Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Cleide Coutinho contesta nota do governo e denuncia perseguição ao povo de Caxias

A
deputada Cleide Coutinho (PSB) iniciou seu pronunciamento na tribuna da
Assembleia na manhã desta terça-feira (6), citando a insígnia “Ordem e Progresso”,
criada pelo caxiense Raimundo Teixeira Mendes. Cleide entende que é essa “Ordem
e Progresso” que os maranhenses esperam que aconteça não só no município de
Caxias, mas em todo o Estado do Maranhão, que ostenta e nos envergonha com os
piores índices do Brasil, seja na relação médico/paciente, IDH, PIB, educação,
distribuição de renda, saneamento básico, violência, estradas e outros.

A
parlamentar denunciou que a mando do governo atual, o Jornal O Estado do
Maranhão tem divulgado frequentemente matérias tentando denegrir a imagem do
ex-prefeito do município de Caxias Humberto Coutinho (PDT), simplesmente porque
ele apoia politicamente o presidente da Embratur e ex-deputado federal Flávio
Dino, pré-candidato ao Governo do Estado nas eleições de 2014, e considerado o
candidato da “esperança de progresso” e “dias melhores” de todos os maranhenses
sofridos.
Em
relação à situação atual de Caxias, Cleide disse: apesar do atual governo
publicar notícias inverídicas, Caxias continua sendo entre as cidades do
Maranhão uma das que mais tem apresentado crescimento. Segundo ela, foi este
crescimento que a Revista Veja de agosto de 2010 publicou, (inclusive foi
destacado no blog de 30/08/10 do jornalista Décio Sá), onde se lê: “Na Revista
Veja Os municípios de Caxias, Açailândia, Timon, Imperatriz, São José de
Ribamar e Paço do Lumiar, são destacadas entre as cidades médias que mais
crescem no país”.
Disse
ainda o jornalista: “A revista investigou a situação de 233 municípios
brasileiros, mas destacou apenas 23. Caxias, Timon, Imperatriz são destacadas
por conta do comércio e teve um crescimento de 10,6% em seu Produto Interno
Bruto, ao passo que nesse mesmo item Timon evolui apenas 6,5% e Imperatriz 5,7%
e Paço do Lumiar 4,7%”.
Para
comprovação do desenvolvimento de Caxias, Cleide citou a matéria publicada
recentemente na Revista Exame do mês de julho que também aponta Caxias entre os
22 municípios de porte médio que mais cresceram nos últimos anos e que se
apresentam com potencial de crescimento econômico até 2020 ao lado das cidades
de: Parnaíba (PI), Sobral (CE), Mossoró (RN), Campina Grande (PB).
NOTA
MENTIROSA
Para
a deputada Cleide Coutinho, Infelizmente, Caxias ao lado de outras cidades
maranhenses que fazem oposição ao atual Governo, sofre e é penalizada em vários
itens. A deputada se referiu neste momento à Saúde, pois Caxias nunca recebeu
um centavo de ajuda do Governo Estadual desde que a Governadora Roseana Sarney
e o Secretário Ricardo Murad assumiram o poder em abril de 2009.
Na
avaliação de Cleide, a nota publicada na capa da edição do Jornal Pequeno de
hoje (6), assinada pelo secretário de comunicação Sérgio Macêdo, é uma
inverdade. A nota diz que o Município de Coroatá,  não recebe recursos do
Estado, e Caxias recebeu R$ 37 milhões. “Quem quiser ver a verdade basta ver
uma nota divulgada no blog do Luís Cardoso de 30/07/2013, que mostra o aditivo
do contrato do governo Estadual repassando mais de R$ 5 milhões por mês para
Coroatá, que dá para o município em 5 meses, quase R$ 25 milhões”, afirmou.
  
Por
ouro lado, Cleide ressaltou que em outras cidades onde os prefeitos dizem que
são parceiros do Governo do Estado têm tido tratamento diversos. Ela citou como
exemplo a cidade de Imperatriz que recebeu do Governo do Estado R$ R$ 80.000,00
em 2010, R$ 87.000,00 em 2011 e R$ 127.000,00 em 2012. A matéria publicada no
Estadão do dia 04/08/2013 informa que Coroatá, uma cidade de 62 mil/habitantes,
já recebeu somente este ano de 2013 R$60.000,00, enquanto Caxias nada recebeu.
PERSEGUIÇÃO
POLÍTICA
No pronunciamento,
Cleide denunciou também que o município de Caxias tem sido perseguido até no
tocante ao repasse do Ministério da Saúde. Segundo ela, em 2010, Caxias pediu
R$ 5 milhões para saldar os débitos do município e autorizado pelo Ministro,
mas o secretário Ricardo Murad vetou e só foram repassados R$ 3 milhões. Em
2011, foram solicitados R$ 9 milhões, mas Ricardo Murad só repassou R$ R$ 3
milhões. Em 2013, houve nova tentativa, com a ajuda do senador Edison Lobão, e
foram conseguidos R$ R$ 7,9 milhões, mas o secretário Ricardo Murad só repassou
R$ 3 milhões.     
Finalizando
seu discurso, a deputada Cleide Coutinho denunciou que as matérias divulgadas
periodicamente no Jornal o Estado do Maranhão têm a finalidade de denegrir a
imagem do respeitado e conceituado líder político Humberto Coutinho. “Se
preparem que a cada dia surgirá uma nova nota daqui para frente. Ao invés de
apresentar obras e ações que o povo merece, o Governo do Estado mostra mentiras
para denegrir a imagem de quem realmente trabalha pelo bem estar do povo do
Maranhão”, concluiu.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Desempenho pífio de Roseana Sarney afunda o MDB no Maranhão
Weverton Rocha tem derrota humilhante; campanha ostentação não vingou
Othelino atribui resultado nas urnas ao trabalho realizado em todo o Maranhão
Edivaldo em segundo lugar na disputa para o Governo do Maranhão, aponta pesquisa Percent
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz