Deputado volta cobrar do prefeito João Castelo paradeiro de R$ 73 milhões – Jorge Vieira

16 de novembro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

16/11/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

Deputado volta cobrar do prefeito João Castelo paradeiro de R$ 73 milhões

O deputado Roberto Costa (PMDB) voltou a cobrar nesta manhã o paradeiro de R$ 73 milhões transferidos para prefeitura de São Luís pelo governo do Estado em 2009.O parlamentar cobrou do prefeito João Castelo e de sua porta voz na Assembleia Legislativa, deputada Gardênia Castelo (PSDB) uma resposta às acusações sobre o sumiço do dinheiro.

A sessão desta manhã começou com a excpectativa de que a parlamentar apresentasse os esclarecimentos sobre o destino do recurso, mas ela simplesmente não compareceu e nem justificou a ausência.

O recurso foi repassado para o município, através de convênios, no final do governo Jackson Lago, para a construção de dois viadutos, espansão da Litorânea e asfaltamento de ruas e avenidas, mas sumiu e ninguém sabe onde parar.

Nos último três mês da administração Jackson Lago, o Estado firmou um série de convênios com o município, no valor de R$ 150 milhões, para execução de obras viárias visando desafogar o trânsito de São Luís. 
Ao assumir o governo, após o golpe judicial que cassou Jackson Lago, Roseana Sarney entrou com uma ação na Justiça e conseguiu a devolução do dinheiro dos convênios. 
A decisão judicial não chegou a ser cumprida porque quando o Banco do Brasíl foi comunicado que teria que devolver o dinheiro ao Estado, parte dele, segundo o deputado Roberto Costa (PMDB), já havia sido transferido pelo prefeito João Castelo para a Caixa Econômica Federal, de onde sumiu sem deixar vertígio. 
Hoje, a Assembleia Legislativa estava com suas atenções voltadas para as explicações que a deputada Gardênia Castelo poderia dar, mas como não compareceu à sessão, deixou em suspense a acusação de que o prefeito teria sacado a grana no guichê da CEF.  
(Matéria revisada para acréscimo de informações) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina