Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Candidatos derrotados para o governo veem em Bolsonaro a boia da salvação

Time de candidatos derrotados está com Jair Bolsonaro no Maranhão

Os candidatos ao governo derrotados ligados a oligarquia Sarney estão unidos agora em torno do candidato reacionário do PSL, Jair Bolsonaro. O senador Roberto Rocha, por exemplo, atropelou até a posição da neutralidade do PSDB nacional para declarar apoio ao capitão reformado do Exército. A candidata Maura Jorge, por ser do mesmo partido de Bolsonaro, conta agora com a companhia de Roseana e o que restou do grupo Sarney.

Está bem claro que os grupos que fazem oposição ao governo de Flávio Dino estão no palanque do candidato do PSL por veem nele a oportunidade de atrapalharem o governador, pois os discursos do militar reformado não deixam dúvidas de que os adversários do autoritarismo serão perseguidos, caso o candidato Fernando Haddad não consiga reverter a desvantagem nas pesquisas.

Entre os náufragos que esperam se salvar na boia de Bolsonaro, além de Adriano Sarney, Edilázio e Ricardo Murad, estão Roberto Rocha e Roseana Sarney, esta última se recolheu após a humilhante derrota nas urnas, mas autorizou o sobrinho Adriano a anunciar a adesão do grupo ao bolsonarismo; já Rocha, cuja votação (64 mil votos) não daria nem para eleger a deputado federal, fez o comunicado através de nota oficial.

Rejeitado nas urnas, Roberto Rocha, sem dúvida, foi o grande perdedor da eleição. E como já vinha trabalhando para atrapalhar o governador, como foi o caso das emendas parlamentares que a bancada federal havia colocado todo para a saúde pública dos municípios do Maranhão, se apressou em anunciar apoio a Bolsonaro, querendo fazer (sem moral) contra ponto ao governador que apoia a candidatura de Haddad.

Dos candidatos que disputaram o governo do Estado, apenas Dino e o representante do PSOL, Odívio Neto, seguem a orientação da direção nacional da legenda de apoiar o candidato da aliança PT/PCdoB. O representante do PSTU, Ramon Zapata ainda não manifestou sua preferência para o segundo turno ou se prefere a neutralidade.

Resta saber o caminho que tomará o deputado Eduardo Braide, que saiu das urnas muito mais forte que Roberto Rocha, mas ainda não veio a público externar sua posição em relação ao segundo turno da eleição.

É bom lembrar que o candidato Fernando Haddad, com o apoio de Flávio Dino venceu em 214 dos 217 municípios do Maranhão. Só ficou em desvantagem em Imperatriz, Açailândia e São Pedro dos Crentes, mas seus aliados no Estado trabalham para ampliar a votação no segundo turno.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Buscar

Mais Lidas

Profissionais jovens da linha de frente estão fora do calendário de vacinação em São Luís
MPMA recebe denúncias sobre fura fila da vacinação da Covid-19
Yglésio solicita investigação no processo de vacinação em São Luís
Ex-prefeito Edivaldo continua se movimentando de olho em 2022
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz