Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Eleições 2020: Bastidores da política desconfiam do aceno de Roberto Rocha a Wellington

A iniciativa do senador Roberto Rocha publicar, semana passada, em suas redes sociais um encontro com o deputado estadual Wellington do Curso, em Brasília, e garantir que ele será o candidato do PSDB a prefeito de São Luís, foi visto com cautela nos bastidores da sucessão municipal e há quem acredite que trata-se apenas de uma forma de tentar pressionar o candidato do Podemos, Eduardo Braide, a aceitar o ex-vereador Roberto Rocha Junior como vice na chapa.

O senador, que defendia aliança com Braide para, segundo ele, tentar evitar um provável segundo turno, dizia que a candidatura de Wellington apenas atrapalharia a vitória do representante do Podemos logo no primeiro, porém, diante do fracasso das negociações para colocar o filho na chapa, mudou de posição e surpreendeu ao passar defender a candidatura do até então rejeitado deputado estadual do PSDB.

Não é a primeira vez que Rocha tenta emplacar o filho como vice em uma chapa majoritária considerada favorita. Em 2016 tentou fazer o mesmo com o Edivaldo, mas sua pressão não vingou, motivo que o fez romper com o grupo que o elegeu senador e colocar o ex-vereador como vice na chapa justamente de Wellington, que chegou a figurar entre os favoritos, mas derreteu ao longo da campanha.

Agora em 2020, Rocha fez análises de que uma candidatura tucana somente serviria para ajudar levar a eleição para o segundo turno, onde qualquer um dos seis candidatos da base governista, seja ele quem for, tornaria o resultado da eleição imprevisível. Curiosamente, após ver fracassada sua tentativa de colocar o filho na vice de Braide, passou a jurar fidelidade a WC, numa mudança de estratégia que deixou os bastidores da política desconfiado com a verdadeira intenção do senador “Asa de Avião”.

Diante do histórico de traição de Rocha, tem político, que pediu para se manter no anonimato, desconfiado de que o senador estaria apenas pressionando Braide a fechar aliança com o PSDB, usando justamente Wellington como moeda de troca, ou seja, se objetivo for alcançado, WC corre sério risco de levar uma punhalada.

“Almocei e jantei em minha casa em Brasília com meu companheiro e amigo, deputado Welligton, nosso pré- candidato a prefeito de São Luís. Por mais que os comunistas queiram nos dividir, só conseguem nos fortalecer”, publicou o senador, em postagem no Instagram, na sexta-feira (6).

Antes de jurar fidelidade a do Curso, no entanto, Rocha tinha opinião de que ele apenas ajudaria levar o pleito para o segundo turno, tornando a eleição de Braide uma incógnita.

É com disse ao blog um experiente parlamentar: “Com Roberto Rocha, todo cuidado é pouco, pois seus interesses pessoais e familiares estão acimar dos interesses do estado ou da capital. Para ele, o que importa é levar vantagem”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Camarão desiste oficialmente da pré-candidatura ao governo em carta ao PT
Carlos Brandão diz que governo está atento ao crescimento dos casos de Covid-19 no Estado
Paço do Lumiar completa hoje 57 anos de emancipação
Executiva do PT homologa filiação de Felipe Camarão
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz