26 de outubro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

26/10/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

“PEC da Bengala” é bombardeada na Assembleia

A Assembleia Legislativa inicou esta manhã a discussão sobre o projeto de lei que altera para 75 anos a aposentadoria compulsória no serviço público.

Na tribuna, o deputado Edilázio Júnior atacou e disse que a PEC da Bengala rasga a constituição e servirá apenas para fazer da “Assembleia um trampolim para pressionar Brasília por conta dos interesses de dois ou três”.

O projeto de lei que pretende tornar opcional a posentadoria compulsória é de iniciativa do deputado Carlos Alberto Milhomem.

A perspectiva de vida do maranhese é 68 anos, está abaixo da média nacional.

Mais informações ao final da sessão que está acontecendo agora. Os deputados que votaram a favor da PEC no primeiro turno estão mudando o voto.

O deputado Bira do Pindaré disse na tribuanq eu entrou em contato com os sindicatos dos servidores e que ouviu deles que os servidores não tem interesse no projeto.

O parlalamentar deconfia que eciste interesses escusos por trás do projeto do deputado Tatá Milhomem. “Vamos expor esta Casa mais uma vez se aprovamos este projeto inconstituconal”, denunciou Bira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina