Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Candidatos pedem força federal para segurança do 2º turno em São Luís

Os candidatos Edivaldo Holanda
Júnior (PTC) e João Castelo (PSDB) protocolaram na tarde desta segunda-feira
(22) no Tribunal Regional Eleitoral ofícios solicitando a presença de força
federal para garantir a segurança no segundo turno da sucessão.
Castelo foi o primeiro a chegar
ao TRE acompanhado do advogado da coligação “Prá Fazer Muito Mais”, José Antonio
Almeida, se reuniu com a direção do Tribunal e, em seguida, anunciou aos
jornalistas  que pediu investigação sobre a denúncia da existência de uma suposta milícia plantada na Internet
e repercutida na versão eletrônica da revista “Veja”.
Edivaldo Holanda Júnior, após a
saída de Castelo do prédio do Tribunal Eleitoral, tomou a mesma providência de
solicitar força federal para que a eleição transcorra em “clima de paz e impeça a compra de votos no dia da eleição pelo candidato adversário”.
A assessoria do
candidato João Castelo havia espalhado que ele não descartava ingressar com uma
ação pedindo a cassação de Edivaldo Holanda por conta de um vídeo que circulou
na Internet, mas o advogado da coligação explicou que
“o que se quer evitar é que este fato tenha consequência prática”, justificou
José Antonio.
Edivaldo Holanda explicou que
participou de uma reunião com familiares de policiais que apoiam sua
candidatura e que o candidato adversário montou um vídeo para tentar confundir
o eleitor e tirar proveito.
“Ele tem inventado uma mentira
atrás da outra, agredido a mim e a minha família e agora inventou mais essa
história de milícia prá ver se pega, mas a população sabe que trata-se apenas
de mais uma mentira de quem está desesperado, uma montagem grosseira”, enfatizou Holanda.
A verdade é que desde o início da
campanha no segundo turno, Edivaldo e seus familiares  tem sido vítimas de ataques virulentos do
candidato João Castelo e agora, segundo denúncia a coligação Muda São Luís,
montou um vídeo, juntando pecados de vários momentos para criar a fraude de que
existe uma “milícia 36″.
Conforme o documento entregue no
TRE pelo advogado da coligação “Muda São Luís”, Carlos Lula, “à vista do clima de
medo que o candidato João Castelo tenta disseminar, vimos requerer deste Tribunal
Regional Eleitoral que, em caráter de urgência, formule pedido de força federal
no 2º turno do pleito municipal de São Luís. Pedido semelhante também foi feito pela coligação “Prá fazer Muito Mais”. 

Segundo o candidato Edivaldo Holanda, “a prsença das forças federais atenderia dois objetivos: Eliminar o clima de instabilidade institucional que o candidato Castelo tenta artificialmente criar e impedir a boca de urna e a compra de votos que está sendo preparada pelo prefeito, inclusive com a utilização de repartição pública.


NOTA DA COLIGAÇÃO MUDA SÃO LUÍS – EDIVALDO PREFEITO

Temos feito uma campanha limpa, em respeito às famílias de São Luís.

Infelizmente, desde o começo do 2º turno o candidato Edivaldo
Holanda Junior tem sido alvo de ataques mentirosos e ilegais na TV e no
rádio, além de panfletos com ofensas que circulam nos bairros. São 11
dias seguidos de agressões contra Edivaldo e seus familiares.

Agora, em mais uma tentativa desesperada de João Castelo para
evitar a sua derrota, montaram um vídeo, juntando imagens de vários
momentos, para criar a mentira de que existiria uma “milícia 36”.
Desafiamos o Sr. João Castelo a apresentar um único ato de violência que
foi praticado por essa suposta milícia.

Na verdade, Edivaldo Holanda Junior participou de uma reunião com
bombeiros, militares e suas famílias, que têm todo o direito de se
manifestar fora do seu horário de trabalho. São cidadãos e cidadãs que
merecem respeito.

O vídeo apresentado por João Castelo é totalmente montado e
ilegal, conforme o artigo 45, inciso II e parágrafo 5º, da Lei n°
9.504/97.

Estamos pedindo à Justiça o direito de resposta, perícia no vídeo e investigação sobre quem foi o autor da montagem.

Também estamos requerendo a presença de forças federais no 2º
turno de São Luís, a fim de eliminar esse clima de medo que Castelo
tenta criar. As forças federais também servirão para impedir a compra de
votos que está sendo preparada, inclusive com o uso de repartições
públicas.

Esse vídeo é somente mais uma manipulação de informação, como
tantas feitas nessa campanha, para tentar ganhar a eleição a qualquer
custo. Edivaldo é um homem cristão, pai de família, sempre foi
comprometido com a paz e a democracia.

São Luís quer a mudança, e nenhuma manipulação vai impedir que isso aconteça.

São Luís, 22 de outubro de 2012.

COLIGAÇÃO MUDA SÃO LUÍS – EDIVALDO PREFEITO

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Bastidores fervilham com a proximação da definção de Dino sobre o candidato do grupo
PT e Rede Sustentabilidade costuram aliança para 2022
"Tenho convicção que  Edivaldo estará no segundo turno e será vitorioso", diz César Pires
Morre o jornalista Cunha Santos, aos 69 anos
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz