31 de maio de 2017

Redação: (98) 98205-4499

31/05/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Braide leva “enquadrada” de Bira do Pindaré

Deputado Bira do Pindaré puxou a orelha do revoltado Braide

Diz o dito popular que quem fala o que quer caba ouvindo o que não deseja. Foi o que aconteceu na manha de terça-feira (30) no plenário da Assembleia Legislativa quando o deputado Eduardo Braide (PMN) usou a tribuna para tentar desqualificar o Conselho Universitário do Maranhão (CONUNI), cujo projeto foi encaminhado pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa. A criação do Conselho foi um compromisso de campanha assumido, registrado e apresentado à população pelo governador Flávio Dino (PCdoB) em 2014.

Diante da verborreia do parlamentar do PMN, acusado de pertencer à “máfia de Anajatuba” pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior durante debate na TV Mirante na reta final da campanha eleitoral de 2016 e que ainda se mostra inconformado por não ter recebido o apoio do governador, o deputado Bira do Pindaré (PSB) explicou ao colega de plenário que o propósito do CONUNI é congregar as reitorias de cada uma das universidades, públicas e privadas, com o objetivo de discutir e debater políticas macro relacionadas ao desenvolvimento científico e tecnológico do Estado do Maranhão.

Bira ainda informou ao colega de parlamento que há outra proposição referente ao Conselho de Ciência e Tecnologia, que, por ser mais amplo, vai abranger todos os segmentos, tanto discentes quanto docentes. Já com o projeto de criação do CONUNI, o Estado cria um conselho semelhante ao Conselho Empresarial, já criado pelo governador Flávio Dino, que reúne as entidades representativas do empresariado. Tem, portanto, finalidade e caráter interinstitucional.

“Agora o governador honra mais uma vez um compromisso de campanha, desta vez para reuniu os reitores e deu este nome, mas não tem o propósito de excluir ninguém. Pelo contrário, ele quer criar um espaço exclusivo de diálogo com as reitorias e entre as reitorias das universidades do Maranhão”, garantiu.

O deputado ainda reiterou que a postura do governo Flávio Dino é o diálogo e defendeu que é preciso construir coletivamente os caminhos para o desenvolvimento do Maranhão. Não à toa, de acordo com Bira, Flávio é destaque por ser o segundo do ranking nacional que mais cumpre as promessas de campanha. Até agora 78% das promessas do comunista foram devidamente cumpridas.

“O governador, que é sensível a essa causa jamais iria fechar as portas para todos os segmentos da Universidade, de fato, o governador é profundamente conhecedor dessa realidade por ser professor da Universidade, por ter sido uma liderança estudantil e, certamente, nunca, em momento algum, tomaria uma decisão para excluir qualquer segmento de qualquer espaço de debate”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina