Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Dívida impagável

Insaciável, Roseana Sarney vai botar a mão em outra montanha de dinheiro

No ritmo
em que o governo Roseana Sarney faz empréstimos bilionários, o Maranhão não
apenas estará inviabilizado administrativamente em futuro muito próximo; o
Estado corre o risco de ser confiscado. A conta se tornou impagável. Chegou a
R$ 7 bilhões. E disse o deputado Rubens Júnior que se trata de um ato ‘imoral e
covarde’. É tanto dinheiro, que dava para distribuir R$ 1.000 para cada
maranhense vivo e ainda ia sobrar.
Não
bastasse o fato de que o governo simplesmente não presta contas do que faz com
tanto dinheiro, a dívida que contrai parece destinar-se a empastelar o estado
economicamente. Para sempre. Não há notícias em outros estados, proporcionalmente,
de uma dívida tão corrosiva, tão alta, tão constante como essa, nem mesmo em
uma megalópole do tamanho de São Paulo. O governo pretende e está conseguindo
inviabilizar economicamente o Maranhão.
É como se
o governo temesse ou tivesse certeza de que a cassação de Roseana Sarney virá
mais dias menos dias. É como se soubesse que nunca mais vai ganhar uma eleição.
Mas isso é o de menos. O problema maior será a paralisia de todos os
investimentos sociais e em infraestrutura em muito pouco tempo. Mostra também
que o governo não tem nenhuma intenção de combater a pobreza, como tem
alardeado, pois ninguém combate pobreza com endividamento.
É
provável que até o final dessa ciranda de endividamento cada maranhense deva
mais do que pode ganhar em um ano inteiro ou durante todo o mandato de um
governador. Essa dívida é o maior ato de irresponsabilidade da história do
Maranhão. É, como classificou o deputado Marcelo Tavares, um atentado contra a
população maranhense. Vamos pagar isso com fome, desemprego, alienação,
analfabetismo, criminalidade, violência, falta de educação e de perspectiva de
futuro.
Se algum
remédio jurídico houver para que se evite tamanha insanidade, devem os
maranhenses buscar a Justiça antes que o Maranhão não lhes pertença mais e se
torne apenas um depósito em garantia da sobrevivência eterna dos Sarney no
poder. Na semana passada R$ 4 bilhões em empréstimos parcelados estavam postos
na mesa de negociação do BNDES, e já esta semana mais R$ 1,5 bilhão.
Pior é
que, conforme a oposição na Assembleia Legislativa, o governo sequer explica a
que se destina tanto dinheiro e menos ainda presta contas do que faz com ele. E
o deputado Roberto Costa ainda foi para a tribuna reclamar de um empréstimo de
R$ 14 milhões feito no governo Jackson Lago e dizer que a oposição está tendo
ataques de histeria com a candidatura de Luís Fernando. Mas certamente ele sabe
que é o povo e não Luís Fernando Silva quem vai pagar por esse endividamento
que durante décadas há de sufocar o Maranhão.
*Editorial do Jornal Pequeno de ontem (27)

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Bastidores fervilham com a proximação da definção de Dino sobre o candidato do grupo
PT e Rede Sustentabilidade costuram aliança para 2022
Morre o jornalista Cunha Santos, aos 69 anos
"Tenho convicção que  Edivaldo estará no segundo turno e será vitorioso", diz César Pires
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz