Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Caos na Segurança: Oposição vai pedir presença do Ministério da Justiça no Maranhão

A Bancada
de Oposição na Assembleia Legislativa se movimenta para solicitar ao governo
federal que o Ministério da Justiça venha olhar de perto o caos que se
instaurou na Segurança Pública do Maranhão. A informação foi dada pelo deputado
estadual Othelino Neto (PCdoB) em pronunciamento na tribuna, na manhã desta
terça-feira (12). Ele confirmou ainda que os parlamentares do bloco farão um
aditamento ao pedido de intervenção feito pelo Ministério Público Federal a fim
de estendê-lo não só à administração penitenciária, mas a todo o Sistema de
Segurança do Estado.
Durante o
pronunciamento, Othelino condenou comentários de que a oposição estaria
simplesmente politizando a crise na Segurança e informou que o presidente da
Associação dos Magistrados, juiz Gervásio Protásio dos Santos, fez um alerta,
via twitter, sobre o fato de a violência em São Luís está tomando proporções
alarmantes. “Não é só a oposição que está preocupada com esse problema, tanto é
que um magistrado, que preside uma entidade da área, manifestou-se sobre a
questão”, disse o deputado.
No
twitter, o magistrado falou sobre os tiros que foram desferidos contra o Fórum
de Paço do Lumiar e se referiu também ao assassinato de um policial militar.
“Isso é fruto da falta de investimentos”, complementou o presidente da
Associação dos Magistrados.
“Quem se
manifesta é alguém que não está na seara política partidária. É alguém que
preside a instituição dos juízes do Estado do Maranhão, aliás, um juiz
equilibrado e que conduz com muita competência a Associação dos Magistrados”,
frisou Othelino.
Sobre o
troca-troca no Comando da Polícia Militar do Maranhão, Othelino disse que,
apesar de a governadora Roseana Sarney continuar absolutamente sumida e de se
recusar a dar uma palavra de conforto para os maranhenses, terminou sobrando
para o agora ex-comandante Franklim Pacheco que foi exonerado.
“Talvez
tenha exonerado para querer passar à sociedade maranhense a impressão de que o
problema da falta de controle na Segurança Pública estava no comandante da
Polícia. Mas é claro que não está. A medida tomada é mais um curativo que o
governo faz para não ter que atacar o problema na sua raiz”, observou Othelino
Neto.
Manifestações
de militares –
O
deputado comentou ainda que os policiais militares, agentes fundamentais da
Segurança Pública, tiveram que fazer manifestação cobrando e criticando a
fragilidade do Sistema de Segurança. A categoria foi, na última segunda-feira
(11), para a Praça Deodoro protestar por melhores condições de trabalho e pedir
a exoneração do secretário estadual de Segurança Pública, Aluísio Mendes, caso
contrário haverá paralisação das atividades no Estado.
“Chegamos
a uma situação onde, além dos próprios policiais denunciarem e reclamarem a
falta de Segurança Pública no Maranhão, os policiais disseram que se não trocar
o secretário, eles vão parar. Aí com a Polícia Militar em greve, vamos
experimentar o absoluto caos, porque no caos nós já estamos. Vai ser a
radicalização do descontrole total. O Maranhão vai ser um Estado completamente
entregue aos bandidos por obra e graça da omissão da governadora”, afirmou
Othelino Neto.
O
deputado lembrou, na tribuna, que a região metropolitana de São Luís já teve
800 homicídios, nos últimos 11 meses, e que a governadora permanece calada, sem
dizer nada. Segundo Othelino, não adianta soltar um pré-candidato e tentar
vender ilusões pelo Maranhão, enquanto o Estado está jogado às traças.
Justiça e
prisões –
Sobre uma
questão levantada pelo deputado Carlos Alberto Milhomem (PSD), durante a sessão,
sobre a soltura de presos, Othelino respondeu, em um segundo pronunciamento,
que a Justiça só solta quando as prisões são mal feitas ou há desrespeito à
Constituição. Segundo o deputado do PCdoB, é preciso que a polícia prenda,
dentro da lei, que os inquéritos sejam bem instruídos para que a Justiça não
seja obrigada a soltar.
“Não
adianta transferir a responsabilidade para outras instituições. Acho que nós
todos temos responsabilidade sobre isso. Nós somos do bloco de Oposição, mas
reconhecemos o papel importante da Assembleia. O Tribunal de Justiça tem o seu
papel, o Ministério Público também, mas o que está claro agora é que está
faltando investimento e comando na Segurança Pública do Maranhão”, frisou
Othelino.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Quase metade do eleitorado não aprova apoio de Bolsonaro em São Luís
Apoiadores de Rubens Junior dão largada da campanha com grande carreata no domingo (27)
"Nossa militância está pronta para ir às ruas e fazer uma campanha alegre e vibrante, que é a marca das campanhas do PT", diz Honorato
PROS vai representar Instituto Emet por pesquisa tendenciosa
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz