25 de setembro de 2018

Redação: (98) 98205-4499

25/09/2018

Jorge Vieira

0

25/09/2018 -

Jorge Vieira -

0

Com a candidata Roseana Sarney (MDB) definhando nesta reta final da campanha, o clima na oligarquia é de salve-se quem puder. E para tentar salvar a reeleição da filha Andréa Murad, o ex-secretário de Saúde Ricardo Murad (PRP) teve que sacrificar o genro deputado Sousa Neto, que aparece em vídeo divulgado nesta terça-feira nas redes […]

Com a candidata Roseana Sarney (MDB) definhando nesta reta final da campanha, o clima na oligarquia é de salve-se quem puder. E para tentar salvar a reeleição da filha Andréa Murad, o ex-secretário de Saúde Ricardo Murad (PRP) teve que sacrificar o genro deputado Sousa Neto, que aparece em vídeo divulgado nesta terça-feira nas redes sociais quase chorando e atribuindo a renúncia da candidatura à falta de apoio do grupo ao qual sempre se dedicou.

Sousa Neto foi eleito em 2014 no tempo da fartura de recursos públicos, quando helicópteros cruzavam os céus do Maranhão cooptando lideranças em troca de favores na Secretaria de Saúde do Estado, onde o sogro Ricardo Murad era todo solicito aos pedidos dos cabos eleitorais que lhe garantiram os votos necessários para adquirir o mandato, agora, sem estrutura e sem poder, preferiu jogar a toalha e se engajar na campanha da cunhada Andréa Murad.

Para livrar Andréa da degola, Ricardo Murad, mesmo inelegível, mantém a candidatura de deputado federal, numa dobradinha com a filha. Souza Neto como era apenas um contrapeso, acabou sendo descartado, como ele mesmo disse sua despedida da candidatura.

 “Vim para campanha e infelizmente constatei que o nosso grupo, do qual participei até hoje, não está me apoiando. Ninguém faz campanha sozinho. Eu não sou político profissional, faço por amor. Nessas condições, não vejo como levar adiante minha campanha”, disse.

Sousa Neto sai da disputa pela reeleição para se transformar em cabo eleitoral da candidata Roseana, do genro, da cunhada, e dos candidatos ao Senado da coligação Maranhão Quer Mais, Sarney Filho e Edison Lobão.

Leia Mais

25/09/2018

Jorge Vieira

Comente

25/09/2018 -

Jorge Vieira -

Comente

Foi realizada nesta segunda-feira, 24, na sede da Procuradoria da República no Maranhão, em São Luís, uma reunião com promotores de justiça de todo o Maranhão com atribuição eleitoral, na qual foi promovido um treinamento sobre a legislação eleitoral, bem como sobre a segurança nas eleições de 2018, que tem o primeiro turno no dia […]

Foi realizada nesta segunda-feira, 24, na sede da Procuradoria da República no Maranhão, em São Luís, uma reunião com promotores de justiça de todo o Maranhão com atribuição eleitoral, na qual foi promovido um treinamento sobre a legislação eleitoral, bem como sobre a segurança nas eleições de 2018, que tem o primeiro turno no dia 7 de outubro.

Também participaram do encontro procuradores da república e membros do 24º Batalhão de Infantaria de Selva e da Polícia Militar do Maranhão.

Como parte da programação, o coronel Eurico Alves da Silva Filho apresentou o Plano de Operações da Polícia Militar do Maranhão para as eleições. Ele informou que a meta da PM é atuar em todos os municípios maranhenses, com dois policiais em cada local de votação no dia 7 de outubro.

Também presente na reunião o subcomandante-geral da PMMA, coronel Pedro Ribeiro, orientou os membros do Ministério Público do Maranhão a tomarem todos os cuidados com a segurança e sempre que for necessário acionar os policiais militares à disposição nas zonas eleitorais. “Não se deve relaxar em momento algum. A atenção deve ser permanente”, alertou.

O tenente-coronel Marcus Vinicius Soares Guimarães de Oliveira, comandante do 24º Batalhão de Infantaria de Selva, explicou sobre como será a atuação das forças federais no Maranhão, detalhando as atribuições da tropa, bem com o que não pode ser feito. Seiscentos militares do Exército irão atuar em 37 municípios, em atendimento à solicitação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O promotor de justiça auxiliar da Procuradoria Regional Eleitoral discorreu sobre aspectos da legislação eleitoral, enfatizando os procedimentos que devem ser observados nos dias que antecedem o pleito e, principalmente, no dia da eleição. “O nosso objetivo é definirmos estratégias de atuação conjunta para tornar a fiscalização mais eficiente, garantindo uma eleição segura e transparente”, afirmou Pablo Bogéa.

Leia Mais

25/09/2018

Jorge Vieira

Comente

25/09/2018 -

Jorge Vieira -

Comente

A polícia Federal invadiu, nas primeiras horas da manha desta terça-feira (25), a residência da ex-prefeita de Açailândia, Gleide Santos (MDB), aliada da candidata Roseana Sarney (MDB) em cumprimento a decisão judicial, no bojo da Operação Patranha. Os agentes tiveram que arrebentar o portão da casa para cumprimento de mandado de busca e apreensão. A […]

A polícia Federal invadiu, nas primeiras horas da manha desta terça-feira (25), a residência da ex-prefeita de Açailândia, Gleide Santos (MDB), aliada da candidata Roseana Sarney (MDB) em cumprimento a decisão judicial, no bojo da Operação Patranha. Os agentes tiveram que arrebentar o portão da casa para cumprimento de mandado de busca e apreensão.

A operação da Polícia Federal teve como objetivo o cumprimento cinco mandados de busca e apreensão nos municípios de Açailândia, Imperatriz, Lago do Junco e São Luís, requisitados pelo Ministério Público Federal. A ação penal apura práticas de crimes licitatórios na Prefeitura de Açailândia, durante a gestão de 2013/2015.

A ex-prefeita Gleide Santos foi eleita em 2012 pelo MDB e teve o mandato cassado pela Câmara de Vereadores do Município em julho de 2015 por 14 votos a zero, após denúncias contra ela de uso indevido de recursos públicos, contratações irregulares e fraudes em licitações. Por conta das denúncias, o Tribunal de Justiça do Maranhão a afastou do cargo por improbidade, mas ela conseguiu voltar ao cargo através de um recurso do Supremo Tribunal Federal.

Gleide Santos é acusada de praticar ato de improbidade administrativa com base em vídeos que mostravam a utilização de profissionais e máquinas do Município na Fazenda Copacabana, de propriedade da gestora e do marido dela Dalvadisio Moreira dos Santos.

 

Leia Mais

25/09/2018

Jorge Vieira

Comente

25/09/2018 -

Jorge Vieira -

Comente

A candidata Roseana Sarney foi punida nesta segunda-feira (24) pela Justiça Eleitoral por ter mentido na TV. Ela usou um morador de Mato Grosso para simular que era do Maranhão e atacar Flávio Dino. Como consequência, a Justiça Eleitoral tirou um minuto do horário de TV de Roseana na noite desta segunda. O tempo foi […]

A candidata Roseana Sarney foi punida nesta segunda-feira (24) pela Justiça Eleitoral por ter mentido na TV. Ela usou um morador de Mato Grosso para simular que era do Maranhão e atacar Flávio Dino. Como consequência, a Justiça Eleitoral tirou um minuto do horário de TV de Roseana na noite desta segunda. O tempo foi usado para Direito de Resposta de Flávio Dino.

Como Roseana tem pouco mais de 2 minutos, a perda foi de quase metade do tempo a que teria direito.

“O absurdo chegou ao ponto de usar uma notícia do Mato Grosso como se fosse do Maranhão, numa inaceitável manipulação”, afirma o Direito de Resposta.

A campanha de Flávio ainda diz que “as ações de segurança no trânsito, feitas pelo Detran, cumprem Lei Federal, igual em todos os estados. O cumprimento dessa lei federal, chamada Código Nacional de Trânsito, fez com que as mortes e lesões por acidentes de trânsito no Maranhão caíssem pela metade”.

“Assim, menos famílias sofreram por causa da embriaguez e outras ilegalidades no trânsito”, acrescentou o direito de resposta.

Leia Mais

25/09/2018

Jorge Vieira

Comente

25/09/2018 -

Jorge Vieira -

Comente

Pesquisa do Instituto Data M, contratada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Maranhão, reafirma vitória do governador Flávio Dino no primeiro turno e eleição dos dois candidatos ao Senado da coligação Todos pelo Maranhão, Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS). Conforme o levantamento do Data M, se a eleição fosse hoje, […]

Pesquisa do Instituto Data M, contratada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Maranhão, reafirma vitória do governador Flávio Dino no primeiro turno e eleição dos dois candidatos ao Senado da coligação Todos pelo Maranhão, Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS).

Conforme o levantamento do Data M, se a eleição fosse hoje, Flávio Dino teria 59,5% dos votos válidos, Roseana Sarney 33,8%, Maura Jorge 4,1%, Roberto Rocha 1,9%, Ramon Zapata 0,6% e Odívio Neto 0,1%.

Rejeição

O Data M também aferiu a taxa de rejeição (em qual dos candidatos os eleitores não votariam de jeito nenhum). Veja os índices nesse queisito.

SENADO

Para o Senado Federal, o instituto Data M aponta a liderança de Weverton e Eliziane Gama. Os dois se descolaram dos seus adversárias e já apresentam uma boa vantagem de acordo com a consulta.

A pesquisa do instituto Data M, contratada pelo SINDUSCON-MA, foi realizada entre 19 e 21 de setembro, ouvindo 1500 pessoas e está registrada no TRE com o número MA-07468/2018. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

 

Leia Mais

24/09/2018

Jorge Vieira

Comente

24/09/2018 -

Jorge Vieira -

Comente

Após 20 anos de espera o bairro do Paranã será beneficiado com pavimentação asfáltica. Na última quarta-feira, 19, a empresa contratada pela Prefeitura de Paço do Lumiar deu início às obras de terraplanagem nas 9 ruas selecionadas. A previsão é que até dia 05 de outubro o asfalto seja concluído. O Prefeito Domingos Dutra (PCdoB) […]

Após 20 anos de espera o bairro do Paranã será beneficiado com pavimentação asfáltica. Na última quarta-feira, 19, a empresa contratada pela Prefeitura de Paço do Lumiar deu início às obras de terraplanagem nas 9 ruas selecionadas. A previsão é que até dia 05 de outubro o asfalto seja concluído.

O Prefeito Domingos Dutra (PCdoB) falou do esforço em fazer este trabalho com recursos próprios: “Temos nos empenhado para levar melhorias para todo o município, infelizmente as necessidades são muitas, pois o município ficou 36 anos sem prefeito, mas durante esses 20 meses de gestão temos nos esforçado para asfaltar o maior número de bairros de Paço. Até o momento já foram mais de 70km pavimentos. No final do ano chegaremos a 100 km”, declarou.

O Secretário Municipal de Infraestrutura, Walburg Ribeiro, afirmou que vai intensificar os trabalhos para que as ruas sejam entregues na data prevista. “Vamos dedicar todo nosso empenho para que os moradores tenham as ruas asfaltadas até dia 05 de outubro. Será um marco para esse bairro.”

Além do asfaltamento no Paranã, que será feito nas alamedas 1A, 2A, 3, 4, 5, 6, 7 e nas avenidas 3 e 4, a equipe de infraestrutura está recuperando a via que liga a Cafeteira até o Conjunto Cidade Verde. Após o Paranã os trabalhos seguem para a estrada de Iguaiba, onde será feita a restauração do pavimento asfáltico, que tem início na praça da sede e vai até o Porto do Iguaiba, totalizando 7,8 km.

A Prefeitura de Paço do Lumiar já asfaltou com recursos próprios e por meio de parcerias com o Governo do Estado 112 ruas, 23 avenidas e 6 estradas.

Leia Mais

24/09/2018

Jorge Vieira

Comente

24/09/2018 -

Jorge Vieira -

Comente

A real possibilidade da eleição para governador do Maranhão, conforme indicam as últimas pesquisas de intenção de voto, ser decida logo no primeiro turno começa chamar atenção da imprensa nacional. Após o portal Uol publicar reportagem destacando que Flávio Dino é um dos poucos governadores do país a ter ampla vantagem na corrida eleitoral, o […]

A real possibilidade da eleição para governador do Maranhão, conforme indicam as últimas pesquisas de intenção de voto, ser decida logo no primeiro turno começa chamar atenção da imprensa nacional. Após o portal Uol publicar reportagem destacando que Flávio Dino é um dos poucos governadores do país a ter ampla vantagem na corrida eleitoral, o jornal O Globo também trata do assunto na edição desta segunda-feira (24).

“Apenas oito dos 20 governadores que buscam reeleição estão em situação confortável”, afirma o jornal.

As pesquisas mostram que, se a eleição fosse hoje, Flávio seria eleito no primeiro turno.

O Globo afirma que “há 20 estados onde o atual ocupante do cargo tenta um novo mandato, mas apenas oito deles estão isolados em primeiro lugar, em situação confortável para prolongar o poder por mais quatro anos, segundo as pesquisas de intenção de voto mais recentes”.

“Caso a situação se mantenha, esta será a menor taxa de reeleição desde que a possibilidade passou a valer nas disputas para os governos estaduais”, acrescenta a reportagem.

Leia Mais

Buscar

Nossa pagina