Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Bira diz que “Maranhão cresce, como rabo de cavalo, pra baixo”

 “O governo maranhense contrata aeronaves a
peso de ouro, R$ 16 milhões, e – vivendo as suas contradições mais explicitas –
não tem dinheiro para a escola, não tem dinheiro para a educação, mas tem dinheiro
para contratar aeronaves a peso de ouro”, foi que essas palavras que o deputado
estadual Bira do Pindaré (PT) protestou, na manhã desta quarta-feira (06),
contra a inversão de prioridades mais uma vez feita pelo Governo do Estado.
As indagações feitas por Bira se dão pelas
contradições do Governo, pois ao ponto que prometem 200 mil empregos
e
, em quatro anos de mandato, não cumprem, faz empréstimos sem
justificativas relevantes e não mencionam sobre regularização fundiária ou
sobre qualquer investimento na agricultura.  
“Os dados do CAGED revelam que o
Maranhão está gerando
menos empregos. Não há emprego na indústria,
não há expansão na agricultura, que é a maior potência do nosso Estado. É nessa
hora que temos a prova que os 200 mil empregos prometidos não são uma
realidade no Estado do Maranhão
. Quando a gente liga a televisão e ouve a
Governadora, quando a gente lê o Estado do Maranhão, está lá o Senador José
Sarney, dizendo que o Maranhão está bombando, que é o grande salto do
desenvolvimento e etc… a verdade é que o Maranhão está crescendo, mas como
rabo de cavalo, para baixo
”, informou o parlamentar.
Pindaré cobrou ainda a falta de investimento do
Governo estadual em relação a regularização fundiária e ao orçamento que nunca
é destinado para a agricultura, apesar da luta da FETAEMA. Conforme Bira, esses
são apenas dois dos grandes problemas que o povo maranhense enfrenta sem
nenhuma piedade da governadora. Atitudes como essa que invertem a prioridade, o
povo é sacrificado para o agrado de políticos.
“A FETAEMA está lutando para ver se consegue
descolar pelo menos 01% para o orçamento da agricultura e não consegue porque a
Agricultura Familiar não tem apoio. A questão fundiária não tem apoio, não há um
programa focado na regularização fundiária no Estado do Maranhão, estão aí os
quilombolas há séculos tentando conseguir a titularidade de suas terras e não
conseguem, anda a passos de tartarugas, é um título aqui e outro acolá. Para
tentar agraciar não as comunidades quilombolas, mas políticos que querem se
beneficiar na véspera de eleição” afirmou o petista.
Para Bira, a realidade é que o Maranhão vive uma
situação decadente, problemática, gravíssima e o governo ignora, tentando
enganar a população com promessas vazias que há 50 anos é a mesma e não se
resolve. O deputado concluiu o discurso reafirmando as criticas ao empréstimo
escandaloso, aprovado pela Assembleia Legislativa para o Governo do Estado.
“O empréstimo que acabou de ser autorizado por esta
Casa de R$ 1,5 bilhões demonstra que é um discurso falacioso. Porque o governo
disse que o empréstimo era para fazer uma economia e, no entanto, está aí, o
deputado Rubens traz um dado para nós, R$ 16 milhões só com contrato de
aeronave em detrimento a outras políticas muito mais importantes. Portanto, o
discurso da economia em relação ao empréstimo é um discurso falacioso, porque
se fosse para economizar, o Governo reduziria um contrato desse e priorizaria
outras políticas muito mais importantes do que ficar transportando não sei nem
quem”, finalizou ele.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Flávio Dino diz que optou por Carlos Brandão após consulta aos atores políticos do grupo
Brandão não descarta trocar PSDB pelo PSB para ter PT na chapa 
"Pela história do nosso partido decidimos apoiar Carlos Brandão", diz presidente do Cidadania
Pesquisa Escutec: Edivaldo se mantém em segundo na disputa para o governo
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz