gestão de Flávio Dino. Boi de
Morros e Boi Barrica também foram contemplados com apresentações na França e na
Itália para promover a cultura maranhense.
Ainda em 2013,
um edital destinou um total de R$ 8 milhões para expressões culturais durante
as festas juninas no Nordeste. Flávio Dino convidou todos os estados e capitais
nordestinas para participar do edital. O município de São Luís foi contemplado
com a ação que gerou uma parceria assinada em janeiro deste ano para que o São
João do Maranhão seja conhecido por turistas estrangeiros.
As ações de
promoção das festas juninas do Maranhão também se estenderam durante 2012 e
2013, inclusive com a vinda de jornalistas internacionais à capital do Maranhão
para conhecer a diversidade cultural do São João da cidade.
A ação gerou
inúmeras reportagens especiais e ações de marketing na Europa e na América do
Sul. Em 2013, o próprio Dino acompanhou a visita dos jornalistas estrangeiros e
comentou a riqueza cultural do Maranhão durante apresentações artísticas na
Praça Maria Aragão.
“Entendemos
que o São João, pela sua beleza e pela riqueza cultural que possui, pode se
tornar um atrativo cultural de marca tão importante quanto o carnaval para o
Brasil. Mas no eixo nordestino”, defendeu Flávio Dino durante sua gestão na
Embratur.

Deputado com ações na cultura – Durante os quatro
anos em que exerceu o mandato de deputado federal representando o Maranhão pelo
PCdoB, Flávio Dino teve papel de destaque na Câmara Federal para fortalecer
políticas públicas voltadas para a cultura. Foi como relator do projeto que
aprovou o programa Vale-Cultura do Governo Federal que Flávio Dino pautou um
grande debate nacional. O projeto que foi aprovado após a relatoria de Flávio
Dino beneficia trabalhadores que recebem até cinco salários mínimos para que
eles tenham acesso a bens culturais.
No Maranhão,
Dino foi o responsável pela emenda parlamentar que garantiu a construção da
Concha Acústica da Universidade Federal do Maranhão. A verba destinada à Ufma
beneficia universitários, que possuem a estrutura da concha acústica para
promoção de eventos culturais no Campus de São Luís.

Polêmica – Incomodados com
a presença do ex-presidente da Embratur, Flávio Dino, no carnaval de São Luís,
setores da imprensa mais identificados com o grupo Sarney criticaram o
pré-candidato ao governo do Estado pela oposição devido à sua presença na
Passarela do Samba da capital. As críticas e até ataques partiram depois da
divulgação de fotos de Flávio Dino na Passarela do Samba de São Luís, ao lado
de movimentos culturais maranhenses na Trupiada dos Batalhões de Bumba-meu-Boi
que tomaram de conta do local de desfile de diversas entidades culturais.

A condenação a
Dino devia-se, segundo esses setores da mídia, à ‘falta de tradição’ de Flávio
Dino em eventos culturais. Em resposta aos ataques, amigos do pré-candidato
passaram a relatar outros carnavais presenciados ao lado de Dino. O próprio
pré-candidato comentou o assunto, com uma alfinetada ao modelo de tratamento
dado aos grupos culturais pelo atual governo: “O patrimonialismo da oligarquia
maranhense se estende aos bens imateriais, como o bumba-meu-boi e o carnaval.
Acham que são donos…”.

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    sai daí babão! ele pagou um mico e feio kkkkkkkkkkkkkkkkkk. Maranhão ta fudido mesmo. De um lado tem Roseana, do outro tem esse facista Flavio Dino.. Lascou tudo kkkkkk

Deixe o seu comentário!

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Rubens analisa dados do IDEB e reforça suas propostas para a educação em São Luís
"Rubens Júnior é nosso candidato a prefeito e sei que ele fará um grande trabalho em São Luís", diz Lula em vídeo
“Tutela militar, novo golpismo e proteção à vida são desafios da democracia brasileira”, diz Flávio Dino
O prefeito Edivaldo vai entregar uma cidade melhor do que recebeu, diz Rubens
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz