Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Alinhado ao Palácio dos Leões, Edivaldo deverá declarar apoio a Rubens Júnior

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que se mantém em silêncio sobre a sua sucessão, mas dá todos os indicativos de que não apoiará o projeto do PDT, ao contrário do governador Flávio Dino (PCdoB) que somente deverá se envolver pra valer na campanha pela Prefeitura de São Luís no segundo turno por respeito ao diversos partidos que fazem parte da arca de aliança que apoia seu governo, é imperativo que tenha uma posição logo  agora, até para ter o protagonismo de levar o nome de sua preferência para o segundo turno e brigar por mais uma conquista.

Observadores do cenário político local consultados pelo blog advertem que Edivaldo só será protagonista de sua própria sucessão se assumir agora uma candidatura, leva-la para o segundo turno e vencer a eleição, tornando-se, de fato, uma opção para projeto políticos futuros. Caso mantenha posição de neutralidade, caberá ao governador Flávio Dino assumir esse papel no segundo turno, tornando irrelevante sua presença no palanque.

Fontes seguras do blog Jorge Vieira garantem que o prefeito Edivaldo Holanda já teria comunicado aos dirigentes do PDT que não apoiará o nome indicado pelo partido e que seu projeto é seguir a orientação do Palácio dos Leões, onde o governador continua dando todos os indicativos de que o seu ex-secretário Rubens Júnior tem o seu apoio, embora não manifeste isso publicamente por uma questão de respeito e responsabilidade com os demais pré-candidatos que apoiam sua administração.

Edivaldo já esteve reunido com o governador, que lhe entregou o comando da sucessão e solicitou que ele definisse o nome, mas o prefeito pediu tempo para definir sobre candidatura. Pelo fato de já ter comunicado aos dirigentes pedetistas que não acompanhará a decisão partidária para sua sucessão, deixa transparecer que seu caminho será manter a aliança com o PCdoB, já visando 2022 quando poderá ser candidato a vice-governador ou a senador, caso Flávio Dino tente uma candidatura a presidente da República ou a vice numa aliança entre partidos de esquerda.

O apoio discreto do governador a Rubens Júnior é líquido e certo no primeiro turno, porem o prefeito, até por está em jogo a cadeira em que está sentado desde janeiro de 2013, não deverá seguir a mesma estratégia, pois precisa focar em levar seu candidato para o segundo turno quando o jogo pelo poder municipal será decidido. O plantel de candidatos da base do governo é grande, mas o prefeito para ter o papel de protagonista deve fazer sua opção e brigar por ela.

Como Edivaldo, ao que tudo indica, deverá seguir o projeto do Palácio dos Leões, a lógica é que Rubens Júnior conte com dois grandes cabos eleitorais. Tudo isso associado a um discurso afinado com os tempos modernos certamente dará à candidatura potencial para desbancar a concorrência, chegar ao segundo turno e ai unir todas as forças para enfrentar o adversário, que poderá ser o deputado Eduardo Braide, atualmente favorito para chegar ao segundo turno.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Rubens é o que mais cresce em pesquisa DataIlha/Band e chega a 9%
Rubens detona Braide: "é do partido ligado ao Bolsonarismo"
Braide é candidato de Bolsonaro em São Luís, diz UOL
Pesquisa Exata/Jornal Pequeno reafirma vitória de Flávio Dino no 1º turno
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz