25 de julho de 2017

Redação: (98) 98205-4499

25/07/2017 -

Jorge Vieira -

0

Com medo da PF, Ricardo Murad só conversa por mensagem escrita no WhatsApp

Escaldado com a condução coercitiva que o levou a passar mais de cinco horas depondo na Polícia Federal, por conta de desvio de recursos bilionários da saúde pública do Maranhão, o ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad (PMDB), só se comunica agora através de mensagem escrita no WhatsApp. Gravação de voz ou falar através do mesmo aplicativo, nem pensar.

Murad anda desconfiado da possibilidade de uma nova investida da PF em sua residência e tem evitado falar ao telefone convencional ou celular. Quem quiser se comunicar com ele só através do Zap, visto que o ex-gerentão, apontado com chefe da organização criminosa, não quer ser apanhado em flagrante, pois com ele vale tudo.

Ricardo anda em silêncio desde sua condução pela PF. Aguentou em silêncio a ex-governadora Roseana ser retirada do processo em que ele é acusado de ser chefe do bando sem espernear e ainda anda ativo nos bastidores da política arregimentando lideranças para a pré-campanha de Roseana Sarney. O preço do silêncio é segredo guardado a sete chaves.

A informação de que o ex-todo poderoso do governo Roseana Sarney anda se escondendo dos grampos da PF foi passada ao titular ao blog do Jorge Vieira por um ex-aliado da oligarquia que foi procurado por ele, tentou retornar pelo telefone, mas foi orientado a mandar mensagem escrita pelo WhatsApp, a única forma de se comunicar com ele.

É como diz o velho dito popular: gato escaldado tem medo de água fria.

1 comment on “Com medo da PF, Ricardo Murad só conversa por mensagem escrita no WhatsApp”

  1. Antonio Carlos Carlos disse:

    Ricardo Murad, o segundo chefão mais poderoso da ORCRIM abaixo só de Sarney, e igual a Fernando Sarney em mando na organização, os dois tomam caminho diferente na administração da “Grand Famiglia”. Ricardo murad, vive coberto sobre o manto da impunidade, seu grande protetor na vida espiritual é o “caboclo trancarua” do comendador Bita do Barão, aliás todo o núcleo central da Orcrim e adepto da macumba, só uma autoridade de “corpo fechado”, tem força para condena-lo.
    O dia que aparecer este protegido, Ricardo Murad, vai preso, podem anotar. Nem o poder de Sarney com sua influência vai impedir que aconteça, esta é a unica forma, ainda, para o gangster permanecer solto, rindo dos outros e debochando da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina