Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Deputados Detinha e Wellington devem ficar fora da disputa pela prefeitura de SL

Na reta final para o inícios das convenções partidárias e definição dos candidatos que vão disputar a Prefeitura de São Luís, tudo indica que pelos dois dos pretendentes com filiações em legendas com tempo de televisão e fundo eleitoral vão ficar pelo meio do caminho por falta de apoio interno ou viabilidade eleitoral.

Como este blog já vem anunciando, a pré-candidata da aliança PL/Avante/Patriotas, deputada estadual Maria Deusdete Rodrigues, a Detinha, alvo de ação do Ministério Público Eleitoral por campanha antecipada, deverá mesmo desistir da candidatura e deixar as três legenda controladas pelo marido, deputado federal Josimar de Maranhãozinho negociar com um dos concorrentes que lhe propor ma melhor oferta.

Parlamentar de primeiro mandato, a ex-prefeita de Centro do Guilherme, um dos mais pobres do Maranhão, teve seu nome lançado para tentar consolidar uma base eleitoral em São Luís, principal colégio eleitoral do Estado ou servir de moeda de troca ao projeto de Josimar para 2022, mas sua retirada do páreo já é tida como certa nos bastidores da sucessão.

Detinha deve sair sem trauma da disputa, porém não pode afirmar o mesmo do deputado estadual Wellington do Curso, que está tendo a pré-candidatura fritada em azeite quente pelo presidente estadual do PSDB, senador Roberto Rocha, que detém também o controle do diretório municipal e já anunciou publicamente que tem compromisso com Eduardo Braide desde 2018.

O clima interno no ninho dos tucanos é tão desfavorável a WC que ele foi à tribuna na manhã desta quarta-feira (26) afirmar que não acredita que Braide esteja tramando a puxada do seu tapete. Chegou a dizer que Braide não seria covarde de tenta retirar sua candidatura “na força, no tapetão”. Disse ainda que Braide não seria covarde de lhe aplicar o punhal.

Pelo tom da indignação demonstrada na tribuna, Wellington do Curso é um candidato a menos na corrida pelo Palácio de La Ravardiére. Será a segunda vez que um partido político lhe retira o direito de concorrer a um mandato. O primeiro foi em 2012 quando o PSL não lhe concedeu a legenda para disputar um mandato na Câmara Municipal de São Luís.

Diante da realidade que o quadro eleitoral para se apresenta, o PSDB deverá mesmo compor o palanque de Braide, enquanto o PL ainda não definiu o caminho a seguir, apesar do flerte com alguns dos pré-candidatos. Faltam poucos dias para se conhecer quem de fato estará na disputa.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Debate no primeiro turno na TV Mirante pode não acontecer; Globo quer limitar participação a apenas quatro candidatos
Agiotagem: deputado pede prisão para o prefeito de Pedro do Rosário
Deputado levanta suspeita e diz que pesquisa do Ibope foi manipulada
Pesquisa do Ibope confirma segundo turno na sucessão da capital
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz